O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 28 de junho de 2014

Aliviado, Hulk se desculpa da falha. Chile lamenta

Ainda que tenha sido o melhor jogador do Brasil em boa parte do jogo contra o Chile, Hulk(Foto) foi grande candidato a vilão da eliminação da Seleção. Ele errou o passe que ofereceu ao adversário o empate por 1 a 1 e perdeu sua cobrança na disputa de pênaltis, mas recebeu o apoio dos companheiros e mostrou alívio pela classificação às quartas de final da Copa do Mundo. "Nessas horas é que você vê a força do grupo. A gente erra, e eles apoiam. Falam: 'Estamos juntos, qualquer um pode errar'. Mas o Júlio fez defesas maravilhosas", comentou o atacante, em entrevista à TV Globo, depois de admitir a falha cometida no tento chileno. "Fui dar o passe para o Marcelo e acabei errando." O camisa 7 julga, no entanto, que não foi o único a errar no Mineirão. Ele acha que sofreu pênalti, em lance ainda no primeiro tempo, e não gostou de ver um gol seu anulado na segunda etapa. O árbitro Howard Webb invalidou a jogada apontando toque de mão. "Teve o pênalti não marcado. E, no gol, foi nítido que dominei no peito", afirmou Hulk, mudando ligeiramente, em seguida, a parte do corpo em que teria tocado a bola. "Dominei no ombro. Foi, claramente, gol. Achei que ele tinha dado impedimento, porque na mão não foi. Mas impedido eu também não estava", lamentou. Queixas à parte, o atacante comemorou bastante a classificação sofrida. "Jogão, né? Sabíamos da qualidade do Chile. Cada jogo é uma final, a gente vai se entregando, com cãibra, até o último instante. Sofrimento é isso aí", concluiu. Os jogadores do Chile culparam a falta de sorte pela eliminação. "Saímos com orgulho, dignidade e sacrifício. Muitos estavam com lesões e sacrificando coisas para estar aqui. Chegamos aos pênaltis e foi uma loteria, mas é um sentimento de muito orgulho, demos o máximo. Fica a tristeza por estar fora", disse o goleiro chileno Omar Bravo.
Fonte: Tribuna do Norte na Copa

Colômbia vence o Uruguai e vai enfrentar o Brasil

Um golaço de James Rodríguez, camisa 10 clássico, abriu o caminho para a vitória (2 a 0) que classificou a Colômbia para as quartas de final da Copa do Mundo. Ele ainda fez o segundo e se isolou na artilharia do torneio, com cinco tentos, mais do que Messi e Neymar (com quatro).
Live Rose/Getty ImagesO Uruguai sofre com a falta de criatividade e não encontra espaços na defesa da Colômbia 
O Uruguai sofre com a falta de criatividade e não encontra
espaços na defesa da Colômbia
Foi o triunfo de um dos times com o melhor futebol do torneio até aqui sobre um Uruguai que chegara ao Maracanã claudicante, contando principalmente com o peso de sua camisa, e sem Luis Suárez, seu melhor jogador. Durante os 90 minutos falaram mais alto a aplicação tática e a qualidade dos colombianos, que fizeram um estádio quase totalmente amarelo explodir com a classificação inédita às quartas de um país que estava há 16 anos longe de Mundiais. Agora, a Colômbia se prepara para o encontro com o Brasil, que tem tudo para ser duríssimo para os donos da casa, na próxima sexta-feira, em Fortaleza. Fases do jogo: A Colômbia manteve o padrão de jogo que lhe tinha dado 100% de aproveitamento na primeira fase. Com muito toque de bola e jogadores qualificados no meio-campo, como Cuadrado e Rodríguez, além do apoio da arquibancada, a seleção foi melhor desde os primeiros minutos. Mas não foi o jogo coletivo que fez a diferença no começo, e sim o brilho de seu camisa 10, que acertou um belo chute para abrir o placar. Só na desvantagem, o Uruguai despertou e saiu para o jogo, o que obviamente deixava espaço aos sempre perigosos contra-ataques colombianos. O segundo tempo prometia um duelo mais equilibrado, mas outro gol precoce de Rodríguez deixou a situação quase impossível para os uruguaios. Não apenas pela desvantagem no placar, mas também porque a Colômbia mantinha sua estratégia sufocante de domínio pela posse de bola. Algumas mudanças de Tabarez em sua equipe fizeram o Uruguai ficar mais presente ao ataque. Mas do outro lado havia uma defesa eficiente e um goleiro seguro, Ospina, que garantiram a vitória tranquila. Os melhores: James Rodríguez e David Ospina. Rodríguez já tinha sido eleito pela Fifa o melhor jogador da primeira fase. Sua habilidade e a qualidade de seu passe fazem dele um meia-esquerda clássico, daqueles em falta no futebol atual. Dominou o meio-campo colombiano e foi fundamental para a vitória. Já é um dos grandes jogadores desse Mundial (curiosidade: o jeito certo de dizer seu nome, segundo o próprio, é Rames). O goleiro Ospina também teve uma atuação inspirada e fez importantes defesas no final do partida. O pior: Forlán. O melhor jogador da última Copa se despediu melancolicamente daquele que pode ter sido seu último Mundial. Ele foi escalado para substituir Suárez, mas não conseguiu aparecer para o jogo e acabou voltando ao banco antes dos 10min do segundo tempo. Só com ele fora, o Uruguai conseguiu permanecer mais tempo no ataque.
Fonte: Tribuna do Norte na Copa

É monstro! A redenção de Júlio César

Photo/Bernat Armangue
Foi sofrido, foi nos pênaltis, mas a Seleção Brasileira está nas quartas de final da Copa do Mundo. Após empate no tempo normal em 1 a 1, o Brasil viu o jogo ir para as prorrogações, os corações foram à mil. Na prorrogação, Hulk chamou a responsabilidade, porém, não decidiu. Coube então para Júlio César se redimir do Mundial passadO. O arqueiro defendeu duas penalidades máximas e contou com o erro de Jara para sair classificado. Neymar fez o último da equipe, em partida que acabou em 3 a 2, no Estádio do Mineirão. O Tabu ainda está de pé. A Seleção Brasileira não perde para o Chile já 14 anos ou 13 jogos. A última vitória chilena aconteceu apenas em 2000, quando venceram por 3 a 0, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002, no dia 15 de agosto, em Santiago. Uma curiosidade marcou o duelo deste sábado. Na copa do Mundo de 1962, quando o Brasil levou o bicampeonato, a Seleção venceu a equipe chilena pelo placar de 4 a 2. Um dos gols do adversário foi marcado por um atacante que se chamava Sánchez. Hoje, o gol do Chile foi do astro do Barcelona, Alexis Sánchez. Será que o título também se repetirá?
BRASIL MARCA, MAS VACILA NO FIM
Acabou a Fase de Grupos. A competição é outra. Agora o que vale é o mata a mata. Quem perder, dará adeus ao Mundial. O vencedor segue o seu caminho rumo a tão sonhada taça no país de futebol. Antes do início da partida entre Brasil e Chile, uma novidade. O técnico Luiz Felipe Scolari promoveu a entrada de Fernandinho no lugar de Paulinho. David Luiz e Daniel Alves, que até então eram dúvidas, começaram entre os titulares. Favorita por jogar em casa e por contar com a maioria dos torcedores que lotaram o Estádio do Mineirão, a Seleção Brasileira começou apostando na velocidade. Com um sistema defensivo lento, o Chile tinha dificuldades para segurar os avanços, principalmente, do atacante Neymar, que perdeu duas grandes oportunidades de abrir o placar. Aos 15 minutos, o camisa 10 invadiu a área chilena, mas invés de chutar com a perna esquerda, tentou cortar novamente o zagueiro e desperdiçou a chance. O lance se repetiu novamente mais tarde, quando o craque tentou um drible a mais, perdeu a bola, que sobrou para Fred. O atacante do Fluminense dividiu com o adversário e mandou para fora. Melhor na partida, a Seleção Brasileira contou também com a sorte para abrir o marcador. Aos 18 minutos, Neymar cobrou escanteio, Thiago Silva desviou de cabeça e David Luiz completou para o fundo das redes. A festa, porém, não durou até o fim da primeira etapa. O Chile foi equilibrando o embate e contou com um erro de Hulk para empatar. O camisa 7 perdeu a bola na lateral. Vargas se aproveitou e tocou para Sánchez chutar. Sem chances para Júlio César. Mesmo após o gol, o Brasil continuou bem na partida. A mesma sorte que fez a bola de David Luiz entrar, tirou a cabeçada de Neymar. O craque ganhou no alto, a bola bateu na cabeça de Silva e passou tirando tinta da trave. Mas, no final do embate, o Chile acelerou os corações de milhares de brasileiros. Em mais um erro da Seleção Brasileira, desta vez de Luiz Gustavo, Sánchez tentou, porém, Júlio César acabou salvando. No fim, David Luiz afastou de vez o perigo.
SELEÇÃO ESCAPA DE DERROTA E LEVA PRA PRORROGAÇÃO
No segundo tempo, o futebol da Seleção Brasileira caiu drasticamente. O Brasil perdeu o meio de campo e viu o Chile se transformar no melhor da partida. Mais uma vez, Oscar ficou muito abaixo do esperado e se escondeu no domínio chileno. Neymar também desapareceu. O craque que todos botavam fé não era o mesmo da primeira etapa. Quem sobrou? Ele, o contestado Hulk. O camisa 7, que falhou no gol chileno, chamou a responsabilidade e perdeu as melhores oportunidades de marcar o segundo gol para a Seleção Brasileira. Em um dos melhores lances de perigo, o atacante foi para a jogada individual, passou por dois adversários e chutou, mas parou no goleiro Bravo. Hulk ainda poderia ter sido premiado com o gol no início do segundo tempo, mas o árbitro marcou mão do atacante. O jogador dominou e chutou para as redes, nada valeu. Já o Chile, soberano no segundo tempo, parou em Júlio César, que começava a brilhar. Em chute de Aránguiz, o arqueiro brasileiro fez o milagre. Pior em campo, o Brasil apelava em jogadas de contra-ataque e nos famosos "chuveirinhos". Foi assim que Neymar, por pouco, não fez o gol da vitória. Daniel Alvez lançou para o craque, que de cabeça, parou em Bravo.
MAIS 30 MINUTOS SENHOR JUIZ!
A prorrogação também não foi fácil para a Seleção Brasileira. O Brasil esqueceu da péssima segunda etapa, voltou a ficar melhor em campo. Não é para menos. A equipe chilena cansou e começava a vê as cobranças de pênalti como uma ótima possibilidade de eliminar o favorito para o título da Copa do Mundo. Na primeira etapa, as melhores chances aconteceram apenas nos minutos finais, e pelo lado brasileiro. Aos 11 minutos, Hulk fez boa jogada e tocou na cabeça de Oscar. O meia testou firme, mas nas mãos do goleiro Bravo. Logo em seguida, o camisa 7 arriscou mais um chute de longa distância, porém, outra vez o goleiro chileno fez um milagre. A segunda etapa, as equipes se preservaram. O intuito era não tomar gol. A Seleção Brasileira apostou as fichas nos minutos iniciais, quando Jô aproveitou de escanteio e mandou para fora. Já os chilenos, pouco fizeram, mas a última jogada fez com que muitos brasileiros apostassem na fé. Aos 14 minutos, Pinilla, na entrada da área, chutou e a bola bateu caprichosamente no travessão de Júlio César. Era o milagre! Estaria o Brasil nas quartas de final? Sim, este foi o ponto crucial.
É MONSTRO, É JÚLIO CÉSAR!

