O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

quarta-feira, 4 de março de 2015

América perde o jogo e a liderança na Copa do Nordeste



O América não conseguiu segurar o Vitória/BA e acabou sendo derrotado por 3x1, na noite dessa quarta-feira (4), em partida válida pela Copa do Nordeste. Com o resultado, aconteceu uma inversão na classificação do grupo A. Agora, os baianos são os líderes, com nove pontos e a equipe potiguar caiu para a segunda colocação, com seis pontos. Os gols foram marcados por Euller, Neto Baiano e Rhayner, para os visitantes, enquanto Edson Rocha anotou para os potiguar.
Adriano AbreuO time baiano venceu o Alvirrubro pelo placar de 3 a 1, na Arena das Dunas 
O time baiano venceu o Alvirrubro pelo placar de 3 a 1,
na Arena das Dunas
Agora, o América volta suas atenções para o Campeonato Estadual, quando recebe o Força e Luz, na Arena das Dunas, domingo. Com uma escalação, no papel, defensiva, já que entrou em campo com quatro zagueiros, o América surpreendeu o Vitória, atacando e buscando o gol desde os primeiros minutos de jogo. Mas as ausências, principalmente de Cascata, dificultavam o trabalho rubro, já que o desentrosamento era visível. E foi se aproveitando de uma falha de posicionamento que os visitantes abriram o placar, logo aos 11 minutos. O lateral esquerdo Euller tabelou com Neto Baiano e recebeu quase na pequena área, apenas para tocar na saída de Busatto e abrir o placar. Felizmente para os americanos, o susto demorou pouco tempo. Três minutos depois, o zagueiro Edson Rocha aproveitou cobrança de escanteio, subiu mais que a defesa do Vitória e cabeceou com força, para empatar. O jogo caiu em termos de ataques e o América só voltou a assustar o Vitória aos 35 minutos, quando Thiago Potiguar chutou de fora da área, a bola desviou e quase enganava o goleiro Fernando Miguel, que fez a defesa no reflexo, impedindo o segundo gol americano. A primeira metade do segundo tempo foi toda dominada pelo América, que criou várias chances de virar o placar. A primeira foi com Álvaro, que tabelou com Max e chutou rasteiro. A bola bateu na trave e não entrou. Na sequência, foi a vez de Gilmar receber na área e chutar forte, alto, para a grande defesa de Fernando Miguel. A pressão americana aumentava, com jogadas de bola parada, que sempre levavam perigo ao gol do Vitória. Mas, experiente, os visitantes conseguiam suportar a pressão americana e começaram a sair para o jogo, buscando, na velocidade, surpreender os donos da casa. E um desses lances, Vander dominou na área e chutou alto, quase marcando o segundo gol baiano. O América ainda pressionou, tentando o gol da Vitória, sem sucesso. O Vitória, que pouco fez durante o segundo tempo, conseguiu dois gols e a vitória. Aos 42 minutos, Neto Baiano cobrou falta para marcar o segundo gol dos visitantes. Já nos acréscimos, Busatto foi para a área adversária tentar cabecear, a bola ficou para o time baiano, que no contra-ataque, marcou o terceiro, através de Rhayner, que chutou de quase do meio de campo, para um gol sem goleiro do América, para dar números finais a partida.
Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário