O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 16 de novembro de 2013

Para chegar ao G-4 e fugir do Z-4, Avaí e América-RN jogam na Ressacada


Chegar e fugir. Os objetivos de Avaí e América-RN, nesta reta final de Série B são distintos. Contudo, vencer, para buscar manter vivo o sonho do acesso e a permanência na Segundona, é preciso. Afinal, o Leão de Florianópolis, está a três pontos do G-4. Já o Mecão, vê o Z-4 de perto, também são três pontos de diferença. Uma vitória evita o desespero de catarinenses e potiguares. Para evitar o desespero, a vitória é o que importa. Tanto para Avaí, que está a quatro rodadas somente com derrotas e despencou na tabela, do G-4 para o oitavo lugar. O mesmo vale para a equipe de Natal, afinal, a equipe quer buscar pontos para ter um final de temporada mais tranquilo, após tanta irregularidade ao longo do ano. A vitória é o que interessa. Ponto. Não há discussão. No Avaí a meta é vencer e torcer para alguns tropeços dos rivais que estão à frente para poder seguir sonhando com o acesso. Um tropeço não é sequer cogitado para esta tarde na Ressacada. Assim, o grupo de jogadores do Leão espera contar com o apoio da torcida pela penúltima vez nesta Série B, para buscar os três pontos. E para isso, o Avaí terá quase a sua força máxima. Mesmo ocupando a a14ª posição na tabela, o América-RN ainda vê o fantasma do rebaixamento lhe rondar. Com 42 pontos, o técnico Leandro Sena acredita que uma vitória sobre o Avaí já seja suficiente para garantir a permanência da equipe na Série B. Para isso, conta com a volta do goleiro Andrey e do volante Márcio Passos. A única baixa é o zagueiro Edson Rocha, lesionado. A arbitragem será de Guilherme Ceretta de Lima (SP). Ele terá Marcio Luiz Augusto (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo como assistentes.
As escalações
Avaí: o treinador Hemerson Maria terá o retorno do volante Anderson Uchoa ao meio de campo, após cumprir suspensão. Além disso, Bruno Maia e Aelson, que eram dúvidas por problemas físicos, estão prontos para a partida. Assim, o Avaí pode ter em campo: Diego; Ricardinho, Juliano, Bruno Maia e Aelson; Eduardo Costa, Anderson Uchoa, Cleber Santana e Marquinhos; Márcio Diogo e Beto;
América-RN: o Mecão tem o retorno do goleiro Andrey, do volante Márcio Passos e do atacante Adriano Pardal, que cumpriram suspensão na última rodada. Dos três, apenas os dois primeiros devem ser titulares. O técnico Leandro Sena deve manter a formação que vem  utilizando nas últimas rodadas, com Andrey, Norberto, Cléber, Zé Antônio e Wanderson; Márcio Passos, Coutinho, Fabinho e Régis; Rodrigo Pimpão e Max
Por Florianópolis 

Francisco Soares é reeleito presidente da LAD.

a                                                       

Atendendo a uma convocação por intermédio do edital assinado pelo presidente Francisco das Chagas Soares, a Liga Açuense de Desportos (LAD), se reuniu em Assembleia Geral Ordinária na noite desta sexta- feira, 15 de novembro na sua sede localizada no estádio Edgarzão.
Em pauta a eleição da sua nova diretoria para o quadriênio 2014/2017. Duas chapas se inscreveram para participar do processo. A Chapa 1 foi encabeçada por Francisco das Chagas Soares, e a Chapa 2 tendo a frente Aldemir Ferreira da Cunha. Um total de 21 dirigentes de equipes filiadas a LAD estavam aptos a votar e com o placar de 14 x 7 reelegeram Francisco Soares para mais 4  anos de mandato a frente da entidade representativa do futebol Assuense. “Independente do que já fizemos vamos fazer mais para fortalecer o futebol amador de Assu. Eu acredito no futebol e é essa minha bandeira a frente da LAD. Fortalecendo o futebol amador do Assu teremos bons resultados no futebol profissional”, disse Francisco Soares. Já Aldemir Ferreira, se mostrou insatisfeito com o resultado. “A gente veio para a eleição com 12 votos certos e na hora perdemos 5. Mas é isso mesmo. Já esperava por isso. Infelizmente o futebol do Assu está se acabando. Estávamos com novas ideias e com um novo grupo para administrar o futebol da cidade mas os presidentes não quiseram. É agradecer a quem votou na nossa chapa e lamentar o que aconteceu aqui. O poder passou por cima. Vamos desejar sorte para Francisco e esperar que ele mude. Ele precisa ter jogo de cintura para administrar. Não cede o campo para os times treinar e eu espero que ele melhore seu trabalho. É meu amigo, não tenho nada contra ele, mas discordo das suas opiniões”. Salientou Aldemir.
FONTE:FIQUE SABENDO ASSU.COM

Cruzeiro do Assu é Campeão do 1º Turno


O Cruzeiro/Assu ainda comemora o título do primeiro turno do Campeonato Norte-rio-grandense de Futsal Adulto Masculino. Em final bastante equilibrada, na noite de quinta-feira, a equipe Assuense derrotou o América/Cavaleiros do Forró por 4 a 3 nos pênaltis. No tempo normal, houve empate por 2 a 2, e, na prorrogação, o placar foi de 1 a 1. A partida foi disputada no ginásio Nélio Dias, em Natal.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Roberto Fernandes festeja 'entrega dos jogadores' após golear o ASA


