O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 23 de maio de 2015

PORTUGUESA É CAMPEÃ DAS COMUNIDADES RURAIS 2015.

Portuguesa ganhou o torneio inicio e o Campeonato das Comunidades 2015
A  FINAL DO CAMPEONATO DAS COMUNIDADES RURAIS 2015 ACONTECEU  NA TARDE DESTE SÁBADO NO ESTÁDIO "EDGAR BORGES MONTENEGRO" EDGARZÃO EM ASSÚ/RN. A PORTUGUESA DA LAGOA DO FERREIRO VENCEU O LARANJINHA DO PANON I POR 2 X 0, COM GOLS DE ALISON DIEGO AOS 17 MINUTOS, E ADÍLIO ROMERITO AOS 24 MINUTOS DO PRIMEIRO DA PARTIDA, SENDO QUE A PORTUGUESA COMANDOU O MEIO DE CAMPO, TANTO NA ETAPA INICIAL QUANTO NO SEGUNDO TEMPO DE JOGO, E MERECIDAMENTE CONQUISTOU FÁCIL A COMPETIÇÃO, ESSA É MINHA LEITURA DO JOGO, E ACREDITO QUE QUEM ESTAVA NO EDGARZÃO TAMBÉM VIU O LARANJINHA APENAS ASSISTIR A PORTUGUESA JOGAR. A COORDENAÇÃO INFORMOU QUE FORAM REALIZADOS 34 JOGOS, MARCADOS 74 GOLS, SENDO APLICADOS 88 CARTÕES AMARELOS, E 13 VERMELHOS, A PORTUGUESA TEVE O MELHOR ATAQUE COM 15 GOLS, E LARANJINHA COM 13, A PORTUGUESA SOFREU APENAS 2 GOLS, E  O ARTILHEIRO WEDSON DA SILVA BALANÇOU AS REDES ADVERSÁRIAS 5 VEZES. A COMUNIDADE ESTÁ EM FESTA NESTE MOMENTO.

Texto e Imagem: Jota Santos

Jadson André curte reconhecimento e mira bom resultado nas Ilhas Fiji

Antes de embarcar para a disputa da quinta etapa da Liga Mundial de Surfe, nas Ilhas Fiji, Jadson André achou uma brecha no calendário para descansar ao lado da família em Natal. O surfista potiguar curte o bom momento da carreira e da superexposição do esporte, que atraiu a atenção de milhares de pessoas na etapa brasileira do circuito, no Rio de Janeiro. Motivo de orgulho para o Rio Grande do Norte, ele começa a ser reconhecido nas ruas por um público que não costuma acompanhar suas manobras. Estamos conquistando mais espaço de uma maneira geral, não só na mídia. As pessoas estão começando a nos reconhecer mais. Acredito que eu nunca tinha sido tão assediado como fui agora na minha chegada no aeroporto. Este é o objetivo. É continuar trabalhando e crescer cada vez mais - declarou.
Jadson André - surfsta - WSL (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Jadson gosta de surfar nas Ilhas Fiji e espera surpreender (Foto:Inter TV Cabugi)
Atual 14° colocado no ranking mundial, Jadson ficou em quinto lugar no Rio Pro. Perdeu para o outro representante do RN na elite do surfe, Ítalo Ferreira, nas quartas de final. O potiguar viaja para as Ilhas Fiji no dia 26. A quinta etapa da temporada tem início no dia 7 de junho e Jadson terá uma "pedreira" logo na estreia. Ele encara o atual campeão mundial Gabriel Medina e o australiano Adam Melling. Apesar disso, espera conquistar um bom resultado. É o estilo de onda que eu mais gosto. Todo mundo sabe que gosto de surfar onda pesada, tubular para a esquerda. E se Fiji estiver do jeito que a gente espera, pode ser que esta etapa fique com o Brasil novamente - concluiu.
Por Natal

Modificado, ABC recebe a Luverdense no Frasqueirão

A semana foi complicada no ABC. O time perdeu em casa para o Paysandu e acabou sendo eliminado na Copa do Brasil. Por causa do resultado, o técnico Josué Teixeira foi demitido e seu substituto ainda não foi contratado. Quem vai comandar o time na partida de hoje, às 21h, contra o Luverdense/MT, pela terceira rodada da série B, é o interino Ademir Fesan. E é ele que vai ter a responsabilidade de devolver a tranquilidade para o time e clube, nesse momento conturbado em que o Alvinegro atravessa.
Adriano AbreuO atacante Fabinho Alves foi confirmado por Ademir Fesan como companheiro de Kayke no ataque 
O atacante Fabinho Alves foi confirmado por Ademir Fesan
como companheiro de Kayke no ataque
Essa vai ser a segunda vez que Fesan vai assumir o comando do time na atual temporada. Na primeira, ele ficou como interino logo após a demissão de Roberto Fonseca, ao término do primeiro turno do campeonato estadual. Foram três jogos, com três vitórias e a admiração por parte do torcedor. Naquela ocasião ele fez algumas alterações na equipe titular que acabaram surtindo efeito positivo, principalmente por tornar o time mais ofensivo. E é o que parece que vai acontecer hoje. O atacante Fabinho Alves, que foi barrado nos dois últimos jogos pelo então técnico Josué Teixeira, tem retorno garantido ao time titular. O próprio Fesan adiantou a escalação dele. “O Fabinho tem muitas condições, sim, de jogar, pela qualidade que ele tem”, disse Fesan. Para Fabinho, o momento é da equipe se unir e buscar vencer para esquecer a eliminação na Copa do Brasil e seguir bem na série B.  “A gente trabalha forte para jogar, sempre querendo ajudar. Se voltar para o time titular, vou ficar feliz e fazer o máximo para ajudar o ABC a sair com a vitória. Todo jogador quer jogar. Você ir para o banco numa fase dessas é ruim. Eu quero sempre ajudar. Agora espero voltar e ajudar mais ainda. Temos que ganhar para recuperar o moral e trazer a torcida para o nosso lado. A torcida ficou abalada, ficou triste, então temos que dar essa vitória para ela”, afirmou Fabinho. Além do retorno de Fabinho no ataque, outros dois jogadores também voltam a equipe titular: Fábio Bahia e  Lima. Antes de ser efetivado no comando técnico, Ademir Fesan desempenhava a função de auxiliar técnico e, por isso, acompanhou algumas partidas do Luverdense e afirmou conhecer a equipe do Mato Grosso. “Nós avaliamos os últimos quatro jogos  do Luverdense. É um time bem organizado, com bons jogadores e realmente, vai ser um jogo difícil”, previu.
Fonte: Tribuna do Norte

