O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Zagueiro Mael pode desfalcar o ASSU contra o Autos

Zagueiro Mael sendo atendido pelo departamento médico do ASSU - ASCOM - ASSU / Multiplus Mídias Sociais
Uma disputa de bola no inicio do jogo entre o atacante Ricardo Maranhão do Moto Club e o zagueiro Mael do ASSU tirou o defensor Assuense da partida logo no inicio do confronto, e mais do que isso pode tira-lo do jogo contra o Autos no próximo domingo no Piauí. O atleta foi submetido a uma tomografia hoje em Mossoró para que o departamento médico do clube pudesse avaliar de forma mais detalhada a gravidade da lesão. Dependendo do resultado do exame é que o profissional médico dirá se o jogador terá ou não condições de atuar contra o time Piauiense. Enquanto esteve em campo o zagueiro mostrou muita segurança, liderança e um excelente tempo de bola, por isso o técnico do Camaleão do Vale, Júlio Terceiro está preocupado com a possibilidade de perder uma peça tão importante no seu esquema de jogo, e está torcendo para que o jogador possa estar recuperado até o próximo domingo.
Por L. Filho

Rodrigo Carvalho se diz pronto para seguir no gol do ABC

O goleiro Rodrigo Carvalho pode seguir no time titular do ABC no jogo contra o Santa Cruz, neste sábado, pela terceira rodada da Série C do Brasileirão. O arqueiro substituiu o lesionado Edson na rodada passada, contra o Juazeirense, e tem a chance de ser mantido na equipe mais uma vez, caso o titular não se recupere a tempo para o confronto. Apesar ainda da incerteza se jogará ou não, o experiente goleiro do Alvinegro se mostra pronto na necessidade de mais uma vez estar em campo durante os 90 minutos. Ele recorda que atuou em três partidas das últimas quatro que o ABC fez na temporada (ASSU, Ferroviário e Juazeirense) e tem ganhado ritmo de jogo com isso.
Rodrigo Carvalho pode ser titular mais uma vez no ABC (Foto: Andrei Torres/ABC)
- Nos últimos quatro jogos, eu joguei três. A gente vai pegando sequência, ritmo. É um jogo especial. Joguei três anos no Náutico e conheço bem o futebol pernambucano. É muito bacana defender o ABC num jogo tão importante como esse - destacou. Edson foi cortado do duelo contra o Juazeirense, no domingo passado, de última hora por conta de dores na região lombar. Ele está em tratamento intensivo e vai ser reavaliado nesta quinta-feira pelo médico do clube, Roberto Vital, para saber se viaja com o grupo para Recife. Independentemente de quem jogar, o goleiro Rodrigo Carvalho acredita que é fundamental pontuar na Arena Pernambuco neste sábado por conta da dificuldade do Grupo A da Série C. Ele entende ainda que as críticas sobre o desempenho na vitória sobre o Juazeirense foram exageradas e avalia que o time atuou bem na partida. - Em um campeonato de pontos corridos tão disputado como a nossa chave, pontuar lá é fundamental. Revendo o jogo (contra o Juazeirense) em casa, não vi essa partida tão ruim como falaram. A gente teve o domínio do jogo o tempo todo. É que a gente deixou o torcedor mal acostumado. O início do ano foi muito promissor, a gente dominando as partidas até na própria Copa do Nordeste, e acho que isso causa um pouco de estranheza. Mas é bom para a gente. Serve de motivação para melhorar a cada dia - acredita. Diante do Santa Cruz, o Alvinegro não contará com o zagueiro Samuel e o meia Fessin, suspensos. O técnico Ranielle Ribeiro deve definir a equipe no treinamento desta quinta-feira.
Por GloboEsporte.com, Natal

Globo FC apresenta atacante Max e aguarda regularização para domingo

Atacante Max é apresentado no Globo FC. Estreia depende de regularização (Foto: Rhuan Carlos/Globo FC)
A novela envolvendo a contratação do atacante Max pelo Globo FC acabou com final feliz. Anunciado há uma semana, o jogador de 34 anos foi apresentado pelo clube na manhã desta quarta-feira e já iniciou os treinamentos com o restante do grupo no Complexo Barretão, em Ceará-Mirim. Agora, a Águia corre contra o tempo para regularizar o atleta e deixá-lo à disposição do técnico Fernando Tonet para a partida contra o Salgueiro, no domingo, no Barretão. A expectativa da diretoria é que o nome do centroavante seja publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até sexta-feira. O último clube de Max foi o Inter de Lages, pelo qual marcou seis gols no Campeonato Catarinense. O atacante também teve passagem vitoriosa pelo América-RN, ficando marcado por gols decisivos nos acessos à Série A e Série B em 2006 e 2011, respectivamente. Também integrou o Alvirrubro campeão estadual do centenário, em 2015. O "Homem de Pedra", como é chamado, era cotado para ser o camisa 9 do Mecão na Série D, mas a negociação foi travada pelo Inter de Lages. O Alvirrubro, então, teria desistido da contratação, e o Globo apareceu com proposta para tê-lo na Série C. Na carreira, Max ainda passou por clubes como Palmeiras, Náutico, Boavista, Caldense, Guarani e Sampaio Corrêa.
Por GloboEsporte.com, Natal 