A Seleção Brasileira sempre teve ótimos goleiros que se destacaram em cobranças de pênalti. Dos últimos anos para cá, podemos citar Taffarel e "São Marcos". Com a responsabilidade de honrar o nome dessas duas feras, Júlio César se livrou da "zica" que o envolvia desde a Copa passada e se transformou no grande herói.
Foto Gazeta Press
O goleiro brasileiro defendeu as duas primeiras cobranças de pênalti do Chile. Pinilla, o jogador que chutou no travessão no último minuto da prorrogação, e Aléxis Sánchez pararam nas mãos do arqueiro. Pelo lado da Seleção Brasileira William e Hulk também erraram, o que fez com que a classificação fosse definida apenas na quinta cobrança. David Luiz, Marcelo e, por último, Neymar levaram o Brasil para as quartas de final, mas isso foi só possível, graças à uma "mãozinha" chilena. Jara, o mesmo que esteve na dividida de David Luiz no primeiro gol brasileiro, foi para cobrança sorrindo, mas acabou triste, após chutar na trave. Era a eliminação do Chile e uma classificação, no melhor estilo brasileiro, com muita emoção e decidida nos minutos finais. Agora? Que venha o Nordeste. Que venha a a bela Fortaleza. O adversário? Sairá entre Colômbia e Uruguai.
PRÓXIMO JOGO
Na próxima rodada, o Brasil terá pela frente o vencedor entre Uruguai e Colômbia, em partida que será realizada na sexta-feira, às 17h, no Estádio do Mineirão. Por sua vez, o Chile termina a sua participação eliminado pelos donos da casa.
FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 (3) x (2) 1 CHILE
BRASIL - Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Ramires) e Oscar (Willian); Neymar, Hulk e Fred (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari.
CHILE - Bravo; Francisco Silva, Medel (Rojas) e Jara; Isla, Díaz, Aránguiz, Vidal (Pinilla) e Mena; Sánchez e Vargas (Gutiérrez). Técnico: Jorge Sampaoli.
GOLS - David Luiz, aos 17, e Sánchez, aos 31 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS - Jô, Luiz Gustavo e Hulk (Brasil); Mena, Pinilla e Francisco Silva (Chile).
ÁRBITRO - Howard Webb (Fifa/Inglaterra).
RENDA - Não disponível.- PÚBLICO - 57.714 pessoas.
Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).
Por Kim Belluco/Futebol Interior 

Com 3 gols de Rodrigo Silva, ABC goleia Potengi por 7 a 1 em jogo treino


Amistoso ABC (Foto: Divulgação/ ABC)ABC goleia Atlético Potengi em jogo treino no campo da UFRN (Foto: Divulgação/ ABC)

O ABC goleou o Atlético Potengi por 7 a 1 em um amistoso realizado na manhã deste sábado no campo de treinamento da UFRN. A partida serviu como mais um jogo treino em preparação para o retorno da Série B. Essa foi a segunda vitória do Mais Querido, o time havia entrado em campo na última quarta-feira contra o Currais Novos, quando venceu a partida por 2 a 0. A goleada começou aos 24 minutos quando Rodrigo Silva aproveitou cruzamento e cabeceou para abrir o placar. Nome do jogo, Rodrigo assinalou ainda mais duas vezes. Michel Benhami, Daniel Amora, Liel e Lúcio Flávio ampliaram o placar para o Mais Querido. Fabrício fez o gol de honra da equipe do Potengi. O Alvinegro entrou em campo com  com Gilvan, Madson, Marlon, Samuel e Luciano Amaral, Liel, Michel, Daniel Amora e Xuxa, Dênis Marques e Rodrigo Silva. Na segunda etapa o técnico Zé Teodoro modificou grande parte da equipe, e o ABC voltou para o jogo com Gilvan, Marlon, Suéliton e Diego Jussani, Renato, Fábio Bahia, Somália, Moisés e Patrick, João Henrique e Lúcio Flávio. Lesionados, Rogerinho e Gilmar não participaram do amistoso. O ABC volta a entrar em campo na próxima terça-feira em mais um jogo treino. O Mais Querido enfrenta o Globo às 15h30 no Estádio Frasqueirão.
Por Natal

América goleia Currais Novos-RN por 3 a 0 em jogo-treino

O América goleou a equipe do Currais Novos-RN por 3 a 0 na manhã deste sábado, em jogo-treino, no CT Dr. Abílio Medeiros, em Parnamirim. Os gols foram marcador por Pimpão, Thiago Cristian e Wanderson. O alvirrubro segue realizando preparação para o retorno do Campeonato Brasileiro série B, após a Copa do Mundo.
Edmo Nathan / DivulgaçãoPartida faz parte da preparação alvirrubra para o retorno da Série B 
Partida faz parte da preparação alvirrubra para o retorno da Série B
O treinador Oliveira Canindé aproveitou o jogo para observar e dar ritmo aos atletas do elenco americano. A equipe iniciou a partida com: Fernando Henrique; Fabinho, Cleber, Roberto Dias e Paulo Henrique; Márcio Passos, Jean Cleber, Thiago Cristian e Jeferson; Rodrigo Pimpão e Isac. Na segunda etapa todos os 11 titulares foram substituídos. Oliveira Canindé deu oportunidade para: Dida; Judson, Adalberto e Tiago Dutra; Marcelinho, Val, Daniel Costa, Arthur Henrique e Wanderson; Alfredo e Max. Walber, Alekito, Gustavo, Rivaldo e Beleu Macaíba também foram utilizados no decorrer do segundo tempo.
Fonte: Tribuna do Norte

sexta-feira, 27 de junho de 2014

ABC faz mais um jogo-treino neste sábado; partida será na UFRN


Dênis Marques e Rodrigo Silva formam dupla de ataque do ABC (Foto: Divulgação/ABC)Dênis Marques e Rodrigo Silva formam dupla de ataque do ABC (Foto: Divulgação/ABC)

Após vencer o Currais Novos por 2 a 0, na quarta-feira, o ABC volta a campo neste sábado para mais um jogo-treino antes do retorno da Série B do Campeonato Brasileiro. O adversário desta vez será o Atlético Potengi, que vai disputar a segunda divisão do estadual neste segundo semestre. A partida terá início às 8h30, no campo do complexo esportivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Anteriormente, o jogo estava marcado para o CT Alberi Ferreira de Matos. O técnico Zé Teodoro deve mais uma vez utilizar duas formações, observando todo o grupo durante o teste. Os últimos reforços da equipe - os volantes Marcel e Fábio Bahia e o atacante Rodrigo Silva - vão para o campo, assim como os laterais Renato e Patrick, e o meia Júnior Timbó, recuperados de lesão. O ABC só volta a disputar uma partida oficial no dia 15 de julho, diante do Luverdense, fora de casa, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Por Natal

Definidos os confrontos das oitavas de final; confira

A Copa do Mundo está na fase de mata-mata e, agora, 16 seleções disputam o título. Os últimos confrontos foram definidos com os jogos e ontem. Amanhã (28) começa a fase decisiva com o Brasil em campo contra o Chile.
Arquivo TN16 seleções e seus craques seguem na Copa do Mundo 
16 seleções e seus craques seguem na Copa do Mundo
Confira os confrontos:
28 de junho
Brasil x Chile - 13h/Mineirão
Colômbia x Uruguai - 17h/Maracanã
29 de junho
Holanda x México - 13h/Castelão
Costa Rica x Grécia - 17h/Arena Pernambuco
30 de junho
França x México - 13h/Mané Garrincha
Alemanha x Argélia - 17h/Beira-Rio
01 de julho
Argentina x Suíça - 13h/Itaquerão
Bélgica x EUA - 17h/Fonte Nova
Últimos colocados
Ao final da primeira fase da Copa do Mundo, 16 seleções estão fora. Camarões, que estava no Grupo A, com Brasil, México e Croácia, acabou se tornando a última colocada com zero ponto, um gol feito (na seleção brasileira) e nove tomados, um gol a mais do que Honduras, que enfrentou na fase França, Suíça e Equador.
Abaixo a colocação dos países que não conseguiram se classificar:
17) Equador
18) Portugal
19) Croácia
20) Costa do Marfim
21) Bósnia
22) Itália
23) Espanha
24) Rússia
25) Gana
26) Inglaterra
27) Irã
28) Coreia do Sul
29) Japão
30) Austrália
31) Honduras
32) Camarões
Fonte:Tribuna do Norte

