O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

terça-feira, 23 de setembro de 2014

América é derrotado pelo Ceará e chega a nove jogos sem vencer pela Segundona

Em duelo realizado na noite desta terça-feira (23), na Arena Castelão, o América foi derrotado pelo Ceará por 2 a 0. Ricardinho e Bill marcaram os gols do time cearense. O confronto foi válido pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado negativo, o América permanece com 26 pontos na 16ª colocação, cinco pontos a mais do que o primeiro clube na zona do rebaixamento, o Icasa. Agora são nove partidas sem vitórias pela competição. O Alvinegro cearense chegou aos 43 pontos e encostou no grupo de acesso à Primeira Divisão, ocupa o 5º lugar. Na próxima rodada, o América recebe o Vila Nova na Arena das Dunas, na sexta-feira (26), às 19h30. O Ceará terá pela frente a Ponte Preta no sábado (27), no estádio Moisés Lucarelli, às 16h10. Os duelos serão válidos pela 26ª rodada da Segundona.
Primeiro tempo
O América entrou em campo com o objetivo de por fim na sequência negativa, mas do outro lado tinha um Ceará também com um retrospecto negativo e brigando pelo acesso. E os donos da casa pressionaram desde o início e chegou a marcar aos 3 minutos com Magno Alves, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante. Apesar de não ter o domínio da posse de bola, o América conseguiu criar uma boa chance em jogada de velocidade de Rodrigo Pimpão. O atacante ajeitou para Arthur Maia que mandou a bola perto do gol. Após o susto, o Alvinegro voltou a ter o controle do jogo. Aos 25, a equipe cearense quase abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Bill desviou de cabeça e o zagueiro Lázaro salvou em cima da linha. No lance seguinte não teve jeito. Nikão foi derrubado na área por Marcelinho e o juiz assinalou a penalidade. Ricardinho bateu com tranquilidade e deslocou Andrey. Dois minutos depois de sofrer o gol, o volante americano Tiago Dutra foi expulso. Com um jogador a menos, a equipe teve dificuldade de criar lances ofensivos. Por outro lado, os donos da casa quase ampliaram a vantagem. Aos 37, Bill invadiu a área e foi desarmado pelo goleiro Andrey. A primeira etapa acabou com o placar mínimo a favor do Ceará.
Segundo tempo
O time cearense manteve a postura do primeiro tempo e voltou para a segunda etapa pressionando em busca do gol e aos 2 minutos já teve a primeira chance. Ricardinho arriscou da entrada da área e mandou a bola perto da trave. A pressão persistiu e o Alvinegro quase chegou ao segundo em cobrança de falta de Ricardinho. Na sequência, a partida ganhou emoção e o América criou sua primeira oportunidade de gol. Rodrigo Pimpão avançou e cruzou para Paulinho, mas Marcos se antecipou, fez o corte e por pouco não marcou contra. No contra-ataque, Magno Alves recebeu na área e bateu forte. O goleiro Andrey fez grande defesa. Mesmo com um jogador a menos, o América se apresentou melhor na etapa final. A marcação bem encaixada dificultou as investidas do Ceará. Apesar disso, o Alvirrubro precisou ir ao ataque buscar o empate e cedeu espaço para o adversário, que criou boas oportunidades em jogadas rápidas pelos lados do campo, mas a defesa do americana segurou a pressão. Antes do fim do jogo, Souza encontrou Bill livre entre os zagueiros do time potiguar e fez o passe. O camisa 9 dominou e tocou para o gol na saída de Andrey. 2 a 0 e vitória consolidada na Arena Castelão. O América acumula nove jogos sem vitórias pela Série B
Ficha Técnica
Ceará(CE) 2 x 0 América(RN)
Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Cartões amarelos: Vicente (Ceará); Lázaro, Marcelinho, Tiago Dutra, Cléber (América)
Cartão vermelho: Tiago Dutra (América)
Ceará: Luis Carlos, Samuel Xavier (Marcos), Sandro, Wellington Carvalho e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Lulinha (Amaral) e Nikão (Souza); Bill e Magno Alves. Técnico: Sérgio Soares.
América: Andrey, Marcelinho, Cléber, Lázaro e Arthur Henrique; Márcio Passos, Tiago Dutra, Jean Cléber e Arthur Maia (Andrezinho); Paulinho (Alfredo) e Rodrigo Pimpão. Técnico: Marcelo Martelotte.
Por Heilysmar Lima/Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário