O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 22 de novembro de 2014

Conhecidos os últimos Campeões da LAF 2014

Vilence/Acauã - Campeão Pré-Mirim 2014 da LAF
Vilence/Boca Júnior - Campeão Adulto 2014 da LAF
O Cruzeiro/Visão do Futuro após vencer por 2 x 0 Vilence/Acauã conseguiu a façanha de conquistar pela primeira vez o Assuense de Futsal em 2014 na categoria Pré-Mirim, e ainda levou o troféu de artilheiro com Olegário Rodrigues que marcou 12 gols na competição, o melhor goleiro foi Icáro Nauã  do Vilence/Acauã. Já o  Vilence/Boca Júnior conquistou seu primeiro título do Campeonato Assuense de Futsal adulto 2014; A conquista aconteceu na noite desta sexta-feira(21/11) no Ginásio Arnóbio Abreu; Após o Vilence empatar no tempo normal em 1 x 1 com o Cruzeiro/Assú Net, na prorrogação com gol do craque de ZIZI, o time representante da várzea venceu por 1 x 0, e fez a festa dos torcedores da comunidade de Nova Esperança presentes no Ginásio. O artilheiro no adulto masculino foi Rodolfo Matheus com 9 gols marcados, e o melhor goleiro foi Moab Silva da equipe campeã Vilence/Boca Junior. Aos torcedores, atletas, e aos amigo Edinho, e Paulo, que são dois batalhadores e que mantêm as chamas do esporte acesa nas comunidades de Nova Esperança e Panon I, meus parabéns, não só pela conquista inédita, mas, principalmente pela dedicação e responsabilidade dos que conduzem e fazem acontecer as atividades esportivas naquelas comunidades e em nosso município. Confira as imagens dos campeões.
Texto: Jota Santos/Imagem Florêncio Neto

Técnico do ABC diz não ter intenção de poupar time


Roberto Fonseca - técnico do ABC (Foto: Frankie Marcone/Divulgação/ABC)Roberto Fonseca não quer dar folga ao elenco do ABC (Foto: Frankie Marcone)

A missão de livrar o ABC do rebaixamento foi cumprida por Roberto Fonseca. A vitória por 5 a 3 sobre o já rebaixado Vila Nova, no Serra Dourada, foi comemorada com entusiasmo pelo técnico alvinegro. Contratado há 30 dias, após a demissão de Moacir Júnior, ele conseguiu ter um bom aproveitamento à frente do Mais Querido - 72,2%. Dos seis jogos que comandou, foram quatro vitórias, um empate e apenas uma derrota. No próximo sábado, o Mais Querido faz seu último jogo contra o Bragantino, no Estádio Frasqueirão. Mesmo com a permanência na Série B assegurada em 2015, o treinador afirmou que não pretende dar folga aos jogadores abecedistas e espera se reunir com a direção alvinegra na próxima segunda-feira, em Natal. Eu vou ser sincero. Não tenho qualquer intenção de poupar os jogadores no próximo jogo. Mas vamos conversar com a nossa direção para saber a programação deles e entrar num consenso para a partida, já que jogaremos em casa - disse Roberto Fonseca.
Renovação em 2015?
Quanto à possibilidade de uma renovação de contrato para o próximo ano, Roberto Fonseca afirmou que ainda é cedo para tratar deste assunto e que só deve se reunir com a direção após o término da competição.
Ainda é muito cedo para tratar sobre esse assunto. Temos um jogo para concluir o contrato e, só depois, é que iremos discutir qualquer possibilidade de permanência ou não - finalizou.
Por Natal

Após ‘teste mental’, defensores do América exaltam jogo da sobrevivência na Série B

O América entrou na 37ª rodada sonhando com uma combinação de resultados que lhe oferece a chance de chegar à última rodada em condições matemáticas de seguir na Série B na temporada 2015. A vitória por 1 a 0 sobre o Náutico-PE somada ao empate entre Bragantino-SP e Paraná deram ao clube exatamente o esperado. Na próxima rodada, o Alvirrubro encara o Paraná no jogo da “sobrevivência” na Série B. E, mesmo ainda sem ter conhecimento sobre o resultado da partida dos rivais na luta contra o descenso, os jogadores do sistema defensivo americano exaltavam a vitória que de antemão, já mantinha o time vivo na luta. Entre eles, o zagueiro Edson Rocha, um dos destaques da equipe na partida na Arena das Dunas. O jogador, inclusive, recebeu o terceiro amarelo e não poderá atuar na partida final. A mesma situação do volante Fabinho, também fora do confronto. “A equipe suportou bem a pressão, saímos com placar magro, mas que nos deu essa vitória. A gente chega diante do Paraná vivo na competição”, afirmou o jogador.
Rocha destacou, inclusive, o fato de o time enfrentar na rodada final um adversário que promete vir com uma ‘motivação’ a mais. “A necessidade de vencer é grande, Paraná não sobe, não desce, mas deve receber incentivos. Mas a gente vai tranquilo, vai procurar fazer nossa parte e sair de lá fora da zona de rebaixamento”, projetou.