ABC realiza Baile Preto & Branco para festejar 99 anos de existência

O ABC Futebol Clube comemora 99 anos de existência no domingo, mas os festejos já têm início nesta sexta-feira, com a realização do Baile Preto & Branco. O evento acontece no Olimpo Recepções, a partir das 22h, com shows da banda Uskaravelho e do cantor Pedro Luccas, além do DJ Luís Couto. Durante o evento, o ABC prestará mais uma homenagem ao ex-jogador Marinho Chagas, que faleceu neste ano. Na oportunidade, a Comissão do Centenário do clube vai apresentar a marca dos 100 anos do ABC para os torcedores. O baile conta com serviço All Inclusive - com buffet, whisky, vinho e cerveja - e o ingresso custa R$ 100. A venda antecipada é feita na sede do clube, na ABC Store, na SterBom do Midway Mall, além da Banca Cidade do Sol, conhecida como Banca do Tota, na Afonso Pena. O evento comemorativo aos 99 anos do clube terá uma homenagem especial aos presidentes alvinegros ao longo dos anos. Serão homenageados José Nilson de Sá, José Wilson Gomes Netto, Judas Tadeu Gurgel, Rui Barbosa da Costa, José Paiva Torres, Edilson Medeiros Filho, Eudo Laranjeira da Costa, Leonardo Arruda Câmara, Rubens Guilherme Dantas, Severo Alves da Câmara, além de quatro membros importantes que passaram pela junta governativa clube, como Aluísio Gonçalves Bezerra, José Carlos Passos, Agnelo Alves e Abelírio Vasconcelos da Rocha.
Banda Uskaravelho se apresenta no baile do ABC (Foto: Divulgação) 
Banda Uskaravelho se apresenta no baile do ABC,
nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)
Mais festa no domingo
No domingo, no dia do aniversário do Mais Querido, haverá mais festa no Complexo Vicente Farache, na Rota do Sol. A comemoração será iniciada às 7h30, no campo das divisões de base do clube, com um ato ecumênico sob a responsabilidade do pároco do ABC Futebol Clube, padre Murilo. Após a cerimônia, os alvinegros presentes poderão participar de sorteios, brincadeiras, tour no Frasqueirão e encontro com jogadores. Haverá também distribuição de pipoca, algodão doce e picolé, a presença da ABC Store e da Central de Atendimento ao Sócio. A entrada dos alvinegros será realizada mediante à apresentação de convite, chamado de Passaporte 99. O Sócio Mais Querido adimplente poderá retirar o convite mediante à apresentação da carteirinha. Já os alvinegros não associados devem retirar sua entrada da chamada "Festa da Família Alvinegra" mediante a apresentação de algum documento que comprove ter filhos. A retirada do Passaporte 99 está sendo realizada exclusivamente na ABC Store.
Por Natal

América-RN anuncia meia Morais, ex-Criciúma, e mais dois para a Série B

O América-RN anunciou nesta sexta-feira a contratação de três reforços para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. Os meias Morais, ex-Vasco e Corinthians, e Andrezinho, que estava no Zalgiris Vilnius, da Lituânia, além do lateral-direito Digão, emprestado pelo Flamengo. O único jogador que já está em Natal é o meia Andrezinho. Os outros dois atletas devem chega a capital potiguar até a próxima quarta-feira.
Morais meia Criciúma (Foto: João Lucas Cardoso) 
Último clube de Morais foi o Criciúma, quando jogou
o Brasileirão do ano passado (Foto: João Lucas Cardoso)

Manoel de Morais Amorim, 29 anos, ou Morais, começou a carreira no Vasco, em 2001. O meia tem no currículo ainda passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como Atlético-PR, Corinthians, Bahia, Atlético-MG e Criciúma. Já o meia André Francisco Williams Rocha da Silva, 28 anos, está fora do Brasil há muitos anos e jogou por alguns clubes da Europa Central, como o Ferencvárosi TC, da Hungria e Zalgiris Vilnius, da Lituânia. O jogador teve uma breve passagem pela Catanduvense, do interior paulista, em 2010. O acerto do atleta com o América-RN aconteceu por meio da parceria entre o empresário Paulo Pitombeira e o presidente alvirrubro Gustavo Carvalho. Por último, o lateral-direito Rodrigo Longo Freitas, 21 anos, é cria das bases do Flamengo e participou das conquistas da Copa do Brasil, em 2013 e do Campeonato Carioca, este ano, pelo Rubro Negro.
Jogo-treino neste sábado

O América continua a preparação para a Série B e neste sábado, às 8h30, o time rubro faz um jogo-treino contra o Currais Novos. A partida será realizada no CT Abílio Medeiros, em Parnamirim. Sócio torcedores terão acesso gratuito. Para os demais torcedores, será cobrado um ingresso no valor de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Por Natal

Federação Uruguaia prepara apelo à Fifa

A Associação de Futebol Uruguaia (AUF) já prepara o documento de apelação que apresentará à Fifa para questionar a punição imposta ao atacante Luis Suárez(Foto). A entidade máxima do futebol deu prazo de 21 dias para a apresentação da apelação, que, de acordo com o Código Disciplinar da Fifa, só vale para a multa. Os nove jogos internacionais e os quatro meses de suspensão impostos a Suárez não são passíveis de apelação. Ouvido pelo jornal uruguaio Ovación, o advogado da AUF Jorge Barrera confirmou que a apelação será feita, mas não precisou quando isso acontecerá. Se a multa for mantida, Suárez terá de pagar 100 mil francos suíços (cerca de R$ 250 mil) à Fifa. Nos bastidores, comenta-se que a punição poderia impedir uma eventual transferência de Suárez para o Barcelona-ESP, apontado como o destino mais provável do jogador, que atualmente defende o Liverpool-ING. Segundo o diário Mundo Deportivo, o negócio não seria impedido pela suspensão do uruguaio, uma vez que transferências são consideradas um acordo administrativo entre clubes. Em comunicado oficial, o Liverpool declarou que só se pronunciará sobre a punição depois que tiver tempo de revisar a decisão da Fifa. De acordo com a agência de notícias AFP, a ministra de Turismo e Esporte do Uruguai, Liliám Kechichián, convocou uma reunião com o presidente do país sul-americano, José Mujica, para discutir a punição a Suárez. Mais cedo, no Twitter, Kechichián declarou que a decisão da Fifa foi "desmedida" e tem sinal de perseguição.
Fonte: Tribuna do Norte na Copa

Xerife novo no pedaço


O volante Fernandinho ganhou a vaga de titular na seleção brasileira. O jogador do Manchester City treinou no lugar de Paulinho no time titular no último coletivo antes do confronto com os chilenos, amanhã, às 13h, em Belo Horizonte.
Gaspar Nóbre/VipcommFernandinho mostrou força na marcação e também capacidade de apoiar o ataque da Seleção 
Fernandinho mostrou força na marcação e também
capacidade de apoiar o ataque da Seleção
Ele foi á única alteração na equipe no início do treino em relação ao time que venceu Camarões por 4 a 1, na última segunda-feira (23), em Brasília. O volante entrou no segundo tempo e deu mais criatividade ao time. Fernandinho fez o último gol da seleção. Daniel Alves permaneceu na equipe. O jogador do Barcelona, que decepcionou nas últimas partida, ainda conta com o prestígio de Luiz Felipe Scolari. Hoje, a seleção treina no Sesc Venda Nova já em Minas Gerais. De acordo com a CBF, o treino não será realizado no Mineirão em razão do Sesc Venda Nova ficar mais próximo do hotel em que a delegação ficará hospedada na capital mineira. A Fifa, porém, tem solicitado às seleções que não treinem nos estádios dos jogos nas vésperas dos jogos para poupar os gramados.
Fonte: Tribuna do Norte na Copa

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Uruguai deixa hotel em Natal já sem Luis Suárez na delegação

O Uruguai partiu para seguir na Copa do Mundo já sem o seu maior astro. A delegação da Celeste deixou a concentração em Natal por volta das 14h para embarcar ao Rio de Janeiro sem ter Luis Suárez - punido com 9 jogos pela Fifa por ter mordido Chiellini - entre os integrantes. A seleção viaja para o Rio de Janeiro onde enfrentará a Colômbia no próximo sábado, às 17h, no Maracanã. O embarque será feito na Base Aérea de Natal e está previsto para as 15h30. Momentos antes, Suárez apareceu nos corredores do hotel para se despedir da delegação. O atacante foi flagrado emocionado recebendo um afago de um membro da comissão técnica celeste.O jogador do Liverpool deve embarcar no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. O astro do Uruguai terá de cumprir os nove jogos de suspensão em jogos da seleção uruguaia, o que deve tirá-lo até de jogos da Copa América de 2015. De acordo com a chefe de comunicação da Fifa, Delia Fischer, após os quatro meses Suárez poderá disputar amistosos com a seleção e atuar normalmente pelo Liverpool, seu clube na Inglaterra, que vai se pronunciar oficialmente após receber o relatório oficial da Fifa. As transferências, entretanto, não são afetadas por esse banimento por quatro meses.
Luís Suárez em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi) 
Última imagem de Luis Suárez nos corredores do hotel
(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Por Natal, RN