Revelação do Potiguar no Estadual deve ir para os Emirados



O meia Ciel(Foto), do Potiguar, deverá se transferir para o futebol dos Emirados Árabes Unidos (UAE) nos próximos dias. O atleta foi destaque pelo alvirrubro no Campeonato Estadual deste ano. A negociação entre o clube com o empresário que pretende colocar Ciel no futebol do exterior caminha para um entendimento. Tasso Garcia, membro da diretoria alvirrubra, vem negociando com Yaya Karim, empresário com atuação no futebol do Oriente Médio, o contrato de Ciel com o Al-Deid. “Está praticamente resolvido; faltam apenas pequenos detalhes”, informou Tasso. Na semana passada, o atleta providenciou a parte burocrática referente à viagem internacional, tirando o passaporte e o visto de trabalho. Natural de Caicó, Ciel, de apenas 20 anos, conseguiu se destacar fazendo boas atuações e alguns gols. Jogou como titular da equipe em boa parte do campeonato. É considerado pelos alvirrubros como um atleta de futuro promissor.
Marcos Santos/Da Redação/Foto: Site do Potiguar

sexta-feira, 22 de maio de 2015

De volta ao time do ABC, Fabinho Alves quer recuperar apoio da torcida

O torcedor do ABC questionou a decisão do ex-técnico José Teixeira de tirar o atacante Fabinho Alves do time titular nos jogos contra Criciúma e Paysandu. E é justamente da torcida que o jogador quer recuperar o apoio para vencer o jogo contra o Luverdense, neste sábado. No treino da quarta-feira, o técnico interino Ademir Fesan já havia adiantado o possível retorno de Fabinho ao time de cima. Nesta quinta, o jogador permaneceu entre os titulares durante todo o treinamento coletivo, realizado no Estádio Frasqueirão, e se diz feliz com a provável volta ao trio de ataque do Alvinegro.
Fabinho Alves - atacante do ABC (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com) 
Fabinho Alves volta ao ataque do ABC no duelo contra
o Luverdense (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)
A gente trabalha forte para jogar, sempre querendo ajudar. Se voltar para o time titular, vou ficar feliz e fazer o máximo para ajudar o ABC a sair com a vitória. Todo jogador quer jogar. Você ir para o banco numa fase dessas é ruim. Eu quero sempre ajudar. Mas eu respeitei e acatei a decisão dele (ex-técnico Josué Teixeira) e agora espero voltar e ajudar mais ainda. Temos que ganhar para recuperar o moral e trazer a torcida para o nosso lado. A torcida ficou abalada, ficou triste, então temos que dar essa vitória para ela - comentou. A eliminação na Copa do Brasil já é passado para o grupo alvinegro. Agora, sob o comando interino de Ademir Fesan, o Fabinho Alves direciona o foco totalmente para a Série B do Campeonato Brasileiro, com a ideia de manter a pegada forte da equipe. Tem que passar a borracha. Lógico que todo mundo fica triste com a eliminação, mas já passou. A Copa do Brasil é passado. Tem que focar na Série B. A pegada tem que estar firme, porque, se deixar se abater, vai ser pior. O Ademir sabe como motivar a galera. Já conhece todo mundo, então o grupo está focado para buscar essa vitória que vai dar uma sequência boa para a gente - afirmou.
Por Natal

Comandante Edgard Montenegro recebe mais uma homenagem da LAD


RESOLUÇÃO nº 011/2015

O Presidente da Liga Açuense de Desportos, no uso de suas atribuições legais e estatutárias;


CONSIDERANDO a política de prestar homenagem a pessoas que contribuíram de forma positiva com o desenvolvimento do futebol do município do Assú;


CONSIDERANDO a incomensurável contribuição que o Sr. Edgard Borges Montenegro “In memoriam”, prestou a Liga Açuense de Desportos com a doação do terreno, onde hoje se encontra edificado o “EDGARZÃO”;


RESOLVE:


1.  Fica o troféu de campeão do 22º Campeonato Assuense de Futebol Amador Adulto 2015, denominado “TROFÉU EDGARD BORGES MONTENEGRO”.