(Foto: Wellington Rocha)
Edson Rocha (centro) fez grande partida contra o Náutico (Foto: Wellington Rocha)
O desejo do defensor já se configurou nesta rodada, com os rubros subindo uma posição na tabela e deixando o Z4 depois de 14 rodadas. Mas ainda não é definitivo. O time potiguar precisa vencer e esperar que o time de Bragança Paulista não promova uma goleada por mais de seis gols de diferença sobre o ABC. O volante Márcio Passos, após a vitória, falou sobre o “teste mental” para suportar a pressão em não repetir atuações de jogos passados, quando o time cedeu o resultado aos rivais, jogando em seus próprios domínios. Para ele, a vitória mantém os rubros na briga. “Vamos nessa emoção, vamos nessa toricda, a esperança nunca vai morrer e segue acesa até o final. Esse jogo contra o Náutico foi um teste mental apra nós, a gente viu a bola teimando em não entrar, e a gente tentou esquecer os filmes passados, até mesmo contra o Boa, quando a gente perdeu um caminhão de gols e acabamos sendo derrotados. Agora vamos para a última rodada e a esperança está mais acesa do que nunca”, destacou. O América ocupa atualmente a 16ª colocação com 43 pontos e com chances reais de evitar a equipe. O time enfrenta o Paraná, no próximo sábado (29), em Curitiba.
Por Bruno Araújo/Portal no Ar

Gols e Lances de Vila Nova GO 3 x 5 ABC Brasileirão B 21.11.2014

ABC vence time pré-olímpico do Vila perante 126 pagantes e se livra de vez

Uma equipe profissional contra um time praticamente pré-olímpico. Sem dificuldades, o ABC usou a superioridade física e técnica, além da experiência, para vencer o Vila Nova, que relacionou apenas um jogador com mais de 22 anos e pagou caro. O Alvinegro até saiu atrás no placar, mas reagiu rápido, virou ainda no primeiro tempo e derrotou o Tigre por 5 a 3, no estádio Serra Dourada, em jogo válido pela 37ª rodada da Série B. Samuel, Diego Jussani, Ronaldo Mendes, Madson e João Paulo fizeram os gols do triunfo potiguar. Mateus Anderson, Felipe Macena e Ítallo marcaram para os goianos. Paulinho, de 27 anos e o mais velho do Vila, passou em branco diante dos 126 pagantes - menor público da Segundona em 2014. Com a vitória, o ABC foi a 48 pontos, pulou para o 12º lugar, ao menos até o complemento da rodada, e afastou qualquer ameaça. Já rebaixado, o Vila segue no 19º lugar com 29. Os dois clubes se despedem da competição no outro sábado (29), às 16h20. O Alvinegro recebe o Bragantino no Frasqueirão, enquanto que o Tigre pega a Portuguesa no Canindé.
Vila Nova x ABC no Serra Dourada (Foto: Cristiano Borges/O Popular) 
Paulinho recebe a bola cercado de perto pela
marcação potiguar (Foto: Cristiano Borges/O Popular)
Virada após susto
No início da partida, o ABC até chegou a levar um susto. Aos 11 minutos, a defesa potiguar vacilou, e Mateus Anderson conseguiu aproveitar. O meia mostrou calma para limpar a jogada, esperar o goleiro Gilvan cair e abrir o placar para o Vila Nova. No entanto, logo ficou claro que o Tigre, repleto de garotos da base, não poderia fazer frente ao ABC. O empate demorou apenas três minutos. Samuel recebeu bom passe de João Paulo na área e deixou tudo igual. Aos 21, Diego Jussani se antecipou à zaga na primeira trave e completou de cabeça a cobrança de escanteio para virar. Aos 31, o Alvinegro fez bela jogada trabalhada, e Ronaldo Mendes apareceu na área para testar e ampliar: 3 a 1.
Chuva de gols
Na etapa final, um temporal caiu no Serra Dourada. A princípio, a forte chuva diminuiu o ímpeto dos dois times, que ficaram mais cautelosos no gramado encharcado. Porém, ambos se soltaram e voltaram a balançar as redes mais quatro vezes no total. Com gols de Madson e João Paulo, o ABC sacramentou a vitória, ainda que também tenha sofrido dois, anotados para o Vila por Felipe Macena e Ítallo. O resultado livrou de vez o Alvinegro do perigo e manteve o calvário do Tigre, já rebaixado.
Por Goiânia