Érico deve assinar com América, mas jogar no Baraúnas

Uma situação inusitada está para acontecer com o goleiro Érico(Foto), do Baraúnas. Certo com o Tricolor para jogar na Série D, o jogador deve, primeiro, assinar contrato com o América para a disputa da Série B. Mas sua ligação com o clube natalense deve durar apenas dois jogos e mesmo assim ele não será relacionado para nenhum deles. Esta foi a saída encontrada pelo clube mossoroense para que o goleiro pague as duas partidas da suspensão imposta pelo STJD, devido sua expulsão no jogo contra o CRB-AL, ano passado, na despedida do Baraúnas na Série C. Sem mais jogos a disputar na competição, a punição a Érico deverá ser cumprida no próximo campeonato patrocinado pela CBF. Pelo acordo que está sendo fechado entre as duas diretorias, que mantém um bom relacionamento, após cumprir a suspensão na Série B, Érico será devolvido ao Baraúnas e assim poderá jogar tranquilamente a Série D, sem qualquer prejuízo para as partes. No América, Érico pagaria a suspensão nos jogos contra o Bragantino (15/7) e Vasco da Gama (19/7). No dia seguinte (20/7)), o Baraúnas estreia na Série D, em Mossoró, contra o Central-PE, mas devido a falta de tempo hábil para sua regularização, Érico só deverá estrear no Tricolor no jogo seguinte, dia 27 de julho, contra o Jacuipense, na Bahia. A situação de Érico lembra o problema vivido este ano pelo Potiguar que acabou punido com a perda de pontos na Copa do Nordeste por ter utilizado de forma irregular o goleiro Laênio. Naquela oportunidade, Laênio também estava punido com dois jogos de suspensão. No entanto, diferente do que ocorre com Érico, ele não comunicou o fato à diretoria Alvirrubra que por sua vez também não pesquisou a situação do atleta quando de sua contratação.
Fonte: Fábio Oliveira/F9.net.br

As dúvidas de Felipão



A seleção brasileira tem um retrospecto positivo contra os chilenos, adversário de sábado, no Mineirão. As duas equipes se enfrentaram 66 vezes, com 47 vitórias brasileiras e apenas sete do Chile. Mesmo assim, o meia Willian prefere não levar em conta a vantagem. "Futebol vem mudando bastante. O retrospecto é bom, mas não devemos pensar nisso. Cada jogo tem uma história e não podemos ficar pensando nisso", disse o ex-corintiano, um dos destaques nos treinos em Teresópolis.
Gaspar Nóbrega/VipcommWillian afirmou que não existe favoritismo diante do Chile 
Willian afirmou que não existe favoritismo diante do Chile
Na goleada sobre Camarões, por 4 a 1, em Brasília, ele entrou no lugar de Neymar e é uma das apostas ofensivas de Luiz Felipe Scolari para o segundo tempo em Belo Horizonte. Ontem, ele participou com os reservas de um treino no gramado da concentração da CBF. Já a maioria dos titulares foi poupada. Willian rejeitou o favoritismo da seleção e citou a eliminação precoce da Espanha, Inglaterra e Itália da Copa. "Muitas pessoas que conhecem futebol estão surpresas por essa seleções terem saído tão cedo. Mas hoje o futebol está muito nivelado, a Copa do Mundo é muito nivelada. Nós temos que nos preparar muito bem. Tem seleções surpreendendo bastante na Copa", afirmou o jogador. Willian preferiu não polemizar sobre a mordida dada pelos uruguaio Suarez no jogador da Itália, na terça (24). O jogador corre risco de ser punido pela Fifa. "Vi o lance. Todo mundo viu. Não cabe a mim e nem ninguém da seleção julgar ele. Tem pessoas para fazer isso. Nós jogadores temos de ficar focados na seleção e nesse jogo contra o Chile. Acho que não sei qual seria minha reação. Somente se eu passasse por isso. Difícil falar. Claro que isso é estranho no futebol, receber uma mordida em campo. Só quem tem experiência pra saber o que faria no momento", disse o meia.
Mistério
Paulinho ou Fernandinho? Não foi ontem que o técnico Luiz Felipe Scolari vai revelar quem será o titular contra o Chile, sábado, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O treinador e sua comissão técnica optaram por poupar os titulares de treinar no gramado nesta quarta, e eles ficaram na academia realizando trabalhos físicos. Os jogadores que atuaram até 45 minutos na vitória de 4 a 1 sobre Camarões, na segunda-feira, desceram ao campo e realizam um trabalho técnico. Paulinho e Fernandinho estavam entre eles. O coletivo que mostrará se Fernandinho tomou o lugar de Paulinho acontecerá hoje, também no centro de treinamento da CBF, na Granja Comary. O mais provável é que Fernandinho, que entrou muito bem ante os camaroneses, seja o novo titular do meio de campo e Paulinho vá para o banco. O treino de ontem teve início às 13h, mesmo horário que será realizada a partida no sábado, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. A intenção é acostumar os atletas às mudanças no horário de despertar e da alimentação. Os jogadores terão uma hora a mais para dormir, acordando 9h30, não mais 8h30. E farão também uma refeição reforçada, praticamente um almoço, logo depois. Também há um segundo almoço por volta das 16h.
Encontro
Os jogadores da seleção brasileira receberam visitas na Granja Comary ontem. Cinquenta crianças de famílias vítimas das enchentes que deixaram centenas de desabrigados em 2011 entraram no campo do CT da CBF para pegar autógrafos e tirar fotos com os jogadores. Quem esteve presente na Granja ontem também foi o presidente da CBF, José Maria Marin. Ele esteve no gramado antes do treino, conversando com o técnico Luiz Felipe Scolari e com o coordenador Carlos Alberto Parreira.
Em alta
Fernandinho
Volante foi elogiado depois da partida contra Camarões, onde marcou um gol e pode virar titular no time brasileiro
Em baixa
Paulinho
Meio campo vem sendo criticado pelo baixo desempenho na seleção e pode perder a vaga de titular.
Fonte: Tribuna  na Copa

Técnico do América-RN comemora parada e diz que Copa é aprendizado


Oliveira Canindé, técnico do América-RN (Foto: Ferreira Neto)Oliveira Canindé comemorou parada da Copa do Mundo (Foto: Ferreira Neto)

Após a realização dos quatro jogos da Copa do Mundo em Natal, as atenções dos times potiguares se voltam agora para o Campeonato Brasileiro da Série B. No América-RN, os jogadores já retomaram o trabalho pensando na competição nacional, mas se depender do treinador Oliveira Canindé, ninguém vai deixar de assistir aos jogos da seleção brasileira no Mundial. - A gente treina pela manhã quando a Seleção joga, e assistimos a partida de tarde. Claro que acompanhamos um pouco do que acontece na Copa, assim como todos os brasileiros. Mas nosso ganha-pão é na Série B. Vamos tentar tirar um aprendizado da Copa, e assimilar isto para tirar proveito de alguma maneira - confessou o técnico. Para Oliveira Canindé a inter-temporada foi bem satisfatória. O comandante alvirrubro comemorou o tempo que teve para tratar os jogadores Márcio Passos e Arthur Maia, que estavam no DM antes da parada para a Copa. -  O tempo de parada foi bom porque tivemos a chance de descansar para voltar bem mais preparados para a Série B. Outro ponto importante é que recuperamos a maioria dos atletas que estavam no DM. Agora vamos buscar o aproveitamento necessário para conseguir uma melhor colocação dentro da competição - disse o treinador.

Treino do América-RN (Foto: Ferreira Neto) 
Jogadores do América-RN voltaram aos treinos após a parada
para a Copa do Mundo (Foto: Ferreira Neto)
O América-RN retorna a campo no dia 15 de julho quando recebe o Bragantino na Arena das Dunas, pela 11ª rodada da Segundona. Antes disso, o Mecão ainda disputa pelo menos dois amistosos contra as equipes do Currais Novos e do Globo FC.
Por Natal

Adversário do Baraúnas na Série D já tem elenco fechado

O lateral-direito Chiqunho, ex-Potiguar (primeiro à direita) e o atacante Denílson, ex-CRB estão no elenco do Coruripe. (Foto reprodução/TV Gazeta).
O lateral-direito Chiqunho, ex-Potiguar (primeiro à direita) e o atacante
Denílson, ex-CRB estão no elenco do Coruripe. (Foto reprodução/TV Gazeta).
O atual campeão alagoano, Coruripe, um dos adversários do Baraúnas na primeira fase da Série D deste ano, treina firme visando sua estreia na competição, programada para o dia 20 de julho, em casa, contra o Jacuipense-BA. Tendo se apresentado no dia 9 de junho, o Hulk não quer ser mero figurante na competição e fez alguns investimentos que tem deixado seu torcedor animado. Entre as contratações estão o veterano atacante Denílson, ex-CRB, e o volante camaronês Koffi Prosper, que defendeu o CEO em 2012. O time também conta com dois jogadores campeões potiguares de 2013 pelo Potiguar, no caso o goleiro Santos e o lateral-direito Chiquinho. No total, são 28 jogadores treinando desde o início do mês. Nem a Copa do Mundo foi capaz de interromper a preparação do representante alagoano. De acordo com o diretor de futebol do clube, Afrânio Coutinho, o elenco está fechado, pelo menos até o início da Série D. Afrânio só admite chegada de novos jogadores em caso de contusões que não possibilitem a recuperação do jogador lesionado até a estréia do clube. O Coruripe é o terceiro adversário do Baraúnas na Série D. O confronto está marcado para o dia 3 de agosto, no Nogueirão.
Confira a relação do elenco do Coruripe:
Goleiros: Santos, Batista e Roquelan 
Laterais: Geoge, Chiquinho, Renato e Fabricio
Zagueiros: Willames José, Tiago Papel, Jhonny, Samuel (base), Beto (base) e Leandro (ex-Ypiranga/BA)
Volantes: Anderson, Jota, Mazinho, Jair, Koffi (ex-CEO) e Thulio (base) 
Meias: Aurélio, Paulinho, João Paulo (ex-Sergipe) e Deivinho (base)
Atacante: Ivan, Alexsandro (ex-Murici), Alexandre (ex-Murici), Deizinho (ex-Central) e Denilson (ex-CRB).
Fábio Oliveira/F9.net.br