DÊ-SE CIÊNCIA, CUMPRA-SE E ARQUIVE-SE.


Assú – RN, 22 de maio de 2015.


Francisco das Chagas Soares

Presidente

Bruxa à solta! América pode chegar a cinco desfalques contra Icasa-CE

A reapresentação americana após a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil não aconteceu exatamente como sonhava o técnico Roberto Fernandes. Para o jogo do próximo domingo (24) pela Série C, o time poderá ter até cinco desfalques.
Roberto Fernandes ainda não confirmou o time (Foto: Wellington Rocha)
Roberto Fernandes ainda não confirmou o time
(Foto: Wellington Rocha)
Durante a retomada dos trabalhos após a folga da última quinta-feira (21), Fernandes não recebeu boas notícias. Além do volante Maguinho e o atacante Adriano Pardal, expulsos no confronto da primeira rodada do contra o Águia-PA e fora da partida por suspensão automática, o lateral Diogo segue vetado pelo departamento médico. Judson deve assumir a função na lateral, enquanto Régis Potiguar vai para o meio e Gilmar ganha a vaga no ataque americano para enfrentar o time do interior do Ceará. Mas o drama do comandante rubro não acaba aí. O meia Cascata e o zagueiro Flávio Boaventura não participaram das atividades desta sexta-feira (22) e ainda não estão confirmados para a partida contra o Icasa-CE, no fim de semana. O primeiro foi poupado do treino e será reavaliado, contudo há grandes chances de o meiocampista ir para o jogo contra os cearenses. O segundo, contudo, passou por um exame e apenas o resultado indicará se o zagueiro americano terá ou não condições de jogo. Caso o defensor não jogue, Edson Rocha será o substituto. “Temos oportunidade de focar só na Série C. Mesmo com um adversário como o Icasa, minha maior preocupação é o América. Temos bastante problema, vamos buscar as soluções e o resultado”, afirmou Roberto Fernandes. A equipe americana deve trazer a seguinte formação em campo: Busatto; Judson, Edson Rocha, Cleber e Rafael; Régis Potiguar, Zé Paulista, Cascata e Thiago Potiguar; Gilmar e Max. O América faz o último treinamento neste sábado e volta a campo no domingo, às 16 horas, na Arena das Dunas, pela segunda rodada da Série C do Brasileiro. Os rubros ocupam atualmente a sexta colocação com um ponto ganho.
Por Bruno Araújo/Portal no Ar

Camaleão elege novo presidente sábado

Conforme edital divulgado pela junta governativa do ASSU (Associação Sportiva Sociedade Unida), presidida pelo radialista Lucílio Filho, a eleição para escolher o novo presidente do clube já tem data definida, será no próximo sábado(23/05) no auditório da Câmara Municipal do Assu, a partir das 19:30h. A convocação está sendo feita a todos os sócios que tem direito a voto na referida instituição esportiva da região do vale. O vereador licenciado Chico Lavoisier(Foto) e o também vereador Francisco Souto o Tê, devem ser eleitos por aclamação pelo quadro de sócios conforme consenso feito entre os próprios sócios do clube, depois da renuncia de Dailson Machado e toda a sua diretoria. A Missão da nova diretoria comandada por Chico Lavoisier será de trazer de volta o Camaleão a primeira divisão do futebol do Rio Grande do Norte. O time do ASSU foi campeão estadual em 2009 sob a presidência de Dailson Machado e nos últimos anos alternou bons a maus momentos, o pior deles a queda em 2014 coincidentemente também sob a presidência de Dailson. Hoje existe um momento novo surgido dentro do seio dos verdadeiros torcedores do Camaleão que idealizaram a campanha nas redes sociais chamada de #voltacamaleão; A campanha tem despertado a chama de alguns torcedores que estavam meio cabisbaixos e que agora voltam a ficar novamente entusiasmados já que esses torcedores sentiram muito a falta do clube na competição estadual deste ano. Agora é levantar, sacudir a poeira, dá a volta por cima e conquistar o título da segunda divisão e voltar com força em 2016.
Vereador Tê será o vice de Chico Lavoisier
Torcedores tem feito reuniões constantes discutindo ações em prol do Clube

Por: L. Filho 

LAD libera a Tabela do Municipal 2015

Edgarzão será palco de mais uma edição do Municipal 2015 da LAD

Campeões europeus de futsal são homenageados pela CBFS

Campeões da Copa da Uefa com o Kairat Almaty, do Cazaquistão, os potiguares Cacau e Joan foram homenageados pela Confederação Brasileira de Futsal nesta quinta-feira, em Fortaleza. Ceará. Antes de anunciar PC de Oliveira como novo treinador da seleção brasileira, o presidente da entidade, Marcos Madeira, fez a entrega das placas ao técnico e ao jogador mais experiente da equipe que bateu o Barcelona na final da principal competição da Europa.
Cacau e Joan - CBFS - presidente Marcos Madeira (Foto: Divulgação) 
Cacau e Joan recebem homenagem das mãos do presidente
da CBFS, Marcos Madeira (Foto: Divulgação)