Gol - América-RN 1 x 0 Náutico - Série B 2014 - 21/11/2014

América-RN vence Náutico, sai do Z-4 e se mantém vivo na Série B

Missão cumprida. Precisando da vitória para se manter vivo na briga contra o rebaixamento, o América-RN venceu o Náutico por 1 a 0 frente aos mais de 15 mil torcedores presentes na Arena das Dunas, na noite desta sexta-feira, e segue com chances de escapar da degola na última rodada da Série B. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Rodrigo Pimpão, que estava em posição irregular no lance. O placar foi garantido ainda no primeiro tempo. Após bom cruzamento de Wanderson pela esquerda, Max cabeceou forte e Júlio César não conseguiu encaixar. No rebote, Rodrigo Pimpão - que estava em posição de impedimento - empurrou para as redes e definiu os números do jogo. Com 43 pontos e na 16ª posição, agora o América-RN tem pela frente o Paraná na última rodada. O jogo será no Estádio Durival Britto, no dia 29, às 16h20 (horário de Brasília). No mesmo dia e horário, o Náutico, na 11ª colocação, recebe a Ponte Preta, que ainda luta pelo título da Série B. A partida acontece na Arena Pernambuco.
Rodrigo Pimpão, atacante do América-RN (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com) 
Rodrigo Pimpão comemora seu 15º gol na Série B
(Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)
O jogo
Só deu América-RN no primeiro tempo. Precisando da vitória para se manter vivo na briga contra o rebaixamento, o time de Roberto Fernandes começou pressionado o adversário na Arena da Dunas. Aos três minutos de jogo, Rodrigo Pimpão invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado. A bola explodiu na trave, percorreu toda a linha do gol de Júlio César e não entrou. E quando entrou, o árbitro anulou o gol de Max, apontando impedimento do atacante. O Mecão ganhava todas as disputas de bola e o Náutico não conseguia chegar com perigo ao gol de Andrey. Antes de abrir o placar, o Alvirrubro potiguar ainda acertou outra bola na trave em mais uma boa cabeçada do "Homem de Pedra". E o gol, irregular, mas confirmado pelo árbitro Pathrice Wallace Correa Maia, veio pelos pés do artilheiro Rodrigo Pimpão. Após cruzamento na área, Max cabeceou e no rebote do goleiro, Pimpão empurrou para dentro. O vice-artilheiro da Série B, agora com 15 gols, estava em posição de impedimento e o juiz não viu. O clima esquentou após a falta dura cometida por Gaston Filgueira no início da segunda etapa, que começou com muitos passes errados e uma pressão maior do Timbu. As faltas também aumentaram, pior para o time de Natal, que perdeu o capitão Edson Rocha e o volante Fabinho para a última rodada; os dois tomaram o terceiro cartão amarelo. Aos 20 minutos, Roberto Fernandes resolveu recuar o time, colocando o volante Neto no lugar de Daniel Costa. O Náutico respondeu e foi pra cima. Aos 30 minutos, Marinho recebeu passe na entrada da área, bateu forte e a bola passou raspando a trave de Andrey. O time pernambucano ainda imprimiu uma pressão no final, mas o placar não foi alterado.
Por Natal

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Hoje tem decisão no Futsal Assuense

HOJE A NOITE NO GINÁSIO ARNÓBIO ABREU ACONTECE AS FINAIS DO CAMPEONATO ASSUENSE DE FUTSAL NAS CATEGORIAS PRÉ-MIRIM E ADULTO MASCULINO 2014, COM OS SEGUINTES CONFRONTOS: NO PRÉ-MIRIM – 19:45 – VILENCE/ACAUÃ X CRUZEIRO/ASSU NET E NO ADULTO VILENCE/BOCA JÚNIOR BANFRUT X CRUZEIRO/ASSÚ NET, ONTEM NAS SEMI-FINAIS DO ADULTO, O VILENCE/BOCA JUNIOR EMPATOU EM 4 X4 COM O CORINTHIANS, E GARANTIU CLASSIFICAÇÃO PARA FINAL, NO SEGUNDO JOGO DA NOITE, CRUZEIRO/ ASSÚ NET 6 X 5 ESCOLINHA TUPÃ/DINAMARCA EM UM JOGO EMOCIONANTE DE SE VER NO GINÁSIO ARNÓBIO ABREU. JÁ NAS SEMI-FINAIS DO PRÉ-MIRIM, O VILENCE/ACAUÃ GOLEOU SEU ADVERSÁRIO PRISIACA/CESA POR 4 X 2, E O CRUZEIRO/VISÃO DO FUTURO TAMBÉM HAVIA GOLEADO PELO PLACAR DE 5 X 0 O UNIÃO/ESCOLINHA BATISTA, COM A PRESENÇA MARCANTE DE AMIGOS E FAMILIARES DESSA GAROTADA QUE TEM UM FUTURO PROMISSOR. ACREDITO EU QUE COM A TRANSMISSÃO DA RÁDIO PRINCESA DO VALE EQUIPE 1480, O GINÁSIO ARNÓBIO ABREU DEVERÁ SER CASA CHEIA, ATÉ PORQUÊ O PÚBLICO QUE TEM IDO ASSISTIR AOS JOGOS DESSAS CATEGORIAS TEM APROVADO, E DESFRUTADO DE UM BOM NÍVEL DE FUTSAL, ALÉM DISSO, A ORGANIZAÇÃO DA LAF-LIGA ASSUENSE DE FUTSAL É O DIFERENCIAL NAS COMPETIÇÕES NESTE ANO DE 2014.
                                VILENCE/BOCA JUNIOR (BUSCA TÍTULO INÉDITO)
                                             CRUZEIRO/ASSÚ NET(BUSCANDO O BI)
                               CRUZEIRO/VISÃO  BUSCA 1º TÍTULO NO -PRÉ-MIRIM
                                                             VILENCE/ACAUÃ TAMBÉM
TEXTO E IMAGEM: JOTA SANTOS

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Zagueiro do ABC lembra fator extracampo e pede atenção com Vila

Com a vitória sobre o Ceará, o ABC chegou aos tão planejados 45 pontos e reduziu as chances de rebaixamento na Série B para 1%. No entanto, o treinador Roberto Fonseca garante que ainda não estará completamente tranquilo até somar pelo menos mais dois pontos. A próxima chance de pontuar será nesta sexta-feira contra o já rebaixado Vila Nova. O jogo é válido pela penúltima rodada do Brasileirão. A situação do adversário, contudo, não traz o sentimento de "já ganhou". Ao contrário, desperta mais atenção para o zagueiro Diego Jussani, que lembra do fator extracampo e até chega a insinuar a possibilidade do time goiano receber a famosa "mala branca", um incentivo financeiro dado por outro clube que briga contra o rebaixamento para que os jogadores entrem em campo com mais "vontade".
Diego Jussani - zagueiro do ABC (Foto: Frankie Marcone/Divulgação/ABC) 
Diego Jussani quer vitória sobre o Vila Nova para garantir
permanência (Foto: Frankie Marcone/Divulgação/ABC)

É outro jogo difícil, outra situação que foge do fator campo. São muitas coisas, muita motivação, a situação é diferente. Os caras (do Vila Nova) já estão rebaixados, mas a gente sabe que outros times conversam com eles: 'Ajuda a gente aí...'. Pode acontecer muita coisa, mas a gente vai sabendo o que vai enfrentar e agora é descansar porque tem pouco tempo - lembrou o zagueiro. Além de brecar o ataque do Vila, Jussani pode ser uma boa arma também no ataque. O zagueiro vem treinando cobranças de falta com frequência e contra o Ceará acertou uma bola na trave. Na oportunidade, a bola ainda tocou nas costas do goleiro Luís Carlos e saiu pela linha de fundo. Eu saí comemorando a falta e a bola não entrou. Mas, paciência... A gente tem treinado todo dia e tem que ter a calma necessária para executar esse trabalho. Se Deus quiser, ainda vai entrar nestes últimos jogos - disse. Para o defensor alvinegro, será preciso paciência, além de muito fôlego para vencer o Vila Nova no Serra Dourada. O estádio tem o maior campo do Brasileirão, com cinco metros a mais de comprimento e sete metros a mais de largura do que o padrão hoje recomendado pela Fifa. De vantagem para o Mais Querido, a promessa de um público pequeno, considerando o rebaixamento da equipe goiana. Que a gente tenha a paciência que teve na Arena (das Dunas), porque é um jogo totalmente diferente, com campo maior, na casa do adversário onde, embora, não terá torcida porque os caras estão rebaixados - finalizou.