A goleada por 4 a 1 sobre o ASA, na noite desta sexta-feira, no Estádio Frasqueirão, em Natal, que acabou decretando o rebaixamento da equipe de Arapiraca, foi bastante comemorada por Roberto Fernandes. O treinador alvinegro, que durante a semana, já sabia que teria as ausências de Júnior Timbó, por lesão, e Flávio Boaventura e Bileu, por suspensão, buscava alternativas para escalar o time titular. Com Gilmar vetado pelo departamento médico, o técnico voltou suas atenções para o meia Giovani Augusto, que sinalizava que não tinha condições de jogos, por sentir dores musculares. As lesões e a falta de opções dificultaram a escolha de Roberto Fernandes, que deixou para definir o time minutos antes da partida. Após o jogo, o técnico festejou o fato de ter conseguido escalar Giovanni Augusto na partida e pela escolha do atacante Maurinho, que foi o responsável pelas jogadas dos dois primeiros alvinegros. Foi uma grande vitória. Nós precisávamos ter essa atenção, mas por outro lado, tínhamos poucas opções para a partida de hoje (sexta-feira), em detrimento de lesões. A gente até entende um pouco a impaciência do torcedor, mas faz parte. O Maurinho era um jogador, que é atacante, e que estava mais inteiro no jogo e os dois primeiros gols, a jogada foi dele. Giovanni Augusto, que estava absolutamente sem ritmo, mas foi um jogador que botou a 'cara para bater'. Ontem (quinta-feira), após o trabalho, ele me chamou para conversar e falou que não tinha condição de jogo. Eu falei que tínhamos que esperar e hoje (sexta-feira) ele acordou melhor, clinicamente, foi para o jogo e na hora em que eu fui substituí-lo, ele não queria sair do jogo - disse Roberto Fernandes à Rádio Globo Natal. Sobre o tabu de 14 jogos oficiais sem vencer o ASA, Roberto Fernandes disse que o maior problema que o ABC iria enfrentar era a “questão do rebaixamento” do time adversário. Precisando do resultado, o Fantasma jogaria pelo tudo ou nada, deixando os jogadores do Mais Querido “ansiosos”. Contudo, o treinador alvinegro ressaltou dois pontos que foram fundamentais para a vitória abecedista: a entrega dos jogadores e a presença do torcedor no Frasqueirão. Tínhamos muitos problemas internos para essa partida e o adversário, se tivesse perdendo ou empatando no segundo tempo, viria para o tudo ou nada. Agora, mais uma vez, duas coisas foram fundamentais: a entrega dos jogadores em campo, eles fizeram o melhor; e o apoio do torcedor. No primeiro tempo, nós fomos os principais responsáveis pelo empate do ASA. A gente, simplesmente, se desfez da bola. A bola parou de ser tocada e passou a ser rifada. Já no segundo tempo, a gente passou a trabalhar a bola e as coisas ficaram mais fáceis. Eu não temia por um empate no segundo tempo. Eu achava que a nossa equipe, no momento em que quebrasse um pouco da ansiedade e trabalhasse a bola, teríamos condições de cobrir o adversário e chegar a vitória - comenta.
ABC x ASA, no Estádio Frasqueirão, em Natal (Foto: Augusto Gomes) 
Roberto Fernandes e Giovanni Auggusto comemoram
a vitória do ABC sobre o ASA (Foto: Augusto Gomes)
Com a vitória, o ABC chegou aos 42 pontos e pulou para a 14ª posição, ficando a frente do Guaratinguetá, que perdeu para o Ceará e caiu para a 16ª colocação; e o América-RN, que ocupa momentaneamente o 15º lugar e joga neste sábado contra o Avaí, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Na próxima rodada, o Mais Querido enfrenta justamente o time catarinense. O jogo está marcado para o próximo sábado, às 17h20 (horário de Brasília), no Estádio Frasqueirão.
Por Natal 

'Vamos com espírito de vitória', diz Leandro Sena sobre jogo com Avaí

Leandro Sena, técnico do América-RN (Foto: Tiago Menezes)
Leandro Sena comemorou equipe
quase completa (Foto: Tiago Menezes)

 


Faltando apenas três rodadas para o fim da Série B, o América-RN ainda vê o fantasma do rebaixamento lhe rondar. Neste sábado, o Mecão enfrenta o Avaí às 17h20 (horário de Brasília), no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, e tem o objetivo de se livrar logo do perigo de entrar no Z-4. Antes do embarque para Santa Catarina, o técnico Leandro Sena falou sobre a necessidade de pontuar fora de casa nesta reta final do campeonato. Ele lembrou a força do adversário, oitavado colocado na tabela e que ainda sonha com o acesso, mas não escondeu que a meta é conquistar os três pontos - Cada jogo é decisivo e estamos encarando esse da mesma forma. Já demos mostras, contra adversários que estavam em alta na tabela, fizemos bons jogos e pontuamos. Temos que pontuar fora de casa e vamos em busca de uma vitória para não ter que ficar dependendo da última rodada para permanecer na Série B. Vamos com espírito de vitória - afirmou o treinador. O comandante do alvirrubro terá quase todos os jogadores considerados titulares à sua disposição. A única baixa é a do zagueiro Edson Rocha, que sentiu a coxa direita após a partida contra o América-MG. Estamos podendo contar com quase todos os jogadores do elenco, e isso é importante para uma sequência. Então, vamos com força máxima para esse confronto - disse.
Por Natal