Cacau implantou uma nova filosofia de trabalho e, apostando em brasileiros - no elenco campeão são 11 jogadores -, vem colhendo frutos positivos. Já são duas Copas da Uefa, o Mundial Intercontinental, a Copa Eremenko, três Ligas do Cazaquistão e três Copas do Cazaquistão. Aos 38 anos, Joan é ídolo local e defende o Kairat há três temporadas.
Por Natal

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Dirigente do América-RN confirma saída do volante Tiago Dutra


Tiago Dutra, volante do América-RN (Foto: Canindé Pereira/Divulgação)Tiago Dutra se desligou do América-RN nesta quinta-feira (Foto: Canindé Pereira)

O volante Tiago Dutra, que foi bicampeão estadual pelo América-RN, pediu para se desligar do clube nesta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo diretor de futebol do Alvirrubro, Eliel Tavares. O jogador de 25 anos comunicou à diretoria alvirrubra a sua decisão para realizar um check-up médico, já que vem sofrendo com uma série de lesões musculares. A última foi uma fisgada na panturrilha, no último treino do Mecão antes da partida contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil. O volante estava relacionado com o restante do grupo, mas acabou cortado pelo técnico Roberto Fernandes. Ele (Tiago Dutra) nos procurou e relatou que estava sofrendo com várias lesões e, por isso, iria fazer um check-up para ver como está sua musculatura. Além disso, nos disse que estava sendo pouco aproveitado. Agradecemos pelo seu trabalho no América-RN e desejamos sorte na carreira - disse Eliel Tavares.
Por Natal

Ademir Fesan revela ter estudado o Luverdense e prevê ABC mais forte


Ademir Fesan - técnico interino do ABC (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)Ademir Fesan confia nos jogadores do ABC
(Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)

O técnico interino do ABC, Ademir Fesan, revelou nesta quinta-feira que tem estudado o Luverdense há algum tempo e contou que o time mostra uma boa organização em campo. O treinador disse ter observado o desempenho da equipe adversária nos últimos quatro jogos, tanto pela Série B do Campeonato Brasileiro  quando perdeu na estreia para o Náutico por 1 a 0, e venceu o América-MG na rodada seguinte, pelo mesmo placar - quanto pela Copa do Brasil, nos duelos contra o Bahia, em que empatou o primeiro jogo em 0 a 0 e perdeu o segundo confronto por 3 a 1. Nós avaliamos os últimos quatro jogos deles (Luverdense). É um time bem organizado, com bons jogadores e realmente, vai ser um jogo difícil, mas a gente tem que treinar pensando nessas situações - analisou.
ABC - zaga com Reginaldo, Suéiton, Maurício e Lima (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com) 
Com coletes azuis, Reginaldo, Suéliton, Maurício
e Lima treinaram como titulares(Foto: Carlos Cruz/GE.com)

A ausência do zagueiro Leandro Amaro durante o treino coletivo desta quinta-feira, no Frasqueirão, não preocupa o comandante alvinegro, que garante que o capitão é peça importante para o grupo e está confirmado para o jogo contra o Luverdense, neste sábado. Durante a atividade, Maurício entrou na zaga ao lado de Suéliton. O defensor, que entrou no último jogo contra o Paysandu, pela Copa do Brasil, ficará como opção entre os reservas. Para a lateral direita, Reginaldo foi mantido. Na esquerda, Lima voltou ao time no lugar de Marcílio, que foi titular nos últimos dois jogos. Eles (Suéliton e Maurício) treinaram juntos porque o (Leandro) Amaro esteve no departamento médico. Mas eu posso garantir que quem joga é Leandro Amaro. Foi mais por preocupação da comissão técnica - revelou Ademir Fesan.
Motivação do grupo
A eliminação na Copa do Brasil após a derrota para o Paysandu, que acabou marcada pela atuação do árbitro paulista Guilherme Ceretta de Lima, que marcou um pênalti duvidoso e expulsou o zagueiro Suéliton, ainda é sentida pelo ABC. Mas, se depender do discurso de Ademir Fesan, o Mais Querido vai dar a volta por cima já neste sábado. Uma coisa que eu posso garantir é um time aguerrido e com vontade de vencer. Isso eu posso garantir. Conheço bem esses caras, e, mesmo na situação de auxiliar, você acaba vendo outras situações, e eu vejo que o grupo é competitivo, que quer vencer com jogadores de bom caráter e, acima de tudo, com qualidade. Com certeza, nós garantimos um time aguerrido e com vontade de vencer, o resto é resultado do jogo - concluiu.
Por Natal

CBF antecipa premiação de R$ 560 mil para o América-RN, revela FNF


José Vanildo - presidente da FNF (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)José Vanildo destaca importância de encontro da CBF em Maceió(Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

O presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol, José Vanildo da Silva, participou nesta quinta-feira de reunião da CBF realizada em Maceió. O evento contou com a presença de dirigentes de federações e clubes nordestinos. Na oportunidade, o presidente do América-RN, Hermano Morais, recebeu do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, a Comenda João Havelange pela conquista do Campeonato Potiguar deste ano. A boa notícia para o Mecão é que a FNF conseguiu a antecipação da premiação de R$ 560 mil referente à classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. - Conversei com o presidente Marco Polo Del Nero sobre a preocupação do América e ele imediatamente autorizou o repasse, que já deve estar na conta do América. Este era o assunto mais imediato para o América e foi prontamente resolvido - contou Vanildo. O mandatário da FNF também destacou a iniciativa da CBF em arcar com os custos da arbitragem da Série D do Brasileirão, na qual o Rio Grande do Norte será representado pelo Globo FC. Isso vai dar um alívio imediato aos clubes. Tratamos também de um calendário capaz de permitir um período maior de atividade para os clubes, o que foi uma preocupação manifestada não apenas por nós, mas por todas as federações e clubes presentes ao encontro - falou. Para José Vanildo, o encontro foi bastante proveitoso, tratando de assuntos de interesse do futebol potiguar e dos filiados ABC e América. Ficou também acertado que o lançamento da Copa do Nordeste de 2016 vai ser em Natal em um grande evento com repercussão nacional. A CBF, como sempre aconteceu, foi sensível aos nossos pleitos e saio de Maceió avaliando como positivo o encontro com Marco Polo e com a diretoria da CBF - concluiu.
Hermano Morais - Marco Polo Del Nero (Foto: Rafael Ribeiro/CBF) 
Marco Polo Del Nero entrega comenda a Hermano Morais,
presidente do América (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Por Natal

À espera do novo comandante


A qualquer momento o ABC pode anunciar seu novo treinador. A intenção da diretoria, segundo informações do clube é agir rápido para evitar um desgaste ainda maior pela mudança de técnico no meio da temporada. A demissão de Josué Teixeira, após a eliminação na Copa do Brasil, jogando em casa, abre caminho para possíveis novos comandantes. Entre tantos cotados, três se destacam: Oliveira Canindé, Mazola Júnior e Fernando Marchiori.
Adriano AbreuO superintendente de futebol Rodrigo Pastana passou a tarde toda de ontem, no CT Alvinegro, ao telefone, em busca do técnico 
O superintendente de futebol Rodrigo Pastana passou a tarde
toda de ontem, no CT Alvinegro, ao telefone, em busca do técnico
Independente do futuro comandante, uma coisa é certa, a vida não será fácil. O clube precisa de uma campanha sólida na Série B, que é a última oportunidade de brilhar no ano do seu centenário. Além disso, o treinador terá que superar a média de permanência no clube que vem sendo de um técnico a cada dez partidas. Teixeira foi quem mais durou no cargo, passou exatos dois meses e 22 dias, mas sucumbiu ante a eliminação da Copa do Brasil e vinha com a cabeça a prêmio desde a perda do título estadual para o América. Ademir Fesan agora voltar a assumir interinamente o clube, com a missão de aproveitar o início da série B, para acumular “gorduras” que possam ser gastas na reta final da competição, mantendo o ABC longe da briga pelo rebaixamento. Pouco adiantou o aproveitamento favorável de 64% dos pontos disputados, as alterações táticas no ABC, a perda do Estadual para o América e a eliminação da Copa do Brasil frente ao Paysandu, pesaram mais e Josué Teixeira que alimentava o sonho de levar o Alvinegro a brigar pelo acesso na série B, teve os planos interrompidos. O anuncio da demissão do treinador foi realizado ontem pela manhã, após uma reunião com a diretoria. Ademir Fesan, que para muitos plantou a semente da mudança de postura do elenco em relação ao início da temporada, assume e, dependendo do que conseguir, nas próximas rodadas do Brasileirão, pode ser efetivado. Do jogo de estreia até o dia da demissão, foram exatos dois meses e 22 dias à frente do time potiguar, período em que Josué conquistou oito vitórias, um empate e sofreu quatro derrotas, as mais lamentadas foram à para o América na final do Estadual, no Frasqueirão, bem como as duas seguidas para o Paysandu que tiraram da equipe dinheiro e o sonho de ir além na competição nacional. A direção do clube apontou para a possibilidade de antecipar a chegada de reforços, que estavam sendo preparados, alguns, apenas para a virada do turno na Série B do Campeonato Brasileiro. A volta do atacante Rodrigo Silva, que está no América/MG é uma das possibilidades. Além dele, uma dupla de volantes que esteve no Ituano durante o Campeonato Paulista também estaria sendo sondada.
Fonte: Tribuna do Norte

Após classificação, técnico do América-RN pede apoio ao torcedor


Roberto Fernandes - técnico do América-RN (Foto: Fabiano de Oliveira)Roberto Fernandes planeja o América-RN com 5 mil sócios(Foto: Fabiano de Oliveira)