Por Natal

América-RN anuncia ingressos a R$ 5 para jogo decisivo contra o Náutico


Arena das Dunas - América-RN (Foto: Canindé Soares)Com ingressos baratos, expectativa é casa cheia contra o Náutico(Foto:Canindé Soares)

Ainda com chances de escapar da degola, o América-RN tem mais uma decisão nesta sexta-feira, em partida válida pela penúltima rodada da Série B. O empate dramático com a Ponte Preta manteve o Alvirrubro vivo na briga contra o rebaixamento e a diretoria do Mecão decidiu disponibilizar ingressos promocionais para o jogo contra o Náutico. Os bilhetes custam entre R$ 5 e R$ 70, e já estão disponíveis para compra no site da Arena das Dunas. A partir desta quinta-feira, os ingressos serão vendidos também na sede do América -RN, localizada na Rua Miguel Barra, no Tirol, e ainda na América Store Móvel, no Shopping Via Direta. Na sexta-feira, dia do jogo, os torcedores americanos podem efetuar a compra na Bilheteria 2 (Portão L) do estádio, a partir das 11h. Os torcedores do Náutico devem se dirigir à Bilheteria 01 (Portão T). Com 40 pontos, o Mecão ocupa a 17ª posição e precisa vencer os dois jogos que disputará para escapar do rebaixamento. O Náutico tem 49 pontos, na 11ª posição, e já não tem chances de chegar ao G-4. O confronto acontece na Arena das Dunas, em Natal, e começa às 19h30 (horário local).
Preços
Setor Leste: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia)
Setores Norte e Sul:  R$ 10 (inteira) / R$ 5 (meia)
2º Anel Noroeste - Visitante: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia)
Cadeira Premium: R$ 70 (inteira) / R$ 35 (meia)
Por Natal

Copa do Nordeste Sub-20 é cancelada pela CBF

CBF determinou o cancelamento da competição (Foto: Reprodução)
CBF determinou o cancelamento da competição
Prevista para começar neste domingo (23), em Pernambuco, a primeira edição Copa do Nordeste Sub-20 foi cancelada. O anúncio foi feito através de ofício enviado às Federações e aos clubes participantes. De acordo com o documento, assinado por Manoel Flores, Gerente de Operações da Diretoria de Competições da CBF, os motivos que levaram a essa decisão estão relacionados à duas questões. A primeira, à  impossibilidade de aplicação do programa “Todos com Nota”, do Governo do Estado de Pernambuco, na parceria com a Federação Pernambucana, que custeia todas as despesas da  competição. Já à segunda, ao fato de que apenas cinco, dos 20 clubes participantes, enviaram as listas de atletas, o que, segundo o ofício, seria obrigatório para as questões logísticas. Sendo assim, a Confederação Brasileira de Futebol  determinou a suspensão da competição que teria Potiguar e América de Natal como representantes do nosso estado. Leia o ofício  AQUI.
Presidente critica poisção da CBF via Twitter
A suspensão da primeira edição da Copa do Nordeste Sub-20, quatro dias antes de sua realização, irritou bastante a diretoria do Potiguar. Após o recebimento do ofício, expedido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o presidente do clube, Jorge do Rosário, expressou o seu sentimento de indignação com essa situação. Através de sua conta no Twitter, Jorge lamentou  o fato, ressaltando o desrespeito e a  falta de compromisso da entidade com os clubes.
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter
Artur Rebouças/F9.net.br


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Série B: Vasco tem 99% de chance de subir, e Icasa fica perto da queda


Tabela chances Série B (Foto: Editoria de arte)
A vitória de virada por 3 a 1 sobre o Vila Nova deixou o Vasco muito perto de confirmar o seu retorno à elite do futebol brasileiro a duas rodadas do fim da Série B. De acordo com os cálculos do  matemático Tristão Garcia, o clube carioca, que está na terceira posição, já tem 99% de chance de acesso. Basta um simples empate no próximo sábado, às 16h20, no Maracanã, contra o Icasa, que luta desesperadamente para não cair. Tudo vem dando certo para o Vasco nos resultados paralelos. Mesmo com alguns tropeços, nas últimas rodadas seus concorrentes diretos perderam pontos - afirma Tristão. Enquanto isso, a briga pela quarta e última vaga na elite reúne Boa Esporte, Atlético-GO e Avaí, empatados na tabela com 56 pontos. Porém, a vantagem no número de vitórias (17) leva o time mineiro a despontar como favorito, com 37% de chance (veja probabilidades na tabela acima). Segundo Tristão Garcia, Sampaio Corrêa (1%) e Santa Cruz (1%) não estão completamente descartados da briga, mas têm possibilidades remotas. Joinville e Ponte Preta já tiveram suas vagas garantidas e agora disputam o título, com vantagem para o JEC, que lidera com 69 pontos e tem 74% de chance de ser campeão, contra 26% do time de Campinas, que tem 68 pontos. Os times são muito nivelados e muito provavelmente só na última rodada teremos a definição do quarto classificado. Lembrando que se o América-MG não tivesse perdido seis pontos, o clube estaria com 61 pontos, e o G-4 estaria praticamente definido - analisa Tristão. Na parte de baixo da tabela, dois rebaixados já estão definidos - Portuguesa e Vila Nova-GO -, enquanto cinco times duelam para escapar das duas vagas restantes. O Icasa tem 39 pontos e 95% de chances de cair. Na 17ª colocação, com 40, o América-RN tem 75%. Apenas dois pontos acima da zona da degola, o Bragantino ainda está ameaçado, com 26%. Situação mais tranquila vivem Oeste (45 pontos e 3% de chance de cair) e ABC (45 pontos, 1%). Mesmo que vença os dois jogos restantes, o Icasa vai depender de outros resultados. Como o Oeste já tem 45 pontos, o América-RN também tem que vencer as duas últimas partidas - afirma Tristão.
Info COLOCAÇÃO FINAL dos times na Série B desde 2006 (Foto: Infoesporte)