Baraúnas apresenta treinador e anuncia pacote de reforços


O Baraúnas começa a temporada em grande estilo! A diretoria realizou um jantar bastante requintado na última quinta-feira (14) no Hotel Villa Oeste, para dar o pontapé inicial na temporada. O momento auge do evento foi à apresentação do técnico Edson Leivinha, que discursou para os centenas de torcedores presentes e o anúncio de alguns reforços. Os nomes dos jogadores anunciados pela diretoria tricolor são o goleiro Danilo Aranha, os zagueiros Victor, Anderson Sobral e Pedroza, os volantes Carlos Alberto e Batata e o meia-atacante Wendes. Edson Leivinha(Foto) se apresentou em Mossoró em companhia do auxiliar-técnico Fernando Alves.
O novo comandante do Tricolor se pronunciou para o público com bastante motivação e acredita que é uma das principais missões da carreira trabalhar em um clube tradicional do futebol nordestino. “A vida é cheia de desafios. Esse é mais um desafio que encaro na carreira, sabendo que teremos dificuldades, mas isso é a vida. Assumir um clube tradicional como o Baraúnas é uma grande responsabilidade e a minha missão é dar alegrias ao torcedor do Baraúnas”, destacou Leivinha. Alguns diretores do Leão do Oeste se pronunciaram para o público e o ponto mais enfatizado foi a grandeza da nação tricolor, que fez um evento histórico, mesmo após um rebaixamento do clube, o que comprova a fidelidade da torcida leonina. A presidente Izabel Montenegro anunciou a entrada do presidente da Câmara dos Vereadores Francisco José Júnior na diretoria do Baraúnas, para o cargo de diretor de assuntos políticos. Ela enfatizou a responsabilidade de comandar o clube e elogiou a presença maciça da torcida. “É com imenso prazer que falo para uma torcida tão apaixonada como a do Baraúnas. É uma responsabilidade muito grande ser presidente do clube, mas também uma satisfação, pois sinto o carinho a cada dia torcedor. Espero ter muitas alegrias para festejar nesse ano e escolhemos um técnico que tem um currículo a altura de conduzir o clube a grandes conquistas”, discursou Izabel.
Por Carlos Guerra Junior

Formato do Estadual 2014 definido

O Estadual de 2014 já tem formato definido. A Primeira Fase do Estadual ser disputada em dois grupos de quatro times cada um com os clubes  jogando entre si em jogos de ida e volta. Seis jogos para cada time. Com os três primeiros colocados se classificando para se juntar a América e Potiguar de Mossoró para a disputa do 1º e 2º Turnos, o que será denominada de Segunda Fase. Sendo que o primeiro colocado de cada grupo decidem uma vaga na Copa do Brasil de 2015 em dois jogos. Já o último colocado de cada grupo, os dois decidem, em duas partidas quem será o rebaixado. O 1º Turno serão os jogos de ida. Sete jogos para cada time. E o 2º Turno os jogos de volta. Sete jogos para cada time. Da Segunda Fase saem os outros dois classificados para a Copa do Brasil de 2015 e os classificados para a Copa do Nordeste e ainda o representante do estado na Série D de 2014.
Os grupos
Grupo A – ABC, Alecrim, Globo e Palmeira.
Grupo B – ASSU, Baraúnas, Coríntians e Santa Cruz.
Texto e Imagem: Marcos Trindade

ABC vence 'trauma' no Frasqueirão e rebaixa ASA para a Série C

ABC x ASA, no Estádio Frasqueirão, em Natal (Foto: Augusto Gomes) 
O ABC quebrou o tabu de 14 jogos sem vencer o ASA em partidas oficiais no futebol brasileiro nesta sexta-feira. Jogando no Estádio Frasqueirão, o Mais Querido venceu o Fantasma por 4 a 1 e, de quebra, rebaixou a equipe alagoana para a Série C do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados por Giovanni Augusto, Rodrigo Silva, Alvinho e Somália para o alvinegro potiguar, enquanto que Elionar Bombinha descontou para o alvinegro de Arapiraca. Com a vitória, o ABC chegou aos 42 pontos e pulou, por enquanto, para a 14ª colocação, ficando a espera do resultado entre Icasa e Paysandu, que jogam ainda esta noite, às 21h50 (horário de Brasília), no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte. Já o ASA, se mantém com os 32 pontos e não tem mais condições de sair do Z-4. Além disso, o time de Arapiraca ainda corre o risco de cair para a lanterna da Série B, já que São Caetano, último colocado, enfrenta neste sábado, no Estádio Anacleto Campanella, o Joinville. A partida será realizada às 21h (horário de Brasília). As duas equipes terão um semana de descanso, já que a 37ª rodada só acontece no próximo fim de semana. Em Natal, o ABC recebe o Avaí, no Estádio Frasqueirão. O jogo está marcado para o próximo sábado, às 17h20 (horário de Brasília). O ASA, por sua vez, viaja até Florianópolis, onde enfrenta na próxima sexta-feira o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli. A partida começa às 19h30 (horário de Brasília).
O jogo
ABC e ASA começaram a partida a mil por hora. Atendendo ao apelo do técnico Roberto Fernandes, que pediu lotação máxima no Estádio Frasqueirão, a Frasqueira tornou-se o “12º jogador” do Mais Querido e ajudou a equipe a pressionar o Fantasma alagoano. Com pouco mais de um minuto de jogo, Maurinho fez boa jogada pela direita, cortou a marcação e bateu forte. O goleiro Marcão deu bobeira e soltou a bola nos pés de Giovanni Augusto. O meia não bobeou e abriu o placar. A reposta do ASA foi imediata. Após boa jogada de ataque, Elionar Bombinha, ex-jogador do alvinegro potiguar, cabeceou a bola para o fundo da rede. No entanto, o assistente Silbert Faria Sisquim assinalou o impedimento. Escalado no lugar de Gilmar, vetado pelo departamento médico, Maurinho mostrou vontade em campo. Aos 15 minutos, o atacante pediu passagem no setor ofensivo e após o cruzamento de Renato, pela direita, se jogou para alcançar a bola, mas o lançamento foi muito forte. Pelo lado alagoano, a dupla de atacantes também esteve inspirada. Primeiro, Lúcio Maranhão recebeu na entrada da área, girou rápido e mandou um chutaço. O goleiro Wilson Júnior ainda tocou na bola, que explodiu no travessão. Em seguida, após falta de Erick Flores sobre Thallyson, o camisa 7 potiguar recebeu cartão amarelo. Na cobrança, Bombinha conseguiu um leve desvio de joelho e empatou o jogo.
ABC x ASA, no Estádio Frasqueirão, em Natal (Foto: Augusto Gomes) 
Rogélio (esq.) e Lúcio Maranhão (dir.) fizeram um grande
duelo no jogo (Foto: Augusto Gomes)
O gol de empate motivou o time de Arapiraca, que chegou novamente com perigo aos 28 minutos. Lúcio Maranhão se livrou da marcação e chutou rasteirinho, mas Wilson Júnior defendeu. No contra-ataque abecedista, foi a vez de Erick Flores assustar a defesa alagoana. O meia bateu colocado, mas a bola foi desviada e por pouco não entrou. Aos 32 minutos, novamente Erick Flores, em jogada individual, arrancou em direção ao gol e rolou para Somália, que bateu muito forte à direita de Marcão. A resposta do ASA, mais uma vez, foi com Bombinha. Depois de cruzamento pela direita, o atacante, sozinho, testou a bola para fora.
ABC inspirado... ASA rebaixado
O segundo tempo começou igual a etapa inicial. Logo aos três minutos, o ABC partiu para o ataque. Rodrigo Silva recebeu na entrada da área e tocou por cima de Marcão. A bola bateu no travessão e deixou a zaga do ASA atordoada. Aos oito minutos foi a vez de Maurinho chegar com perigo. Após passe de Erick Flores, o atacante acertou um belo chute e a bola balançou a rede, mas pelo lado de fora. A pressão do Mais Querido foi traduzida em gol aos 13 minutos. Renato arrancou pela direita e após dividida com Thallyson, o lateral-direito do ABC caiu na área e o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães marcou o pênalti. Na cobrança, Rodrigo Silva bateu consciente no cantinho esquerdo e deixou o ABC à frente no placar. Precisando da vitória a qualquer custo, o ASA se lançou ao ataque e deixou a defesa escancarada para o ABC trabalhar a bola e manter o domínio da partida, conforme pedia o técnico Roberto Fernandes. Aos 38 minutos, Renato deu mais uma arrancada, foi à linha de fundo e cruzou, na medida, para Alvinho. O atacante cabeceou firme e marcou o terceiro do Mais Querido. Aos 42 minutos, Wesley Bigu, pela esquerda, tentou o cruzamento e a bola pegou um efeito, tocando o travessão de Marcão. O último lance da partida foi o mais especial. Numa linda jogada, Somália roubou a bola no meio de campo e arrancou. Como um autêntico velocista, ele deixou todos os marcadores para trás e deu um belo toque na saída de Marcão, fechando o placar e a goleada.
FICHA TÉCNICA
ABC 4 X 1 ASA
Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)
Data: 15 de novembro de 2013, sexta-feira - Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Cartões amarelos: Renato, Daniel Paulista e Erick Flores (ABC); Thallyson, Jorginho, Kleiton Domingues e Lúcio Maranhão
Gols: ABC: Giovanni Augusto, a um minuto do primeiro tempo; Rodrigo Silva, aos 13, Alvinho, aos 38, e Somália, aos 43 minutos do segundo tempo
ASA: Elionar Bombinha, aos 21 minutos do primeiro tempo
ABC: Wilson Júnior; Renato, Rogélio, Lino e Somália; Édson, Daniel Paulista, Giovanni Augusto (Wesley Bigu) e Erick Flores (Gilson); Maurinho (Alvinho) e Rodrigo Silva. Técnico: Roberto Fernandes
ASA: Marcão; Cal, Cássio, Wellington e Thallysson; Gláuber, Jorginho, Basílio (Kleiton Domingues) e Diego Rosa; Elionar Bombinha (Wanderson) e Lúcio Maranhão. Técnico: Heron Ferreira