A partida contra o Atlético-GO no Serra Dourada foi tensa, e mesmo com a derrota por 1 a 0, o América-RN conseguiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. Na próxima etapa, o Mecão espera o vencedor do confronto entre Vasco e Cuiabá, que se enfrentam nesta quarta-feira, em São Januário. Após a partida, o técnico Roberto Fernandes admitiu que o elenco tem algumas limitações, mas que poderá ser superada se a torcida aderir ao programa de sócio torcedor do clube. A meta da diretoria americana é atingir os 5 mil sócios, que aumentariam a receita do clube. Para RF, o momento é de união dentro, e fora, de campo para que o Alvirrubro possa lotar as arquibancadas. A torcida tem sido fiel desde a pré-temporada. Mas agora, chegou o momento de massificar isso aí. Nós não podemos ter, em Natal, menos do 5 mil torcedores. Nos fomos campeões do estadual contra o rival, na casa do rival.
O torcedor que vem comparecendo, nós agradecemos muito. Mas agora, é a hora desse torcedor puxar mais dois, mais três, para lotarmos o estádio e darmos mais força ao nossos clube - disse Roberto Fernandes à Rádio Globo Natal. Com o fim do contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal, o clube perdeu um orçamento de R$ 2 milhões. A alternativa foi estampar uma propaganda institucional, com a frase "#SejaSocioMecao". Com a classificação à terceira fase da Copa do Brasil, o clube alvirrubro já garantiu R$ 560 mil nos cofres. Mesmo assim, Roberto Fernandes planeja o apoio do torcedor para o clube ter muito mais para investir no futebol. A Caixa, que era o grande patrocinador, está descartada. Então, se o torcedor não chegar junto, vai ficar bem complicado. A chance de reforçar o elenco vai ficar muito aquém do que planejamos. Esse ano, o nosso grande parceiro, o nosso grande patrocinador tem que ser o torcedor. Se não for assim, vai ficar complicado - analisou.
Foco na Série C
O próximo compromisso do América-RN pela Série C do Campeonato Brasileiro será contra o Icasa, neste domingo, na Arena das Dunas. Enquanto o Mecão empatou na estreia com o Águia de Marabá em 1 a 1, o Verdão do Cariri perdeu para o Fortaleza, por 2 a 0. Para Roberto Fernandes, o pensamento da comissão técnica é utilizar uma forma ofensiva na partida em casa e o treinador reforça a confiança no elenco americano. Temos um jogo difícil em casa, mas nós vamos jogar para a frente, buscando sempre a nossa força ofensiva, e não será diferente contra o Icasa. Nós temos a obrigação de buscar essa classificação na Série B. No campeonato, alguns clubes possuem um maior investimento, como o Vila Nova, o Cuiabá, o Fortaleza... Mas eu confio muito no meu grupo, confio na qualidade dos jogadores e na entrega deles em campo - finalizou.
Por Natal

Atlético-GO 1 x 0 América-RN ★ Copa do Brasil Fase 3 ★

quarta-feira, 20 de maio de 2015

América-RN perde para o Atlético-GO, mas está na 3ª fase da Copa do Brasil


Atlético-GO x América-RN Copa do Brasil (Foto: Agência Estado)Atlético-GO x América-RN Copa do Brasil (Foto: Agência Estado)

O América-RN perdeu, mas levou. Nesta quarta-feira, o time potiguar levou 1 a 0 do Atlético-GO no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil graças à vitória por 4 a 2 no jogo de ida, na Arena das Dunas. Com o 4 a 3 no placar agregado, a equipe comandada pelo técnico Roberto Fernandes agora aguarda Vasco ou Cuiabá no próximo confronto do maior mata-mata do país. A classificação foi dramática. Depois de ter segurado o rival no primeiro tempo, o América-RN sofreu gol de Juninho aos 19 minutos da etapa final e ainda perdeu o atacante Max, expulso, no minuto seguinte. A pressão atleticana aumentou depois disso, mas o goleiro Busatto e os demais jogadores do sistema defensivo garantiram o placar. Se tivesse feito mais um gol, o time goiano teria se classificado, já que o gol marcado fora de casa é critério de desempate. O Dragão goiano agora volta suas atenções para a Série B do Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, o time mandará jogo contra o Botafogo em Brasília. No domingo, o América-RN receberá o Icasa pela segunda rodada da Série C.
Perdeu, mas levou
Ciente da necessidade de fazer pelo menos dois gols para reverter a vantagem do América-RN, o técnico Marcelo Martelotte surpreendeu e escalou os atacantes Juninho, Luisinho e Rafinha juntos. O curioso é que o volante Pedro Bambu, um dos destaques do Atlético-GO na temporada, ficou no banco de reservas. Desde os minutos iniciais, o time rubro-negro partiu para o campo de ataque. Busatto, mais uma vez, fazia boa atuação para a equipe visitante e garantia o zero no placar. O América-RN só chegou com mais perigo aos 29 minutos, com Maguinho, e aos 40, com Adriano Pardal. Fora isso, o Atlético-GO foi mais perigoso na etapa inicial. Antes de mais nada, o jogo era de estratégia. Logo após o cartão amarelo recebido por Álvaro, o técnico Roberto Fernandes substituiu o volante para não correr riscos de ficar com um jogador a menos. Na etapa final, apesar de o time da casa continuar na pressão, o América-RN quase abriu o placar com Zé Antônio Paulista, que acertou a trave de Márcio aos seis minutos. O susto acordou o Dragão goiano, que abriu o placar aos 19 minutos. Juninho aproveitou cruzamento de Pedro Bambu e abriu o placar: Atlético-GO 1 a 0. O cenário ficou ainda pior para a equipe potiguar quando o atacante Max foi expulso no minuto seguinte por reclamação. O Atlético-GO quase chegou ao segundo gol com Juninho e Anderson Pedra, mas acabou eliminado. 
Por Goiânia