Por Rio de Janeiro

LAD - Competição Sênior 2014 - Boletim 002

10º CAMPEONATO AÇUENSE DE FUTEBOL SÊNIOR 2014 (Ano Base 1977)
BOLETIM Nº 002
RESULTADOS
Dia 15/11 - Sab - Jogo 04 – Frutilândia 1x3 Dinamarca
Gols de Antonio Cesar para o Frutilândia e Jodivan Estanislau, João Batista Filho e Francisco Janilson para a Dinamarca.
Dia 15/11 - Sab - Jogo 05 – CSA 6x2 Baixada Fluminense
Gols de Marcelo Lopes, Gercino Paulino, Francisco Roberto (2) e Clodoaldo Ferreira (2) para o CSA e Roberto Carlos (2) para a Baixada Fluminense.
Dia 15/11 - Sab - Jogo 06 – Cruzeiro Morada Nova 0x4 ABC da Mutamba
Gols de Elcimar Dantas (3) e Aldemir Ferreira para o ABC.
ARTILHARIA
Atleta
Clube
Gols
Francisco Roberto
CSA
3
Elcimar Dantas
ABC
3
Francisco Janilson
Dinamarca
2
Roberto Carlos
Baixada
2
Clodoaldo Ferreira
CSA
2
Gercino Paulino
CSA
2
Aldemir Ferreira
ABC
2
CLASSIFICAÇÃO
CHAVE ÚNICA
PONTUAÇÂO
1. CSA
6pts / 6gs
2. Dinamarca
6pts / 3gs
3. ABC da Mutamba
3pts / 2gs
4. Frutilândia
1pt / -2gs
5. Baixada Fluminense
1pt / -4gs
6. Cruzeiro Morada Nova
0pt /-5gs
PRÓXIMOS JOGOS
Data
Dia
Horário
Jogo
Confronto
22/11
Sab
15h30m
07
Cruzeiro Morada Nova x Frutilândia
22/11
Sab
17h10m
08
Baixada Fluminense x ABC da Mutamba
22/11
Sab
18h30m
09
CSA x Dinamarca
Assú – RN, 19 de novembro de 2014.
Francisco das Chagas Soares
Presidente

Fonseca refaz cálculos no ABC: "Mais dois pontos e fecha a conta"


Roberto Fonseca, técnico do ABC (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)Roberto Fonseca comemora vitória sobre o Ceará (Foto: Augusto Gomes/GE.com)

A vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, na noite da última terça-feira, aliviou comissão técnica, jogadores e torcedores do ABC nesta reta final da Série B. Faltando apenas duas rodadas para a conclusão do Brasileirão, o Alvinegro deu um passo importante para a permanência na Segundona. Com 45 pontos, o Mais Querido ocupa a 14ª posição na classificação geral, mas ainda não se livrou totalmente do risco de rebaixamento. Com o acirramento na parte inferior da tabela, o treinador Roberto Fonseca refez as contas e quer mais dois pontos para consolidar a permanência. Se conquistar apenas um, pode ser que precise comparar número de vitórias e saldo de gols.
- Para ter a tranquilidade, precisamos de mais dois pontos. Aí sim, você fecha a conta. Sem estes dois pontos, você vai esperar até o final. Mas é claro que a vitória dá ânimo. Ganhamos do Ceará, aumentamos nosso número de vitórias, primeiro critério de desempate. Demos um passo importante. Se nós não perdermos as duas próximas partidas, estamos garantidos - falou. Esta pontuação desejada pelo treinador pode ser alcançada na próxima sexta-feira, diante do rebaixado Vila Nova. O jogo será realizado no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Para Roberto Fonseca, é a "sexta decisão" desde que assumiu o comando da equipe. Em cinco jogos, o retrospecto conta com três vitórias - todas em casa -, um empate e uma derrota. Em três partidas em casa, tomamos apenas um gol, com o atacante impedido. São 10 pontos desde que eu cheguei e a gente continua pensando em pontos. Estamos com um aproveitamento maravilhoso. Se o ABC não tivesse esse aproveitamento de 100% em casa, poderia ter crítica. A gente sabe o que está fazendo e o torcedor pode ficar tranquilo que vamos tirar o ABC desta zona de confusão - concluiu.
Por Natal

Técnico do Mecão diz que empate com a Ponte "pode fazer diferença"


Roberto Fernandes, técnico do América-RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Roberto Fernandes festejou ponto conquistado fora de casa (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

O América-RN desembarcou na tarde desta quarta-feira em Natal, após o empate em 2 a 2 com a Ponte Preta, que deu esperança ao time alvirrubro. Restam dois jogos para o fim da Série B do Campeonato Brasileiro e o técnico Roberto Fernandes analisou o resultado com otimismo. Com 40 pontos, o Mecão ainda está na zona de rebaixamento, na 17ª colocação. Para o treinador Roberto Fernandes, o ponto conquistado fora de casa e contra um clube que disputa o título da competição "pode fazer diferença" nesta reta final. Eu acho que esse ponto pode fazer diferença mais para a frente. É claro que, pela nossa situação, o ideal seria a vitória. A equipe jogou para buscar a vitória, só que nós jogamos na casa da equipe que está na briga pelo título. Foi um jogo difícil e as duas equipes tiveram chances de vitória e a gente acaba somando um ponto que pode ser fundamental nesses dois jogos finais - explicou. Nesta quinta-feira, o América-RN realiza um treino fechado para a imprensa na Arena das Dunas, palco do jogo contra o Náutico, nesta sexta, às 19h30 (horário de Brasília). Para esse jogo, o time terá o retorno do lateral-esquerdo Wanderson, liberado pelo departamento médico após um corte no olho esquerdo, e os atacantes Isac e Max, que cumpriram suspensão na última rodada. A única ausência é o volante Judson, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra a Ponte Preta. A atividade está marcada para as 16h.
Por Natal

De volta ao Potiguar, Wassil garante que está com a mesma motivação

O novo comandante alvirrubro chega a Mossoró nesta semana para tratar com a diretoria sobre o planejamento da próxima temporada e nomes de possíveis reforços para 2015. Desde a primeira passagem de Wassil(Foto) pelo Potiguar, já se vão nove anos. O novo comandante alvirrubro chega a Mossoró nesta semana para tratar com a diretoria sobre o planejamento da próxima temporada e nomes de possíveis reforços para 2015. Em contato com a reportagem, Wassil garante que segue com a mesma motivação de antes. “Vai passando os anos e vai ficando um pouco mais experiente, até melhorando mais. Futebol você aprende todos os dias. Nunca relaxo, procuro sempre estar me atualizando para não ficar para trás. Apesar de as vezes a idade ir passando, o importante é estar se atualizando para poder dar continuidade a sua carreira e buscando trabalhar. Futebol vive de resultados e a gente procura fazer. Estou um pouco mais experiente e estou com a mesma vontade e motivação. Na hora que perder a motivação eu paro”, comentou. Questionada a sua opinião sobre o fracasso do Potiguar nas competições que disputou neste ano, Wassil acredita que o primeiro momento, de definir comissão técnica e contratações, é fundamental. “Eu acho que a hora de formar, de trazer o treinador e os jogadores é tudo. Na hora que você erra, já dificulta, aí você fica tentando acertar e geralmente é complicado. Por isso temos que sentar e conversar bastante para chegar e trazer jogadores competitivos, comprometidos com aquilo que vai fazer em Mossoró para formar uma equipe forte e buscar os resultados. Você não acerta 100%, mas tem que acertar 80% a 90%”, disse. Wassil afirmou também que deve dar chance a alguns jogadores da base do Potiguar na equipe profissional. “Tenho alguns nomes de jogadores, alguns que ficaram no Estadual e alguns garotos da base. Então vamos procurar ver esses jogadores e fazer uma equipe forte e competitiva para buscar colocar o Potiguar numa condição de ter o segundo semestre para trabalhar”, finalizou.
A pré-temporada do Potiguar deve iniciar no dia 15 de dezembro.
Ramon Nobre – Da Redação/Gazeta do Oeste

ABC 1 x 0 Ceará ~ Brasileirão 2014 ~ Série B ~ 18/11/2014 HD ~ É GOL

Ponte Preta 2 x 2 América-RN ~ Brasileirão 2014 ~ Série B ~ 18/11/2014 ~...