Por Natal 

LAD - Competição Sênior 2013 - Arbitragem

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

PORTARIA Nº 034/2013
O Diretor de Árbitros da Liga Açuense de Desportos, no uso de suas atribuições determina a seguinte escala de árbitros para as partidas da 2ª rodada do 9º Campeonato Açuense de Futebol Sênior 2013, que acontecerão no Estádio Edgard Borges Montenegro "EDGARZÃO".
Dia 16/11 – 15h45m - Jogo 04
CSA x Grêmio
Árbitro
Michelon Luis Araujo de Souza
Assistente 1
Valdeni Santana Custódio
Assistente 2
Gerson Luis do Nascimento
Delegado
Francisco Gelson de Macedo
Representante
Joaquim Filomeno Neto
Dia 16/11 – 17h25m – Jogo 05
Metal Clube x Baixada
Árbitro
Josivan Nóia da Silva
Assistente 1
Cleber Medeiros de Brito
Assistente 2
Valdeni Santana Custódio
Delegado
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Representante
Francisco Gelson de Macedo
Dia 16/11 – 18h50m - Jogo 06
Independente x Mauá
Árbitro
João Paulo Medeiros Barbosa
Assistente 1
Gerson Luis do Nascimento
Assistente 2
Cleber Medeiros de Brito
Delegado
Joaquim Filomeno Neto
Representante
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Assú - RN, 13 de novembro de 2013.
Joaquim Filomeno Neto
Diretor de Árbitros

Futsal: Cruzeiro é campeão em pleno Nélio Dias

O Cruzeiro de Assu é o vencedor do primeiro turno do Campeonato Potiguar de Futsal Adulto Masculino de 2013. A conquista se deu na noite dessa quinta-feira, 14, em pleno ginásio Deputado Nélio Dias, em Natal, onde o time da cidade “Princesa do Vale” venceu o América/Cavaleiros do Forró nos pênaltis. Para fazer a festa do título, o quinteto alviazulino empatou por 2 a 2 no tem regulamentar, escore que forçou a prorrogação, na qual persistiu o empate por 1 a 1. Nas penalidades o time visitante se houve melhor ao converter em gols quatro pênaltis, enquanto seu oponente fez apenas dois. Encerrado o turno, enquanto o Cruzeiro comemora o título, ao América só resta correr atrás do segundo turno, que será disputado pelas quatro equipes que chegaram às semifinais: Cruzeiro, AABB de Currais Novos, Mossoró Esporte Clube, além do próprio América. Na próxima semana a federação deverá se reunir com os referidos clubes, oportunidade em que definirá tudo sobre o segundo turno da competição.
Números do campeonato
Compilados pelo diretor técnico da Federação Norte-rio-grandense de Futsal, Carmésio Carlos Cabral, o primeiro turno do Estadual apresentou os seguintes números: foram realizados 30 jogos nos quais foram marcados 126 gols, com média de 4,2 gols por partida. Foram aplicados 82 cartões amarelos e 10 vermelhos. A equipe campeã foi também a mais disciplinada. Betinho, do Cruzeiro, e Kilmer, do América foram os principais artilheiros com 9 gols.Cristiano, do Cruzeiro, Neilson, do América e Vinícius, do Mossoró foram considerados os melhores goleiros do certame.
“Tri vice-campeão”
Este ano, realmente, não está sendo nada positivo para a equipe de futsal do América de Natal. São três vice-campeonatos em competições seguidas organizadas e promovidas pela Federação Norte-rio-grandense de Futsal. A primeira foi a Taça Cidade do Natal, a qual o time de Artur Ferreira perdeu o título para a URV, de São Gonçalo do Amarante. Para a mesma equipe da URV, o alvirrubro deixou fugir o título da Etapa Macaíba da Taça RN. E agora, novamente o vermelhão frustrou a sua torcida, quando ficou com o vice-campeonato do primeiro turno do Estadual. A torcida já não aguenta mais ser vice.
Por Esporte Amador RN

terça-feira, 12 de novembro de 2013

América-RN e América-MG ficam no 2 a 2 e dificultam suas metas


América-RN e América-MG buscaram a vitória a todo custo na noite desta terça-feira, mas tiveram que se contentar com um empate por 2 a 2. O resultado não foi bom para nenhum dos dois clubes, que têm objetivos diferentes nesta reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. O confronto também marcou a despedida do Mecão do Estádio Nazarenão, em Goianinha. Em seu último jogo como mandante, a equipe potiguar terá que cumprir a punição imposta pelo STJD. Contra o Oeste, na última rodada, o América-RN atuará nos Aflitos, em Recife. Em 2014, o Mecão já atuará na Arena das Dunas, em Natal. O Coelho, que sonha com o retorno à Série A, viu esta missão ficar mais difícil, já que concorrentes diretos - Icasa, Ceará e Figueirense - venceram nesta 35ª rodada. Os mineiros chegaram aos 53 pontos, se mantendo na nona colocação. Com o empate, o América-RN ainda ganhou uma posição e agora é o 14º colocado, com 42 pontos. O risco de rebaixamento ainda existe, e o time rubro tem apenas três pontos a mais que o Paysandu, primeiro clube do Z-4. Na próxima rodada, os potiguares encaram o Avaí, na Ressacada, neste sábado. Os mineiros recebem o Atlético-GO no estádio Independência, também neste sábado.
América-RN x América-MG (Foto: Frankie Marcone / Futura Press) 
América-RN e América-MG ficam no empate no Nazarenão
(Foto: Frankie Marcone / Futura Press)
América-RN em vantagem
O jogo no Nazarenão começou bem movimentado. Nikão tentou em chute rasteiro da entrada da área e assustou o goleiro Silvio, que assumiu a titularidade na suspensão de Andrey. Os donos da casa deram a resposta em lance idêntico, e o arremate de Coutinho foi defendido por Matheus, no canto esquerdo. As melhores jogadas do América-RN eram criadas pela ala direita. Em um ensaio do que seria o gol, Rodrigo Pimpão foi à linha de fundo e serviu Régis, que bateu em cima da defesa. Depois, aos 20 minutos, a dobradinha deu certo, e Régis se livrou da marcação para abrir o placar, tocando na saída de Matheus. O camisa 10 do Mecão teve ainda a chance de ampliar aos 30 minutos, após lançamento de Wanderson, mas chutou mal. O castigo veio quatro minutos depois. Nikão chutou forte, o goleiro Silvio deu rebote, e Kléber apareceu para deixar tudo igual: 1 a 1. O Coelho só não esperava sofrer o segundo gol ainda no primeiro tempo. Aos 45, Régis cobrou escanteio, Cléber desviou de cabeça e Rodrigo Pimpão só teve o trabalho de empurrar para as redes. Alívio para os torcedores rubros em Goianinha.
Gol estranho também vale
Na segunda etapa, o América-RN poderia ter feito o terceiro, mas Rodrigo Pimpão foi travado pela defesa na grande área. Aos 19 minutos, então, a sorte provou estar do lado mineiro. Após cruzamento da direita, Marcão cabeceou, Silvio fez a defesa parcial, mas a bola tocou nas costas do zagueiro Cléber e entrou. O árbitro acabou assinalando o gol para Marcão. O empate ainda não era suficiente para as pretensões do América-MG, que buscou a vitória, mas o cansaço dos jogadores parecia evidente. Empurrado pela torcida, o América-RN também pressionou, mas esbarrou no goleiro Matheus. Cascata tentou duas vezes em chutes de fora da área, e o centroavante Max, em noite apagada, levou perigo em cabeçada.
FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 2 X 2 AMÉRICA-MG
Local: Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN)
Data: 12 de novembro de 2013, terça-feira  - Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Márcio Luiz Augusto (SP)
Cartões amarelos: Cléber, Neto e Rodrigo Pimpão (América-RN); Jaílton e Vitor Hugo (América-MG)
Público: 2.058 pagantes
Renda: R$ 15.560,00
Gols: América-RN: Régis, aos 20, e Rodrigo Pimpão, aos 44 minutos do primeiro tempo
América-MG: Kléber, aos 34 minutos do primeiro tempo; Marcão, aos 19 minutos do segundo tempo
AMÉRICA-RN: Silvio; Norberto, Cléber, Edson Rocha (Zé Antônio) e Wanderson; Adilson Goiano, Fabinho, Coutinho (Neto) e Régis; Max e Rodrigo Pimpão (Cascata). Técnico: Leandro Sena
AMÉRICA-MG: Matheus; Elsinho, Jaílton, Vitor Hugo e Danilo; Marcelo Rosa (Ygor), Claudinei, Kleber (Weverton) e Bady; Nikão e Tiago Alves (Marcão).  Técnico: Silas