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Globo FC faz jogo-treino e anuncia zagueiro do futebol polonês


treino Globo FC (Foto: Divulgação / Globo FC)Globo FC segue na preparação para estreia na Série D (Foto: Divulgação / Globo FC)

A pouco menos de um mês para a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro, o Globo FC fará o primeiro jogo-teste neste domingo, às 9h, no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim. O adversário será a equipe da UFRN. A entrada será gratuita e os portões serão abertos a partir das 8h. Como reforço para a competição, o time comandado por Higor César anunciou a contratação do zagueiro Alex, vindo do futebol polonês. O jogador também atua pelo meio como volante e chega para suprir a carência da "Águia" no setor defensivo. Natural de São Paulo, Alex já jogou em clubes do interior mineiro e paulista, com passagens pelo MKS e Sluce, ambos da Polônia. O Globo FC ainda faz outro amistoso antes do confronto diante do Porto, de Pernambuco, no dia 20 de julho, pela Série D. O tricolor de Ceará-Mirim enfrenta o América-RN no dia 5 de julho, às 16h, no Estádio Nazarenão, em Goianinha. 
Gramado novo
Gramado estádio barretão (Foto: Divulgação / Globo FC) 
Gramado do Barretão recebe melhorias para jogos
do Globo FC na Série D (Foto: Divulgação / Globo FC)
O Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, segue passando por melhorias para sediar os jogos do Globo FC na Série D do Campeonato Brasileiro. O time de Higor César faz sua estreia em casa contra o Vitória da Conquista-BA, no dia 27 de julho, pela 2ª rodada do Brasileirão. Nas últimas rodadas do Campeonato Potiguar, o gramado sofreu um ataque de pragas chamadas de "cachorro d'água" deixando o terreno bastante deteriorado em alguns setores. A promessa é que já na primeira partida diante de sua torcida, a "Águia" tenha um gramado bem tratado e sem buracos.
Por Natal

Remo deve confirmar contratação do volante Michel Schmoller, do ABC


Michel Schmöller, volante do ABC (Foto: Frankie Marcone/Divulgação/ABC)Michel Schmöller, volante do ABC, deve ser anunciado pelo Remo (Foto: Frankie Marcone/Divulgação/ABC)

Depois de dispensar Nathan Índio, Roberto Fernandes não perdeu tempo e indicou o nome de Michel Schmoller, volante de 26 anos, com quem o técnico trabalhou no América-RN e ABC, clube atual. De acordo com a diretoria do Remo, as negociações estão avançadas, o jogador já acertou as bases salariais e pode ser apresentado no próximo sábado, dia 28. Está tudo acertado com ele (Michel). Conversamos, acertamos os valores e ele estava pedindo a rescisão na secretaria do ABC, que já liberou ele. Não está contratado ainda porque não assinou contrato, mas diria 90%. Estou pedindo que seja emitida a passagem dele para sexta e creio que no sábado ele será apresentado – adiantou Thiago Passos, diretor do Leão.  Além do jogador potiguar, o Remo corre atrás de mais duas peças. Sem revelar os nomes, Passos adiantou que as conversas iniciaram e que ambos devem vir de fora do estado. Temos outros nomes, estamos conversando, mas ainda está no começo. Serão mais dois jogadores. Queremos um meio-campo e um lateral-direito, todos de fora do estado. Com isso, a gente deve fechar o ciclo para a disputa da Série D do Brasileiro – declarou.
Por Belém

América-RN realiza amistoso contra Currais Novos neste sábado

O América-RN volta a campo neste sábado para uma partida amistosa diante da equipe do Currais Novos. O jogo acontece no CT Abílio Medeiros, em Parnamirim, às 8h30. A informação foi confirmada pelo gerente de futebol Carlos Moura Dourado.
Treino América-RN  (Foto: Ferreira Neto) 
Jogadores do América-RN fazem trabalho físico no CT
nesta quarta-feira, em Parnamirim (Foto: Ferreira Neto)
O próximo compromisso do time alvirrubro antes do retorno da Série B do Campeonato Brasileiro será em um outro amistoso, desta vez contra o Globo FC. O confronto será no dia 5 de julho, às 16h, no estádio Nazarenão, em Goianinha.Ocupando a 11ª colocação, com 13 pontos, o Mecão reestreia na Segundona no dia 15 de julho, na Arena das Dunas, em Natal. O América-RN recebe o Bragantino, às 21h50, em jogo válido pela 11ª rodada da Série B.
Por Natal

Love is in the air

A poucos dias do confronto entre Brasil e Chile, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, sábado em Belo Horizonte, as duas seleções entraram num clima de paz e amor. Pelo lado brasileiro, o técnico Luiz Felipe Scolari rasgou elogios aos chilenos que, através do camisa 10, Valdívia retribuíram com palavras não menos elogiosas ao treinador "Canarinho".
Jefferson Bernardes/VipcommLuiz Felipe Scolari  
Luiz Felipe Scolari "rasgou" elogios à seleção chilena e, mesmo
antes da Copa, afirmou que não queria enfrentar o time de Sampaoli
"Se pudesse, escolheria outra seleção. É mais difícil por se tratar de uma seleção sul-americana. Catimba, qualidade, organização... Tudo isso o Chile tem", afirmou o gaúcho. "Vou analisar o time deles e fazer as adaptações necessárias para que a gente chegue bem ao jogo", declarou. Felipão recordou que o adversário de sábado enfrentou o Brasil em duas ocasiões recentes. Um amistoso em abril do ano passado, em Belo Horizonte, terminou com empate por 1 a 1. Ainda em 2013, em novembro, a Seleção levou a melhor por 2 a 1 em Toronto. "Joguei duas vezes contra o Chile. Vi as dificuldades da nossa equipe e as qualidades do Chile. Algumas pessoas não viam dessa forma, achavam que o Chile seria descartado logo, e não foi assim. Agora, tenho que pensar na minha equipe, ver se tem condições de melhorar para conseguir essa vitória no mata-mata", comentou Scolari. Para o gaúcho - que também já manifestou sua admiração por Augusto Pinochet, ditador chileno por 17 anos -, será necessário um cuidado maior no Mineirão. Oferecer oportunidades, como aconteceu nas vitórias sobre Croácia e Camarões e no empate com o México, poderá ser fatal. "Na primeira fase, a gente poderia ter um tropeço. Na fase seguinte, a do mata-mata, não dá para ter tropeço, conceder como a gente concedeu uma ou outra oportunidade viva ao adversário. Tem que ter uma estratégia pensada porque, muitas vezes, é jogo de um gol. Não pode cometer tantos erros", avisou Felipão.
Valdívia
Durante os mais de dois anos em que foi comandado por Luiz Felipe Scolari no Palmeiras, Valdivia reclamou de ter sido escalado antes de se recuperar de lesões e que isso dificultava ainda mais a sua presença em campo. Mas o técnico, hoje na Seleção Brasileira, agora é apontado como diferencial dos anfitriões da Copa do Mundo e adversário do Chile nas oitavas de final, no sábado. "Os diferenciais do Brasil são os 23 jogadores, o treinador e a torcida", definiu o meia, ressaltando não ter privilégios de informação por ter trabalhado com Felipão e jogar no Brasil. "Até a China conhece os jogadores do Brasil, como joga a Seleção, a qualidade do treinador e dos jogadores com mais destaque", sorriu. Em relação a Scolari, o meio-campista elogia, principalmente, a garra que conseguiu colocar na Seleção Brasileira. Valdivia destaca a marcação permanente no campo adversário, característica que chamou atenção na equipe na conquista da Copa das Confederações do ano passado, também disputada no País. "O Brasil faz uma pressão intensa e vai ser difícil como foi a Austrália, a Espanha e a Holanda. Já seria um adversário difícil para caramba e, como estamos jogando no Brasil, o jogo fica duas vezes mais difícil", analisou o jogador do Palmeiras, mostrando-se fã do rival deste fim de semana. "O Brasil tem jogadores de qualidade que podem mudar o jogo a qualquer minuto com qualquer jogada, aproveitando muito bem qualquer detalhe. Para mim, não tem ponto fraco, muito pelo contrário, é uma das melhores seleções", elogiou, reforçando que tanto ele quanto Mena, do Santos, e Aránguiz, do Inter, não serão necessários como 'espiões' por jogarem no Brasil. "Não muda nada, absolutamente nada. Até porque a maioria dos craques vem de fora", avisou, confiando no técnico Jorge Sampaoli.
Fonte: Tribuna do Norte