Vice-presidente do ABC prega ‘calma’ para escolha do novo técnico

Ademir Fesan, auxiliar técnico, assumiu interinamente o comando técnico do ABC, enquanto o novo comandante definitivo não é confirmado pelo departamento de futebol do clube. A contratação, assim como a do recém-demitido Josué Teixeira, deverá acontecer num espaço de tempo mais longo.
Rodrigo Pastana, superintendente, e Rogério Marinho, vice-administrativo, buscam novo comandante (Foto: Wellington Rocha)
Rodrigo Pastana, superintendente, e Rogério Marinho, buscam novo comandante(Foto: Wellington Rocha)
Ao menos foi o que indicou o vice-presidente administrativo do clube, Rogério Marinho, em entrevista nesta quarta-feira (20), um dia depois da desclassificação do ABC pelo Paysandu-PA, no estádio Frasqueirão, pela segunda fase da Copa do Brasil. O clube disputa, a partir de agora, apenas a Série B do Campeonato Brasileiro após a eliminação no torneio nacional. “Futebol é resultado. Estamos apenas na terceira rodada do Brasileiro e vamos, com muita calma, analisar o nome do novo técnico”, afirmou Marinho. Fesan, até o momento, deverá comandar a equipe ao menos na partida do próximo sábado (23), novamente no Frasqueirão, contra o Luverdense-MT, pela terceira rodada da Segundona. O clube, antes do início da rodada, ocupava a sexta colocação com três pontos. Uma corrente no clube e de torcedores, inclusive, defende a manutenção de Ademir Fesan no comando do clube pelo retrospecto recente do auxiliar. Após a saída de Roberto Fonseca após a perda do 1º turno do Estadual, Fesan assumiu o posto, mudou o time que passou a fazer apresentações mais convincentes, venceu três partidas e entregou a equipe a Josué Teixeira que deu sequência ao trabalho até o final do 2º turno.
Opções
Ainda não há sinais sobre o próximo comandante do ABC. Treinadores que chegaram a ser procurados antes da contratação de Teixeira, como Gilmar Dal Pozzo, Ricardo Drubscky e Mazola Júnior, não receberam qualquer novo contato até aqui, apesar de estarem disponíveis no mercado.
Auxiliar Ademir Fesan comanda time como técnico interino (Foto: Divulgação)
Auxiliar Ademir Fesan volta a comandar time como interino (Foto: Divulgação)
O nome de Oliveira Canindé, demitido no Sampaio Correia e ex-América, teria sido especulado. Um fonte ligada à direção do clube, entretanto, negou que o clube tivesse interesse no treinador e que o novo comandante não deverá vir de fora da região Nordeste. Quanto ao desempenho abecedista na temporada até aqui e a demissão de Josué Teixeira, o mandatário Rogério Marinho atribuiu a decisão à falta de resultados nas competições, como a eliminação na Copa do Brasil e a perda do título estadual. “É pelo conjunto da obra. Nós perdemos a final do campeonato estadual, que achávamos que nos daria uma condição diferenciada, e as coisas não aconteceram. Tivemos uma sequência de 19 jogos sem derrota, mas o técnico perdeu a mão no momento em que não poderia perder. Alguma coisa está acontecendo e precisa ser identificada”, alertou.
Por Bruno Araújo/Portal no AR

América encara Atlético-GO para confirmar classificação na Copa do Brasil

Após o empate na estreia na Série C do Brasileiro, o América volta suas atenções para a Copa do Brasil, na qual enfrentará uma partida decisiva contra o Atlético-GO, no segundo duelo pela segunda fase da Copa do Brasil. O confronto acontece a partir das 19h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

América voou no primeiro tempo e garantiu vantagem (Foto: Wellington Rocha/PortalNoar)
América voou no primeiro tempo e garantiu vantagem (Foto: Wellington Rocha/PortalNoar)
No primeiro encontro entre as duas equipes, o Alvirrubro levou a melhor e venceu, após um susto no segundo tempo depois de abrir uma vantagem de 3 a 0, por 4 a 2. O resultado garantiu uma vantagem aos americanos para o duelo desta noite, no qual até mesmo uma derrota por um gol de diferença assegura a passagem de fase. Para ficar sem a vaga, os americanos precisariam perder por 2 a 0, 3 a 1 ou serem derrotados por três gols de diferença. Em caso de o placar da primeira partida se repetir, a vaga será decidida nos pênaltis. Sem intenção de sofrer maiores sustos nesta reedição do confronto da semana passada, o técnico Roberto Fernandes deverá lançar uma formação com três atacantes. Max, Adriano Pardal e Thiago Potiguar deve formar o trio americano no Serra Dourada. Uma mudança possível na equipe é na lateral-esquerda com a saída do até aqui improvisado meia Álvaro para a entrada do recém-contratado Rafael. O jogador se apresentou esta semana e foi integrado ao grupo em Goiânia.
Dragão ofensivo
Na partida de Ida contra o América-RN, o elenco rubro negro teve dois momentos distintos e na segunda etapa da partida, onde esteve melhor que o adversário, não alcançou um resultado diferente para a partida de Volta por questão de detalhes. Nesta quarta, as duas equipes se enfrentam novamente para definir quem avança para a próxima fase e jogando em casa o Dragão pretende impor o ritmo como fez no segundo tempo em Natal, dessa vez durante todos os 90 minutos. Os ingressos para a partida serão no valor de R$ 10 para as arquibancadas e de R$ 20 para as cadeiras. Para o jogo, o técnico Marcelo Martelotte poderá contar com o retorno do ala Murilo. Com isso, a tendência é que Éder, titular nas últimas partidas, volte à reserva. E não deve ser a única mudança. Sergio Manoel e Thiago Primão podem retornar ao time titular. Martelotte não vai poder contar com Aílton, Arthur e Ayrton. Os dois primeiros já participaram da Copa do Brasil por outras equipes. Já o jovem Ayrton foi expulso no final do duelo contra o América. “Vamos ter que usar uma equipe mais ofensiva, precisamos do resultado”, concluiu Martelotte.