Por Goianinha, RN 

Figueirense define no primeiro tempo, bate o ABC e segue na porta do G-4


Desde a 11ª rodada, o Figueirense não sabia o que era frequentar o G-4. Nesta terça-feira, diante do ABC, o Figueira fez a sua parte, bateu os potiguares por 2 a 0, e pôde sentir o gosto de estar entre os primeiros por exatos 24 minutos. A torcida presente no estádio Orlando Scarpelli até comemorou. Foi quando o Icasa entrou em cena, abrindo caminho para a sua vitória diante do Bragantino, o que possibilitou ao Verdão do Cariri recuperar a quarta colocação na Série B do Campeonato Brasileiro, com um ponto a mais que o time catarinense. Os gols de Pablo e Maylson, no primeiro tempo, ligam ainda mais o alerta no ABC. Depois da recuperação na competição, a pequena gordura acumulada já foi gasta, e os potiguares podem terminar a rodada com a mesma pontuação do Paysandu, primeiro time da zona do rebaixamento, mas fora do grupo pelo número de vitórias. Depois do dever de casa, o Figueirense deixa Florianópolis rumo a Itápolis para encarar o Oeste, no sábado, às 21h (de Brasília). Na véspera, feriado da Proclamação da República, o ABC tem pela frente um rival direto na luta contra o rebaixamento: o lanterna ASA, no Frasqueirão, em Natal, às 19h30 (de Brasília).
Maylson comemora gol do Figueirense contra o ABC (Foto: Cristiano Andujar / Futura Press) 
Maylson comemora gol do Figueirense contra o ABC
(Foto: Cristiano Andujar / Futura Press)
100% de aproveitamento: Figueira tem duas chances claras e marca
Os donos da casa entraram em campo com três atacantes, enquanto os visitantes com apenas um. A aposta mais ofensiva deu certo já nos primeiros minutos. Logo aos seis, o Figueirense usou um de seus pontas para abrir o placar diante do ABC. Maylson lançou Pablo dentro da área, que não titubeou e emendou um chute de bico. O goleiro Wilson Júnior ainda tocou na bola antes dela bater no travessão e entrar na meta potiguar. Depois do gol, a partida foi marcada por 30 minutos de muita força de vontade e faltas, mas sem muita criatividade dos dois times. Com os alas do ABC soltos, a equipe potiguar dificultou a saída de bola do Figueirense. No entanto, a forte marcação e a pressão dos visitantes não surtiram efeito. Tanto que somente aos 36 uma chance perigosa foi criada. Daniel Paulista recebeu ótimo cruzamento aéreo na zaga dos catarinenses, mas se atrapalhou na hora de finalizar. Quem não teve problemas para decidir de frente para o gol foi Maylson. Depois de dar a assistência no primeiro tento do Figueira, o camisa 10 completou de cabeça, quase sentado no gramado, uma falta cobrada na área aos 42 minutos e marcou seu 10º gol nesta Série B, assumindo a vice-artilharia da equipe.
Suor, uma finalização na trave e pouco futebol
Com a zona de rebaixamento às costas, Roberto Fernandes resolveu mudar a postura já no intervalo e ‘copiar’ o adversário. No intervalo tirou o lateral Rodolfo Testoni e colocou Pingo, assumindo o esquema com três atacantes. Armado para o contra-ataque, o Figueirense não conseguia dar sequência nas jogadas e aos 10 minutos o ABC assustou, em cobrança de falta na trave de Tiago Volpi, que tentou cortar e não achou a bola. A partir daí, os times se acomodaram. Satisfeito com o resultado, o Figueirense jogava com o relógio na mão, apenas contando os minutos para comemorar. A equipe ainda se deu ao luxo de desperdiçar uma oportunidade no fim do jogo, na cara de Wilson Júnior. Já o ABC, pouco inspirado, suou na noite quente de Florianópolis, mas conseguiu apenas ter um jogador expulso, o zagueiro Flávio Boaventura. Melhor para os catarinenses, que param de oscilar na reta final da Série B e alcançam a terceira vitória seguida. Tudo com o objetivo de conseguir o tão sonhado acesso.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 X 0 ABC
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 12 de novembro de 2013, terça-feira - Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Marcos Antonio da Silva Brigido (CE) e Elan Vieira de Souza (PE)
Cartões Amarelos: Thiego, Pablo e Paulo Roberto (Figueirense); Daniel Paulista, Bileu e Somália (ABC)
Cartão Vermelho: Flávio Boaventura (ABC)
GOLS: Pablo, aos 6, e Maylson, aos 42 do primeiro tempo
FIGUEIRENSE: Thiago Volpi; André Rocha, Thiego, Douglas Marques e Luan; Rivaldo (Nem), Paulo Roberto e Maylson; Éverton Santos (Ricardinho), Pablo (Tchô) e Rafael Costa. Técnico: Vinicius Eutrópio
ABC: Wilson Júnior; Renato(Toty), Flávio Boaventura, Lino e Rodolfo Testoni(Pingo); Daniel Paulista, Edson, Bileu e Somália; Gilmar e Rodrigo Silva(Schwenck). Técnico: Roberto Fernandes
Fonte: Globoesporte.com

STJD tira dois mandos de campo do Mecão e aplica multa de R$ 10 mil

Policial atira em torcedores América-RN e Ceará Série B (Foto: Reprodução PFC)
Polícia Militar atira balas de borracha na torcida
do Ceará (Foto: Reprodução PFC)

 

O América-RN foi punido com a perda de dois mandos de campo após julgamento realizado pela Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro. O clube ainda recebeu multa de R$ 10 mil pelos incidentes ocorridos no jogo contra o Ceará, realizado no Estádio Nazarenão, em Goianinha. O confronto foi válido pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Mecão foi condenado por descumprir o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por “desordens em sua praça de desporto”, que previa multa de R$ 100 a R$ 100 mil, como também a perda de mando de campo de uma a dez partidas. A pena será cumprida apenas na temporada 2014, já que o clube já havia perdido um mando de campo e terá que jogar longe de Goianinha contra o Oeste, na última rodada da Série B. A direção do América-RN já confirmou que irá recorrer da decisão do STJD e vai aguardar novo julgamento. O Ceará, que foi denunciado no mesmo artigo, também foi punido com a perda de um mando de campo e multa de R$ 5 mil.
Relembre o caso
A confusão ocorreu no intervalo da partida, quando as torcidas de América e Ceará jogaram objetos uma na outra, no módulo de arquibancada localizado abaixo das cabines de imprensa. A Polícia Militar interveio e fez uso de armas não letais - balas de borracha - e spray de pimenta em direção da torcida do Vozão. Houve correria, e torcedores foram detidos pela PM. O STJD formulou a denúncia após analisar as imagens da televisão.
Por Natal 