Arena das Dunas se despede da Copa com falhas nas lanchonetes e entorno

Na partida entre Itália e Uruguai não foi somente a Azzurra que se despediu da Copa do Mundo. A Arena das Dunas também teve a sua participação encerrada no Mundial na tarde desta terça-feira. O saldo negativo do estádio durante as quatro partidas ficou para os problemas com filas e falta de comida nas lanchonetes. Na última partida, entulhos no entorno também atrapalharam. Considerada uma das mais belas arenas da Copa, o local deixou boa impressão no quesito gramado e acesso. No entorno do estádio, uma quantidade razoável de entulhos ainda restava para a última partida da Arena das Dunas. Pedras, paralelepípedos soltos, vigas e grandes pedaços de madeira tomavam conta das imediações. A reportagem do GloboEsporte.com flagrou diversos pontos com problemas. O local onde havia maior quantidade de entulho ficava próximo à entrada norte do estádio. Procurado, o Comitê Organizador Local prometeu se posicionar posteriormente, por e-mail. Apesar das condições do local, não houve ocorrência envolvendo os entulhos. As lanchonetes novamente não deram conta da grande quantidade de pessoas, principalmente quando concentradas no intervalo do jogo. Com grandes filas, o desafio é mesmo fazer com que o torcedor consiga ir ao banheiro e comprar comida dentro dos 15 minutos de intervalo. A bola já tinha rolado para o segundo tempo, e uma quantidade razoável de assentos continuavam vagos. A oferta de lanches, desta vez, sobreviveu na maioria das lanchonetes até o meio da etapa final. Este quesito foi um dos pontos fracos da Arena das Dunas no recebimento dos jogos nesta Copa do Mundo. As filas são grandes demais. Já vim em dois jogos e continuo perdendo cerca de cinco minutos do segundo tempo para comprar comida e bebida. Sou obrigado a quem sabe até perder um gol porque não perco a minha cervejinha - disse o contador Roberto Galhardo. O forte calor registrado durante a partida movimentou o departamento médico do estádio, que registrou 64 atendimentos. A maioria deles por conta de problemas por conta da alta temperatura. Nenhuma com gravidade. Outro problema nos arredores da Arena das Dunas foi a questão dos cambistas que ofereciam ingressos a poucos metros de policiais. Um deles, por exemplo, oferecia um bilhete a 500 dólares, mas foi embora ao desconfiar que estava sendo gravado.
Gramado e acesso vão bem
A Arena das Dunas se despede da Copa do Mundo com dois pontos positivos: o gramado e o acesso. Natal sofreu com grande quantidade de chuva nos últimos dias, mas a drenagem e a grama resistiram bem. No quesito acesso, também boa impressão. Em nenhuma das quatro partidas houve problemas e o tempo de entrada foi considerado bom pela maioria dos torcedores.
francisco avelino cadeirante arena dunas (Foto: Jocaff Souza)O cadeirante Francisco Avelino elogiou o acesso ao estádio (Foto: Jocaff Souza)
Os voluntários nos ajudam bastante. Entrei errado, mas logo fui avisada. Achei o estádio lindo. Poderia ter mais (jogos) aqui em Natal - afirmou Vera Matias, de 56 anos. O cadeirante Francisco Avelino disse também não ter tido qualquer problema ao se deslocar no estádio. O potiguar é atleta paralímpico e gostou do clima que viveu no Mundial. Consegui assistir aos quatro jogos e não tive problema em chegar ao estádio. Na parte de dentro, tinham poucos obstáculos e os voluntários também ajudaram muito. Esses jogos da Copa animaram muito a nossa cidade e foi uma boa sensação estar nos jogos - disse.
Por Natal

Adversário do Baraúnas na Série D faz enquete com torcida para definir onde mandará seus jogos

Casa do Jacuipense, Estádio Eliel Martins passa por reforma (Foto: Site Oficial do Jacuipense)
Casa do Jacuipense, Estádio Eliel Martins passa por reforma (Foto: Site Oficial do Jacuipense)
Integrante do grupo do Baraúnas na Série D, o Jacuipense lançou recentemente, por meio de uma rede social, uma enquete para que o seu torcedor decida onde o Leão do Sisal mandará as suas partidas na competição. As opções para escolha são as cidades de Serrinha (situada a 53 km de Riachão do Jacuípe) ou em Feira de Santana (77 km de Riachão). O motivo dessa consulta se dá por conta da interdição do seu estádio, o Eliel Martins, situado em Riachão do Jacuípe-BA, que passa por reforma. Como o prazo fixado para a entrega é somente para o mês agosto, é provável que o Jacuipense só volte a mandar jogos no Eliel Martins no dia 17 de agosto, quando enfrentará o Central-PE pela quinta rodada da Série D. Antes disso, o clube fará a sua primeira partida como mandante no dia 27 de julho, diante do Baraúnas.
Artur Rebouças/ F9.net.br

terça-feira, 24 de junho de 2014

Baraúnas se apresenta com apenas seis jogadores e técnico indica reforços do rival

O Baraúnas deu, oficialmente,  início à sua preparação para a Série D do Brasileiro. Na tarde desta terça-feira (24), o clube reuniu na Toca do Leão os primeiros jogadores contratados para a disputa da competição nacional. Com um grupo bastante reduzido, o primeiro encontro rendeu apenas uma pequena conversa do gerente de futebol Zezinho Mossoró, técnico Isaías Rodrigues, preparador físico Alex e o elenco, hoje composto pelo goleiro Érico; zagueiros Nildo e Victor; o lateral Johnson e os volantes Carlos Alberto e Batata. Alguns jovens jogadores pertencentes ao Mossoró, que deverão ser emprestados ao Tricolor, também compareceram. Nesta quarta-feira (25), o grupo volta a se reunir, agora para os primeiros trabalhos físicos que deverão acontecer em dois expedientes na pista de atletismo do estádio Nogueirão.
ISAÍAS INDICA JOGADORES CASEIROS
Consciente das limitações financeiras do clube e da política a ser adotada pela diretoria, o técnico Isaías Rodrigues indicou a contratação de alguns atletas que se encaixam no perfil estabelecido. Dois desses indicados tem os direitos federativos ligados ao rival Potiguar, e viriam por empréstimo. É o caso do lateral esquerdo Samuel e do atacante Sávio, que tiveram suas primeiras experiências com o elenco profissional este ano, quando disputaram Estadual, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Nesse caso, Isaías entende que não haverá entrave para a chegada dos dois jovens jogadores pois, sem nenhum campeonato profissional a disputar no segundo semestre, em tese, o Alvirrubro teria interesse em ter esses atletas jogando e adquirindo  experiência em mais uma competição nacional. Outros indicados pelo técnico à diretoria leonina são o goleiro Roberto, que já teve passagem pelo Tricolor, e que recentemente também esteve no Potiguar, e o zagueiro Sidney, que defendeu o Alecrim nesta temporada. Isaías revelou que em sua lista também constam jogadores de outros estados, mas que só vai tentar definir com estes quando a reforma dos alojamentos da Toca do Leão estiver concluída para recebê-los, o que deve ocorrer ainda esta semana.
Fábio Oliveira/F9.net.br

Aos 43, goleiro da Colômbia vira o jogador mais velho a atuar em Copa

O goleiro Faryd Mondragón(Foto) entrou para a história das Copas ao entrar em campo aos 39 min do segundo tempo do confronto entre Colômbia e Japão pela terceira rodada da fase de grupos, nesta terça-feira (24), na Arena Pantanal, em Cuiabá. O jogador substituiu Ospina quando a partida já estava 3 a 1 para os colombianos (acabou 4 a 1), resultado que garantiu ao time sul-americano o primeiro lugar do Grupo C. Aos 43 anos recém-completos, Mondragón, que defende o Deportivo Cali, bateu a marca do camaronês Roger Milla. Em 1994, Milla participou da campanha de seu país com 42 anos e 1 mês. Logo atrás deles estão Pat Jennings, da Nigéria, que jogou com 41, em 1986, e Peter Shilton, da Inglaterra, com 40 anos e 9 meses, em 1990.

Folhapress

Fifa irá investigar Suárez por suposta mordida; uruguaio pode perder Copa

Principal jogador da seleção uruguaia, o atacante Luis Suárez corre risco de não disputar mais nenhuma partida da Copa do Mundo. A Fifa irá investigar o jogador do Liverpool pela suposta mordida dada no zagueiro italiano Giorgio Chiellini, nesta terça-feira (24), na vitória por 1 a 0 que classificou os bicampeões mundiais para as oitavas de final.
Magnus NascimentoLuis Suárez alega ao assistente que não mordeu Chiellini durante partida contra a Itália 
Luis Suárez alega ao assistente que não mordeu Chiellini
durante a partida contra a Itália
O lance aconteceu dentro da área italiana, no segundo tempo, e foi ignorado pelo árbitro mexicano Marco Rodríguez. Mesmo sem ter sido expulso, Suárez pode ser suspenso pelo comitê disciplinar da Fifa depois de uma análise do vídeo da partida. O órgão também irá analisar a súmula e conversar com o juiz sobre o fato. O expediente do vídeo foi usado em 1994, quando o lateral italiano Mauro Tassotti foi penalizado com a ajuda do vídeo por uma cotovelada dada no espanhol Luis Enrique e perdeu a final da Copa. Se punido, Suárez pode ser afastado de forma leve (uma ou duas partidas ) ou servir como exemplo e ficar fora até o fim do Mundial. A expectativa é que a o comitê disciplinar defina a situação do atacante antes da próxima partida do Uruguai, no sábado. O astro já foi suspenso duas vezes, na Holanda e na Inglaterra, por usar seus proeminentes dentes em agressões. Em novembro de 2010, a Federação Holandesa de Futebol o afastou por sete jogos do Ajax devido a uma dentada no ombro do meia-atacante Otman Bakkal, do PSV Eindhoven. Em abril do ano passado, Suárez recebeu punição de dez partidas do Liverpool por causa de uma mordida no braço do lateral direito sérvio Ivanovic, do Chelsea.