terça-feira, 24 de abril de 2018

Técnico do América-RN se satisfaz com empate fora de casa

 (Foto: João Rodrigues/Assecom Imperatriz)
Ney da Matta "agradeceu a Deus pela oportunidade de pontuar fora de casa" na estreia do América-RN na Série D do Campeonato Brasileiro. O rendimento pouco criativo no empate por 0 a 0 com o Imperatriz foi justificado pelo curto tempo de trabalho à frente do Alvirrubro. Disse ainda que "não vai ser fácil arrancar pontos" do time maranhense no Estádio Frei Epifânio. - Nessa competição você tem que pontuar. Jogar aqui (em Imperatriz) não é fácil. A torcida empurra o time e a gente está em formação ainda, tem 20 dias que nós estamos trabalhando. Uma hora as coisas vão se ajustar para a gente continuar firme nessa competição - declarou. O treinador rubro ressaltou que a Série D é uma competição diferente, que exige muita força e velocidade das equipes, e vibrou por ter visto em campo um time "operário". Com o fim da primeira rodada, o Grupo A6 tem todos os clubes com um ponto. Apesar do empate, Ney da Matta está ciente da meta traçada de conquistar o acesso à Série C e acredita que o trabalho terá êxito. Para isso acontecer, não pode haver desespero, segundo ele. Todos os treinadores que passaram aqui também tiveram a mesma intenção de colocar o clube de uma grandeza como essa, de uma torcida apaixonada, uma camisa pesada, numa divisão especial, que seja pelo menos a Série B do Campeonato Brasileiro. Um clube como o América não pode ficar numa competição como na Série D. Tem que ter tranquilidade, equilíbrio, não fazer besteira, não desesperar no primeiro resultado negativo que acontecer. O caminho está sendo feito desse jeito - disse. 
Por GloboEsporte.com, Natal

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Melhores momentos - Imperatriz 0 x 0 América-RN - Série D (23/04/2018)

Imperatriz e América-RN ficam no empate na estreia da Série D

Em jogo fraco tecnicamente, Imperatriz e América-RN não conseguiram sair do 0 a 0, na noite desta segunda-feira, no Estádio Frei Epifânio D’abadia. Os times apresentaram pouca inspiração e não conseguiram imprimir um bom ritmo de jogo. A baixa intensidade e falta de criação deixou partida burocrática e os colorados passaram o jogo praticamente todo com troca de passes no meio-campo. As melhores chances foram criadas por chutões ou erros individuais.
De longe
As duas equipes tiveram muita dificuldade para chegar ao último terço do campo dos seus adversários e por isso arriscavam demais de fora da área. O problema é que a pontaria não estava calibradas e várias foram as vezes que chutaram de longe para mais longe ainda.
Classificação
Com o empate, Imperatriz e América-RN se igualaram a Belo Jardim-PE e Guarani de Juzeiro-CE. Todos estão com um ponto, mas pernambucanos e cearenses levam a melhor pelos gols marcados já que empataram em 3 a 3.
Vira a página
Agora, as equipes vão buscar a primeira vitória na Série D 2018 na segunda rodada. O Imperatriz visita o Belo Jardim, neste domingo, às 16h, no Mendonção. Enquanto que o América-RN faz primeiro jogo em casa recebendo o Guarani de Juazeiro-CE, às 16h, na Arena das Dunas.
Fonte: Globoesporte.com/MA

Técnico lamenta tropeço do ASSU na estreia

(Foto: Multiplus Mídias Sociais)
A derrota para o Moto Club na estreia da Série D não estava nos planos do ASSU. Jogando em casa, a equipe foi surpreendida pelo time maranhense e, apesar de apresentar um bom volume de jogo e criado várias chances de gol, não saiu de campo com os três pontos. O técnico do Camaleão, Júlio Terceiro, avalia que o resultado tem um gosto amargo e o placar não reflete o que foi a partida, mas serve de lição para a sequência do certame. - Acho sim (que foi um placar injusto). É claro que o Moto Club teve a chance de fazer, fez o gol e acho que pecamos nas nossas finalizações. Na pior das hipóteses, um empate seria um placar mais justo. Nos apresentamos há doze dias e eles (Moto Club) já estão há quatro meses juntos. Temos que ajustar nosso time, erramos em pequenos detalhes - lamentou. Outro ponto destacado pelo técnico é que grande parte do elenco ainda não havia disputado uma partida sequer de uma competição nacional. Agora, o mais importante é recuperar o grupo e pensar no próximo jogo. - Temos que buscar esses pontos fora de casa. Esse erro é uma pena, mas vamos tentar resgatar esses meninos, nosso time é muito inexperiente. Estou focado, concentrado e vou conseguir tirar o melhor deles ainda - concluiu. Após a derrota para o campeão maranhense, será a vez de o ASSU enfrentar outro campeão estadual. Na próxima rodada, o Camaleão enfrenta o Altos - que faturou o título no Piauí -, fora de casa. A partida acontece no domingo, às 16h, no estádio Felipão.
Por GloboEsporte.com, Natal 

MARCINHO GUERREIRO E JÚLIO TERCEIRO ANALISAM ASSU 0X1 MOTO CLUB - 22.04.18

ASSU 0x1 MOTO CLUB - SÉRIE D 2018 - 22.04.18

GOLS DO FANTÁSTICO 22/04 | Gols do Brasileirão