Com cobertura quase completa, Arena das Dunas chega a 94,07%

Arena das Dunas, em Natal (Foto: Augusto Gomes)
Arena das Dunas: última pétala da cobertura será instalada
no setor Sul (Foto: Augusto Gomes)

 

O consórcio responsável pela construção da Arena das Dunas confirmou nesta terça-feira que as obras atingiram 94,07% de conclusão. A entrega do estádio de Natal para a Copa do Mundo de 2014 está prevista para 31 de dezembro. Das 20 pétalas da cobertura da arena, apenas uma ainda não foi instalada, o que deve acontecer até quinta-feira. Toda a estrutura erguida está recebendo revestimento com placas metálicas. Os operários também trabalham na colocação do isolamento térmico, com uma manta de espuma. Sobre ela, está sendo colocada outra placa metálica, de maior densidade. Na última semana, os dois telões de alta definição foram instalados, assim como a maior parte do sistema de iluminação e de sonorização do estádio. O gramado deverá receber corte especial ainda nesta semana, além da demarcação das linhas do campo.
Inauguração
A empresa responsável pela construção da Arena das Dunas e representantes do Governo do Estado ainda não oficializaram o jogo de abertura do estádio, mas defendem que seja o clássico ABC x América-RN. A expectativa é que este confronto seja realizado no dia 12 de janeiro. O único empecilho seria o calendário das duas equipes, já que iniciam a temporada disputando competições diferentes - os alvirrubros jogam a Copa do Nordeste, e os alvinegros, o Campeonato Potiguar.
Por Natal 

Edson Leivinha é o novo técnico do Baraúnas


leivinha

O Baraúnas definiu o nome do seu novo técnico. Trata-se de Edson Leivinha, de 52 anos. O último clube do treinador foi o Central-PE, onde trabalhou no Campeonato Pernambucano e o classificou para a Série D do Campeonato Brasileiro. Na Série D, o time foi eliminado para o campeão Botafogo nos pênaltis.
Leivinha é pernambucano e já trabalhou como auxiliar de grandes treinadores do futebol brasileiro em seu estado. Edson auxiliou Muricy Ramalho e Vagner Benazzi no Náutico. Além disso, conquistou a Copa do Brasil de 2008, sendo assistente de Nelsinho Baptista no Sport. Como treinador, Leivinha já passou pelo Rio Grande do Norte, quando trabalhou no ABC em 2006. Ele ainda teve passagens de destaque por Guarany de Sobral e Uniclinic. No Uniclinic, ele levou a equipe as semifinais do Estadual, sendo considerado o melhor técnico do Cearense de 2005 e no Guarany, Leivinha conquistou o Cearense da 2ª Divisão do mesmo ano. O treinador deve desembarcar em Mossoró nesta quarta-feira (13), para conhecer a estrutura do Baraúnas e se apresentar oficialmente no 3º Encontro da Nação Tricolor, agendado para quinta-feira (14), às 20h, no Hotel Villa Oeste. Edson Leivinha será auxiliado por Cícero Ramalho, ídolo do clube, que já atuou como jogador, auxiliar, treinador e gerente de futebol.
Fonte: Site do Baraúnas

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

ABC corre para recuperar Gilmar e Giovanni Augusto


A comissão técnica abecedista definiu logo após a vitória diante do Icasa/CE, no sábado (9), a relação com os jogadores convocados para a partida contra o Figueirense/SC, marcada para a amanhã 12), no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Dois titulares preocupam e podem ser desfalques, além de Júnior Timbó, que está vetado para o confronto e não viajou par Santa Catarina.
Júnior SantosGilmar deixou a última partida machucado e não está confirmado na partida de amanhã contra o Figueirense 
Gilmar deixou a última partida machucado e não está confirmado
na partida de amanhã contra o Figueirense
A delegação alvinegra viajou durante a madrugada de domingo (10) e o treinador Roberto Fernandes levou 20 atletas para o jogo. O técnico não contará com o zagueiro Rogélio e o meia Erick Flores, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, e com o meia Júnior Timbó, que saiu machucado da partida contra o Icasa. Além deles, o comandante abecedista segue sem contar com o lateral Guto e o atacante Alvinho, que continuam em tratamento intensivo. A novidade na relação é o retorno do zagueiro Flávio Boaventura, que cumpriu suspensão e volta a ficar à disposição de Roberto Fernandes. Na parte ofensiva, Roberto Fernandes ainda não tem a confirmação sobre a presença de Giovanni Augusto e Gilmar. Enquanto o meia se queixou de dores após a partida, Gilmar deixou o confronto machucado. Os dois, no entanto, foram para Florianópolis, mas segue a dúvida sobre a escalação do ABC para o confronto. Sem contar com Júnior Timbó, Roberto Fernandes pode utilizar Somália na posição, promovendo o retorno de Wesley Bigú à lateral-esquerda, e mantendo o restante do elenco. Outra alternativa seria iniciar o confronto com Bileu no meio-campo, mantendo Somália na esquerda e o lateral Renato na direita. Na hipótese de não contar com Gilmar, que é quem mais preocupa aos médicos do ABC, Roberto Fernandes vai optar entre Pingo e Maurinho. A provável escalação do ABC tem Wilson Júnior no gol; Renato, Flávio Boaventura, Lino e Wesley Bigú (Bileu); Daniel Paulista, Edson, Somália e Giovanni Augusto; Gilmar (Pingo) e Rodrigo Silva.
Confira a relação completa:
Goleiros: Wilson Júnior e Rafael;
Laterais: Renato, Toty, Wesley Bigú e Rodolfo Testoni;
Zagueiros: Lino, Flávio Boaventura e Gilson;
Volantes: Edson, Bileu, Daniel Paulista e Michel Schmoller;
Meias: Giovanni Augusto e Somália;
Atacantes: Rodrigo Silva, Gilmar, Pingo, Maurinho e Schwenck.
Fonte: Tribuna do Norte