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Pênalti polêmico estraga festa pronta da Ponte e faz o América-RN respirar

A Ponte Preta sentiu por pouco mais de 30 minutos o sabor de estar de volta à liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Foi esse o período que durou desde o gol de Tomás, que deu ao Boa Esporte a vitória por 1 a 0 sobre o Joinville, e o de Arthur Maia, que garantiu o empate do América-RN por 2 a 2, nesta terça-feira à noite, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 36ª rodada. O placar, porém, ficou em segundo plano diante da atuação decisiva do árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão. A marcação de um pênalti polêmico a favor dos potiguares, de Alexandro no goleiro Andrey, aos 44 minutos da etapa final, transformou o apitador goiano no personagem central da partida. A atitude revoltou os pontepretanos, que não fizeram questão alguma de esconder a indignação. Os dois gols de Rafael Costa, vice-artilheiro da Macaca na Série B, e o de Daniel Costa, ainda no primeiro tempo, serão pouco lembrados numa noite em que a Ponte esperava recuperar a ponta da tabela da Série B. A expectativa era tão grande quanto a indignação ao final da partida. Até Márcio Della Volpe, presidente normalmente comedido nas palavras, se exaltou com o árbitro. Invadiu o campo com o dedo em riste e prometeu ir até o fim para buscar uma punição ao juiz. A torcida se despediu com um grito de vergonha. Mesmo assim, a Ponte segue a perseguição ao Joinville no sábado, às 16h20, quando encara o América-MG, novamente no Majestoso. O JEC terá no mesmo dia e horário o Luverdense, em casa. A vitória pontepretana, aliada a um tropeço do rival, será suficiente para o time campineiro retomar a primeira colocação da Série B (a diferença caiu para um ponto, 69 contra 68).
Andrey goleiro América-RN (Foto: Rodrigo Villalba) 
Andrey foi personagem do principal lance do jogo:
azar da Ponte, sorte do Mecão (Foto: Rodrigo Villalba)
Por outro lado, o América-RN ainda vive situação complicada, apesar do valioso ponto ganho em Campinas. Agora com 40 pontos, o time potiguar está na zona de rebaixamento, dois abaixo do Bragantino. O time volta a campo na sexta-feira, às 19h30, contra o Náutico, na Arena das Dunas, em Natal. A vitória é fundamental para não se complicar na briga contra a degola. Qualquer outro resultado, e uma combinação desfavorável de resultados envolvendo Braga, Oeste e ABC, pode até derrubar o Dragão para a Série C.
O jogo
Apesar de entrar com três mudanças em relação à derrota para o Joinville, a Ponte tomou a iniciativa do jogo, principalmente por ter o apoio da torcida no Majestoso. E as novidades no time de Guto Ferreira apareceram no primeiro tempo. Raphael Silva chegou a balançar as redes, de cabeça, mas o árbitro anulou marcando falta do ataque no goleiro Andrey. Rafael Costa, a outra troca, foi o responsável pelo gol da Macaca, aproveitando passe de Bryan em um arremate forte. Depois foi a vez de Daniel, substituto do capitão Roberto, ter seu momento de destaque. Primeiro o arqueiro da Macaca defendeu com a ponta dos dedos o voleio de Daniel Costa – antes tinha visto a cobrança de falta de Arthur Maia parar no travessão. Em seguida, porém, viu o mesmo Daniel acertar o canto direito e empatar para o Mecão. As mexidas de Roberto Fernandes ainda na primeira etapa equilibraram o duelo. Na etapa final, a Ponte voltou com Alexandro no lugar de Cafu. Apesar de perder em velocidade, o time ganhou maior poder ofensivo. E o Macacão teve a chance logo no início, mas bateu por cima do gol. Em seguida, Cajá obrigou Andrey a salvar o chute no canto esquerdo. Acuado, o América-RN tinha duas maneiras de chegar ao ataque: nos contra-ataques e nos erros da equipe da casa. Foi nessa segunda que Rodrigo Pimpão chutou com curva para defesa de Daniel. A noite, porém, era de Rafael Costa. No lugar certo, o atacante teve o trabalho de cabecear para o gol vazio após Roni forçar Andrey a defender uma pancada de dentro da área. Mas no final o árbitro apareceu em cena ao marcar uma penalidade aos 44 minutos contra a Ponte. Arthur Maia deslocou Daniel e garantiu o empate para revolta da torcida.
Ficha Técnica
Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Cartões amarelos: Neto (América)
Ponte Preta: Daniel, Rodnei, Tiago Alves, Raphael Silva e Bryan; Fernando Bob, Roni, Juninho e Renato Cajá, Rafael e Cafu. Técnico: Guto Ferreira.
América: Andrey, Walber, Cléber, Édson Rocha e Márcio Passos; Judson, Fabinho (Daniel Costa), Neto (Alekito) e Arthur Maia; Emerson (Alfredo) e Rodrigo Pimpão. Técnico: Roberto Fernandes.

Por Campinas, SP