Folhapress

Uruguai abocanha a vaga e elimina a Itália do Mundial


Torcida celeste e jogadores em êxtase após o gol que decidiu o duelo e eliminou a Itália (Foto: Reuters)
Não há na história das Copas duas seleções que amem mais o sofrimento que Itália e Uruguai. São décadas de resultados obtidos em batalhas épicas, jogos que nunca parecem estar decididos. E foi assim, nesta terça-feira, na Arena das Dunas, em Natal. Com um jogador a menos desde o início do segundo tempo, a Itália lutou, Buffon fez milagres, mas o Uruguai venceu por 1 a 0. Godín, a dez minutos do fim, venceu a grande atuação do capitão italiano para classificar a Celeste às oitavas da Copa do Mundo. Não foi um jogo técnico, de lances maravilhosos. Ninguém também esperava isso de dois times conhecidos mais pela garra do que pela técnica. Balotelli decepcionou pela Azzurra e saiu no intervalo. A Itália chegou a ser melhor em alguns momentos, mas sentiu demais o cartão vermelho de Marchisio, após dar uma solada na canela de Arévalo Rios. Empurrado pela torcida, maioria entre os 39.706 presentes, o Uruguai fez o de sempre, lutou pela bola foi incansável e, acredite, Suárez chegou a morder Chiellini em uma disputa de bola na área. O gol veio logo depois, aos 35, com Godín desviando de cabeça. A Celeste, classificada na segunda colocação, espera o fim da rodada para conhecer o adversário, que virá do Grupo C do Mundial. A Costa Rica empatou diante da Inglaterra e assegurou o primeiro lugar da chave.
Godin italia x uruguai (Foto: Getty Images) 
Godín comemora o gol de cabeça que valeu a vaga nas oitavas
para a Celeste Olímpica (Foto: Getty Images)
Defesas levam vantagem e Balotelli perdido
É quase uma regra em Copas do Mundo: uma “ola” só começa nas arquibancadas se o jogo é muito ruim ou se o resultado está garantido. Com apenas 24 minutos, italianos, brasileiros e alguns uruguaios já prestavam mais atenção na hora de levantar da cadeira do que no decisivo confronto. Foi um primeiro tempo fraco, de poucas jogadas de ataque e amarrado.  Nada menos que 24 faltas cometidas, número elevado para um Mundial. Se é possível escolher um lado que conseguiu certa vantagem, foi o da Itália. Cesare Prandelli prometeu que não colocaria em campo um time defensivo para empatar e cumpriu. A pequena superioridade aconteceu pela melhor atuação dos meio-campistas. Pirlo foi bem marcado por Cavani, mas o garoto Verratti, que substituiu De Rossi, apareceu com qualidade na saída de bola e na marcação. A Azzurra só não teve qualidade para atacar. Balotelli conseguiu ser pior do que contra a Costa Rica. Mais recuado pela presença de Immobile, cansou de trombar nos adversários e nada produzir. Ainda levou um cartão amarelo e poderia ter sido expulso ao desviar uma bola com a mão. O lance mais perigoso surgiu em uma cobrança de falta. Pirlo, claro, bateu com efeito. Muslera jogou para escanteio. O Uruguai foi cauteloso até demais para quem precisava vencer. É verdade que Cavani se sacrificou novamente para marcar, mas foi displicente no ataque, quase desinteressado. Sobrou para Suárez correr e esbarrar na muralha formada por Barzagli, Bonucci e Chiellini. Quando fugiu dela, encontrou outra parede, Buffon, que pegou chutes seguidos dele e de Lodeiro.
Drama, expulsão e mordida no segundo tempo
Marchisio vai para o chuveiro mais cedo por conta
da entrada forte em Arévalo Rios (Foto: Reuters)
O baixo rendimento dos times no primeiro tempo fez os treinadores mudarem. Prandelli trocou Balotelli por Parolo. Tabárez sacou Lodeiro para colocar Maxi Pereira. Funcionou? Bem pouco, mas capaz de tirar o Uruguai do marasmo, mesmo que fosse para reclamar. Cavani e Bonucci se enrolaram na área, com o italiano fazendo uma alavanca sobre o rival. Lance duvidoso, polêmico e ignorado pelo árbitro Marco Rodriguez, do México. A bronca contra o juiz parece ter despertado a Celeste do sono profundo. Logo em seguida, Cristian Rodríguez recebeu linda bola de Suárez na esquerda, mas, de frente para Buffon, chutou torto. A animação sul-americana cresceu ainda mais na sequência. Marchisio cravou a chuteira na canela direita de Arévalo Rios e foi expulso sem mesmo ter recebido cartão amarelo. A Itália, como esperado, se fechou toda na defesa num 5-3-1, deixando só Immobile avançado, e esperando a pressão adversária. O Uruguai se lançou ao ataque. Tabárez tirou Alvaro Pereira para a entrada de mais um jogador de frente, Stuani. O gol só não saiu graças a Buffon. Suárez teve aquelas chances cara a cara que cansou de marcar no Liverpool. Mas, desta vez, encontrou a mão direita do capitão da Azzurra. Um milagre! Parecia improvável resistir. A vontade de vencer chegou ao limite quando Suárez mordeu o ombro de Chiellini na área, mas a arbitragem não viu. Nem Buffon seria capaz de suportar a “blitz”. Pelo alto, veio o gol, aos 35  minutos. Godín subiu mais que todos os defensores rivais, desviou no canto esquerdo do goleiro e colocou o Uruguai em vantagem. A Itália ainda tentou responder no fim, mas não tinha pernas, não tinha time para buscar a vaga que deixou escorrer pelas mãos. Até Buffon foi para a área celeste em busca do gol, mas não conseguiram. O fantasma da Copa de 50 ainda está vivo no Brasil.
Por Natal, RN



Presidente da Fifa assiste Uruguai na Arena das Dunas

O presidente da Fifa, Joseph Blatter(Foto), vai assistir o duelo entre Itália e Uruguai na Arena das Dunas, nesta sexta-feira (24), às 13h. O desembarque na capital potiguar deve acontecer no fim desta manhã, na Base Aérea de Natal, com partida logo após o jogo. Não está prevista nenhuma declaração à imprensa. Na última partida da Copa do Mundo na cidade, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, assistiu o jogo entre Japão e Grécia nos mesmos moldes. Na ocasião, também estiveram presentes em um dos camarotes da Arena, a governadora Rosalba Ciarlini, o prefeito Carlos Eduardo e a Princesa Takamado, da Família Imperial do Japão. O jogo entre Itália e Uruguai é considerado a primeira decisão do mundial. A Itália precisa garantir um empate ou vencer para se classificar. Já os uruguaios não possuem outra opção, somente a vitória interessa. As duas seleções brigam pela segunda vaga no Grupo D, que já tem a Costa Rica assegurada na próxima fase.

Fonte: FIFA

Festejando o nosso São João Batista


Sub 19 do Currais Novos perdeu o segundo amistoso seguido!

Jogando no último domingo (22/06) em João Câmara/RN, o Sub 19 do Currais Novos perdeu o segundo amistoso seguido, dessa vez foi derrotado pela Seleção “adulta” de João Câmara, pelo placar de 1 a 0.Mesmo jogando no campo do adversário, o Sub 19 do Azulão do Seridó, não se intimidou com a forte equipe de João Câmara. Mostrando um futebol de gente grande, o Currais Novos jogou de igual para igual, contra uma equipe que mais parecia a Seleção adulta da Região do Mato Grande. O gol da vitória da Seleção de João Câmara, só veio aos 25 minutos da etapa complementar. A comissão Técnica do Azulão do Seridó ficou satisfeita com o desempenho da equipe, que mesmo perdendo o jogo, mostrou que está preparada para o Campeonato Estadual Sub 19. A equipe do Currais Novos foi bastante elogiada pelos torcedores que estava no Estádio Municipal de João Câmara.
 
Carlos Gutemberg, Diretor de Futebol(Foto), divulgou que o Sub 19 do Azulão do Seridó fará mais um jogo treino, visando a estreia no Campeonato Estadual da Categoria, que terá início no dia 16 de julho. Desta vez o jogo treino será contra o América, que também está se preparando para a competição. O jogo será na próxima sexta-feira (27) às 15h no CT do América.Será um previu, pois as duas equipes se enfrentarão no dia 20 de julho no Estádio Juvenal Lamartine em Natal/RN, pela segunda rodada do Campeonato Estadual Sub 19.
 
Fotos e Reportagem Élio Medeiros – Assessor de Imprensa do CNEC.