Leandro Sena tem pelo menos três desfalques contra o América-MG


O América volta a campo nesta terça-feira (12) para encarar o seu xará mineiro em jogo válido pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Leandro Sena conseguiu segurar a vice-líder da competição, a Chapecoense, e conquistou um ponto importante para a garantia na Segundona.
Adriano AbreuAdriano Pardal recebeu o cartão vermelho contra a Chapecoense e está fora da partida com o América-MG 
Adriano Pardal recebeu o cartão vermelho contra
a Chapecoense e está fora da partida com o América-MG
O Alvirrubro tem pelo menos três desfalques para a partida. O goleiro Andrey e o volante Márcio Passos tomaram o terceiro cartão amarelo no jogo anterior e estão fora. O atacante Adriano Pardal também está suspenso por ter sido expulso. O atacante Max é dúvida para o jogo. Silvio será titular no gol, Adilson Goiano entrou no meio e o ataque que participou do treino de preparação foi formado por Rodrigo Pimpão e Júnior Negão. A partida entre América-RN e América-MG será realizada no Estádio Nazarenão, em Goianinha, e iniciará às 20h50 (horário de Natal). O time potiguar é o 15º colocado com 41 pontos ganhos e o Coelho está na nona colocação com 52 pontos, apenas um atrás do Icasa, quarto colocado. Sem mistério, Leandro Sena definiu o Mecão com Silvio, Norberto, Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Fabinho, Coutinho, Adilson Goiano e Régis; Pimpão e Max. O América-RN é o 15º colocado, com 41 pontos. Já o Coelho tem 52 pontos, na nona posição. O time rubro luta contra o rebaixamento, enquanto os mineiros ainda sonham com o acesso à Série A.
Confira relação completa:
Goleiros: Silvio e Dida;
Zagueiros: Edson Rocha, Cleber, Edvânio e Zé Antônio;
Laterias: Norberto, Raí e Wanderson;
Volantes: Daniel Amora, Fabinho, Coutinho, Neto e Adilson Goiano;
Meias: Régis, Cascata, Vinícius Pacheco e Chiquinho Gaúcho;
Atacantes: Júnior Negão, Rodrigo Pimpão, Max, Tiago Adan e Laércio.


Fonte: Tribuna do Norte

Time potiguar disputa Torneio Ítalo-Brasileiro Sub-20 na Itália

Time Sub-20 do Alecrim viaja ara a Itália (Foto: Gabriel Peres/Divulgação)
Jogadores do Alecrim antes de embarque para a
Itália (Foto: Gabriel Peres/Divulgação)

 

A equipe sub-20 do Alecrim já está na Itália, onde participa da primeira edição do Torneio Ítalo-Brasileiro. A competição vai reunir seis clubes brasileiros e italianos entre os dias 12 e 19 de novembro. Os jogos serão realizados no centro de treinamento do Monza Brianza, em Monza. Além do time potiguar, o outro brasileiro será o Fluminense. Os clubes italianos confirmados são Atalanta, Genoa, Udinese e Monza Brianza. O embarque da delegação alecrinense aconteceu no último domingo, no aeroporto Augusto Severo, em clima de bastante ansiedade. A viagem é uma premiação da diretoria do clube pelo título estadual da categoria, e os jogadores esperam aproveitar bem a oportunidade de jogar um torneio na Europa. As equipes foram divididas em dois grupos. Na chave A estão Alecrim, Atalanta e Genoa. O grupo B tem Fluminense, Monza Brianza e Udinese. A fase classificatória começa nesta terça-feira, e a final está marcada para o dia 19. A equipe do Alecrim é a atual campeã potiguar da categoria e, em 2014, será uma das representantes do Rio Grande do Norte na Copa São Paulo de Futebol Júnior.
Por Natal 

União de Arês conquista a Copa Robinson Faria

O União Bandeirantes da cidade de Arês é o campeão da Copa Robinson Faria de Futebol Amador de 2013. A conquista o correu na tarde desse domingo, 10, no estádio municipal Nazareno de Souza Dantas, da cidade de Vera Cruz, onde goleou o Estrela do Mar do município de Passagem por 4 a 0. De acordo com o blog Agreste Esportivo, o destaque da decisão ficou por conta do meio-campista Poti, que foi escolhido como o melhor jogador em campo. Destaque também para os atacantes Liu e Bibo, autores de um gol cada. Por outro lado, mesmo tomando quatro gols, o goleiro Jô conseguiu sobressair na equipe do Estrela do Mar, com grandes defesas. Ele foi indicado como o melhor da posição na competição. Na preliminar, o time do Juventude da comunidade de Fernando do Meio, do município de Passa e Fica, ficou com a terceira colocação, ao vencer o Nova Esperança de Várzea por 3 a 0.
Premiação
Como sempre acontece, o vice-governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria – patrono da competição – compareceu ao estádio, oportunidade em que fez a entrega de premiação aos vencedores. O parlamentar destacou a importância da competição para o esporte do Estado. Para ele, além de tirar o jovem da ociosidade, o futebol também o afasta consumo das drogas.
Como campeão, o União Bandeirantes embolsou R$ 4.000,00; o vice, Estrela do Mar recebeu R$ 1.500,00; o terceiro colocado, o Juventude, levou para casa R$ 800,00; enquanto o quarto lugar, o Nova Esperança, recebeu R$ 700,00. Além da premiação pecuniária, os quatro receberam taças.
Por Esporte Amador RN, foto Agreste esportivo