Itália e Uruguai decidem a vida forjados pelo drama


Óscar Tabárez, técnico do Uruguai (Foto: Gettyimages)Óscar Tabárez confia no histórico pode de superação de seu grupo (Foto: Gettyimages)


Cesare Prandelli no treino da Itália (Foto: EFE)Cesare Prandelli acredita muito na vaga (Foto: EFE)

Para eles, as coisas nunca são fáceis. Campeões mundiais desacreditados em boa parte de seus títulos e sempre tendo o drama e o sofrimento servindo como tinta para escrever suas histórias, Uruguai e Itália fazem nesta terça-feira, às 13h (de Brasília), o jogo mais esperado da última rodada da primeira fase da Copa do Mundo. Com a Costa Rica garantida como uma das classificadas do Grupo D, a dupla azul luta na Arena das Dunas por apenas uma vaga nas oitavas de final do Mundial. Para os tetracampeões, basta o empate. Aos uruguaios apenas a vitória garante o lugar na próxima fase.  Os ingredientes de um jogo tenso para ambas as equipes incluem derrotas inesperadas para a Costa Rica, tida inicialmente como o "saco de pancadas" do Grupo da Morte, lesões de jogadores importantes - como Buffon, De Rossi e Lugano - e até sofrimento nas eliminatórias, quando a Celeste Olímpica precisava de cinco vitórias em seis jogos para garantir a vaga na Copa, o que uniu os jogadores em um pacto pela vaga. Os italianos tentam evitar a sétima eliminação em primeiras fases de Mundiais, mas enfrentam o aparente desinteresse do astro Balotelli, que vem tendo atuações apagadas e sendo criticado pela imprensa local.
Revolução no time italiano
A derrota para a Costa Rica fez o técnico Cesare Prandelli trocar quase tudo na Azurra. Abandonou o 4-1-4-1 e colocou em campo o 3-5-2, usado nos momentos de dificuldades desde que assumiu o comando da Nazionale em 2010. A base da formação é a defesa. Bonucci entra na vaga do brasileiro naturalizado Thiago Motta e forma o setor campeão nacional pelo Juventus ao lado de Barzagli e Chiellini. A estratégia já teve sucesso. Na Copa das Confederações de 2013, jogando assim a Itália segurou um empate contra a Espanha, mas acabou perdendo a vaga na final nos pênaltis. Ainda na defesa, o lateral-esquerdo De Sciglio está recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda e entra no lugar de Abate. Com isso, Darmian volta a atuar pela ala direita. O volante De Rossi, vetado em virtude de uma lesão na panturrilha direita, abre espaço para a entrada do garoto Verratti. O setor ofensivo também sofreu modificações. O meia Candreva deixa a equipe para a entrada do atacante Immobile. O jogador foi o artilheiro do último Campeonato Italiano, com 22 gols, e entra para auxiliar Balotelli, que teve atuação bastante apagada na rodada anterior. Apagado não se pode classificar o histórico da Itália em Mundiais. Mal ou bem, é sempre certeza de emoção. E sofrimento. Em 20 edições da Copa do Mundo, a Itália acumula alguns vexames que colaboraram e muito para a fama de sofredora. Bicampeã em 34 e 38, a Azzurra teve uma sequência difícil de decepções. Ela caiu ainda na primeira fase em 50, 54, 62, 66 e 74 - não disputou em 58. Um alento é que, às vezes, o sofrimento tem um final feliz. Em 82, ano do tri, a Azzurra começou o Mundial sem dar muita esperança para a torcida. A classificação veio com três empates, contra Polônia, Peru e Camarões. No entanto, embalou na fase seguinte, eliminando o favorito Brasil e conquistando o título diante da Alemanha. Em 94, quando ficou com o vice, o início também foi desanimador. Já em 2006, o caminho até o quarto título teve um momento de preocupação na fase inicial. Depois de uma vitória sobre Gana na primeira rodada, a Azzurra tropeçou nos Estados Unidos com um empate, mas se salvou batendo a República Tcheca. Nesse momento eu disse para os jogadores que eles têm de ser confiantes, acreditar até o fim. Não podemos pensar no pós-competição. Estamos determinados e confiantes na vitória - pediu o treinador Prandelli.
Uruguai e seu grupo calejado
O confronto desta terça está do jeito que o Uruguai gosta. Será diante de um rival teoricamente superior, com mais grife e títulos. O adversário ainda precisa só do empate. Cenário muito semelhante ao do Maracanazo de 1950, embora a vitória diante dos brasileiros há 64 anos seja pouco citada. A Celeste fala, sim, do passado, mas do que esse mesmo grupo já mostrou ser capaz de reverter. O exemplo mais latente é o das eliminatórias. Foram cinco vitórias nas seis últimas partidas. Uma verdadeira façanha para chegar ao Mundial no Brasil. Valia tudo para tal. Até criar uma comunidade virtual em aplicativo de troca de mensagens via celular, o Whatsapp. O ambiente familiar capitaneado pelo zagueiro Lugano foi essencial. Na história das Copas, o Uruguai é pródigo na arte de sofrer. Em oito fases de grupo que disputou com quatro times e três jogos, a Celeste passou em cinco. Só em 2010 avançou para as oitavas com duas vitórias. E jamais se classificara por antecipação.  Esse grupo já deu mostras suficientes de que sabe absorver a pressão. Sabemos a nossa margem de possibilidade. É difícil, mas não é impossível - discursou Tabárez. O Maestro foi o técnico uruguaio na Copa de 1990, quando acabou eliminado nas oitavas justamente pela Itália, que estava em casa. Mas quebrar marcas é com o treinador. Ao bater a Inglaterra na quinta passada, exterminou um jejum que durava desde 1970, sem vitórias uruguaias sobre europeus em Mundiais.Até a nova geração supera recordes. José Maria Giménez é o atleta mais jovem a entrar em campo pelo Uruguai na história das Copas. Vem de elogiada atuação diante dos ingleses e novamente irá substituir Lugano, ainda em recuperação de inflamação no joelho esquerdo.Por falar em joelho esquerdo... o de Luis Suárez está 100%. Destaque do último jogo com dois gols, o astro celeste é novamente a grande esperança por uma vitória. Porque diminuir o sofrimento, nem Luisito é capaz. Está no sangue uruguaio. Assim como no DNA italiano. Que todos tenham corações fortes, portanto, a partir das 13h desta terça-feira em Natal.
Por Natal, RN

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Com Show de Neymar Brasil vence e pega Chile nas oitavas

O script estava pronto e foi seguido à risca pelos brasileiros: emoção, show da principal estrela da companhia e primeiro lugar do grupo garantido. Com dois gols de Neymar, um de Fred e um de Fernandinho, o Brasil fez 4 a 1 contra Camarões, que se despediu com gol do zagueiro Matip. O resultado foi suficiente para garantir o primeiro lugar, mesmo com a vitória do México sobre a Croácia. Agora, os brasileiros enfrentam o Chile, enquanto o México encara a Holanda. Começando com pressão sobre a saída de bola de Camarões, o Brasil teve boa chance logo aos 2 minutos. Daniel Alves recebeu lançamento na direita e cruzou rasteiro para Paulinho. O volante brasileiro chutou travado e perdeu chance clara. Aos 4 minutos, Paulinho recuou errado uma bola para Thiago Silva e o ataque camaronês roubou, chegando com perigo. David Luiz salvou. Nervoso, o time brasileiro só teve o que comemorar aos 16 minutos. Luiz Gustavo roubou a bola no campo de ataque e chegou à linha de fundo pela esquerda. O volante cruzou rasteiro e Neymar concluiu de pé direito, na pequena área. O gol deu mais confiança ao Brasil, mas não desanimou os africanos. Aos 24 minutos, após cruzamento, a bola bateu em Thiago Silva e foi no travessão. Após novo escanteio, o defensor Nyom recebeu na ponta esquerda, passou poor Daniel Alves e cruzou rasteiro. A bola passou à frente de Júlio César e chegou ao zagueiro Matip, que concluiu. O rendimento brasileiro seguia insatisfatório e as jogadas se limitavam a lançamentos longos em busca de Neymar. Aos 34 minutos, porém, o atacante recebeu passe do lateral Marcelo na frente da área, passou por dois zagueiros e chutou por baixo da perna de Matip, desempatando a partida e dando números finais ao primeiro tempo. Na segunda etapa, uma mudança deu nova cara ao Brasil: Fernandinho entrou na vaga de Paulinho e, com isso, o Brasil passou a dominar as ações no meio-campo. Era o presságio de que o Brasil conseguiria ampliar o resultado. Trabalhando a bola com autoridade, o Brasil chegou ao ataque com toda a equipe, postada no campo ofensivo e mantendo a posse com passes rápidos. Aos 4 minutos, Fernandinho pegou rebote na entrada da área após escanteio. O volante limpou um zagueiro e clareou para David Luiz, na ponta esquerda. O defensor cruzou de pé esquerdo na cabeça de Fred, que desencantou e marcou o primeiro gol na Copa.
Jefferson Bernardes/VIPCOMMFred marcou o terceiro gol da seleção brasileira sobre Camarões 
Fred marcou o terceiro gol da seleção brasileira sobre Camarões
O gol deu mais confiança ao Brasil, que seguiu dominando o jogo e dando poucas brechas para Camarões. Felipão, por outro lado, deu mais consistência defensiva ao sacar Hulk e colocar Ramires. Para evitar uma suspensão do principal jogador do time, tirou de campo também Neymar, substituído por William. O Brasil baixou o ritmo e pareceu ter ligado o alerta a saber que o México abria vantagem sobre a Croácia, ameaçando a liderança do grupo. Foi quando Fernandinho, aos 38 minutos, tabelou com Oscar e Fred, recebendo na área e mandando de bico ao melhor estilo "Ronaldo contra a Turquia". A bola entrou no canto direito de Itandje. O gol deu o alívio que precisava a seleção, com os brasilienses gritando "olé" e os jogadores comemorando a classificação.
Ficha Técnica
CAMARÕES
Itandje; Nyom, N'Koulou, Matip e Bédimo; Enoh, Niguemo e Mbia; Choupo-Moting (Makoun), Moukandjo (Edgard Salli) e Aboubakar (Webo). T.: Volker Finke
BRASIL
Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo e Paulinho (Fernandinho); Hulk (Ramires), Oscar e Neymar (Willian); Fred. T.: Luiz Felipe Scolari
Estádio: Mané Garrincha, em Brasília - Público: 69.112 presentes
Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia)
Gols: Neymar, aos 17 min, Matip, aos 26 min e Neymar aos 35 min do 1º tempo; Fred, aos 4 min e Fernandinho, aos 38 min do 2º tempo.
Cartões amarelos: Enoh, Mbia e Edgard Salli (C)
Fonte: Tribuna do Norte