Por Bruno Araújo/Portal no Ar

Técnico do ABC critica árbitro após pênalti duvidoso: "Ele foi ridículo"

O técnico do ABC, Josué Teixeira(Foto), se mostrou bastante irritado com a arbitragem do duelo diante do Paysandu. O Alvinegro perdeu o jogo por 2 a 1, de virada, e acabou eliminado da Copa do Brasil, em pleno Estádio Frasqueirão. Após a queda, o treinador abecedista fez duras críticas ao árbitro paulista Guilherme Ceretta de Lima, responsável por conduzir as ações da partida. O polêmico e contestado lance aconteceu aos 18 minutos do segundo tempo, quando o ABC vencia por 1 a 0, com gol marcado por Bruno Luiz no primeiro minuto da etapa final. O atacante Leandro Cearense, que fez o gol da vitória alviceleste no jogo da ida, entrou na área marcado por Suéliton e acabou caindo. Mesmo longe do lance, o árbitro Guilherme Ceretta não hesitou e apontou a marca da penalidade. Pior para o ABC, que viu Yago Pikachu converter a cobrança e ainda teve o zagueiro expulso.
Guilherme Ceretta de Lima - árbitro (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com) 
Árbitro Guilherme Ceretta de Lima foi bastante contestado
depois da partida (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)
Ele devia ter vergonha de apitar! Ele brincou de prejudicar um clube. O jogo lá teve um gol anulado absurdo. E esse pênalti eu não consigo entender. Foi na minha frente e eu não vi nada no lance. Ele hoje (terça) foi ridículo. Falei para ele no final: "Hoje o que você fez foi imoral" e ele disse: "Sábado tem mais para vocês". Agora o que ele quis dizer com isso? Hoje o futebol tem uma página negra. Uma vergonha. O árbitro tem que ser punido. Não consigo entender como um árbitro não é punido. Ele devia ter vergonha. O jogador perde a cabeça, agride ele e pega seis meses; e o que ele pega? Nada. Você não pode falar com o árbitro porque você é expulso. O árbitro errou, tem que ter punição. O jogo lá, na verdade, foi 1 a 1, porque o gol foi anulado. E aqui, um pênalti absurdo. O Paysandu foi ajudado pela arbitragem nos dois jogos - esbravejou Josué Teixeira, lembrando do gol mal anulado marcado por Kayke na partida de ida, na Curuzu. Depois do desabafo, o treinador ainda tentou explicar a terceira alteração feita na equipe, aos 14 minutos do segundo tempo, quando, mesmo precisando de mais um gol para garantir a classificação, sacou o meia Ronaldo Mendes, uma das principais forças ofensivas do Alvinegro no duelo, e colocou em campo o zagueiro Maurício. O Ronaldo Mendes e o Wellington Bruno cansaram, até pelo jogo em Criciúma. Era visível a queda física deles. Aí recompus com o Maurício, que é um jogador mais forte fisicamente. Só que em seguida veio aquele pênalti e a gente teve um jogador expulso. A equipe com um homem a menos e precisando de dois gols acabou se perdendo - comentou.
Por Natal

Érico vai disputar a segundona do futebol catarinense


Érico viverá sua primeira experiência na região sul do país.
O goleiro Érico, ex-Baraúnas, está de clube novo. O atleta acertou sua transferência para o Tubarão, de Santa Catarina, e vai jogar a segunda divisão do futebol catarinense a partir do mês de junho. Inicialmente, o contrato de Érico com o clube será curto, obedecendo a duração do campeonato, mas poderá se estender dependendo dos resultados. Érico já se se apresentou ao novo clube na tarde de hoje. “Recebi uma proposta. O Marquinhos Mossoró, irmão do Márcio e do Zezinho Mossoró, me indicou pra o Tubarão. Deu tudo certo, uma perspectiva nova onde eu nunca tinha jogado, então a gente vai com essa esperança nova de plantar pra colher lá na frente. Colocamos esse trabalho na mão do senhor e esperamos fazer um grande trabalho junto com o grupo lá e conseguir coisas grandes futuramente” disse o goleiro. Nos últimos anos, Érico se dedicou ao Baraúnas conquistando o respeito da torcida e da mídia pela sua regularidade de atuação nos jogos e conquistas. Chegou a fazer 100 jogos com a camisa tricolor. O time de Santa Catarina será o 15º clube na carreira do goleiro. Também será a primeira experiência de Érico do futebol do Sul. Até então, o seu currículo era composto por atuações em clubes do Norte e Nordeste. O volante Sorato, que disputou o campeonato estadual pelo Baraúnas, também acertou sua transferência para o Tubarão.
Fabiano Júnior/F9.net.br

Gols, ABC 1 x 2 Paysandu - Copa do Brasil 19/05/2015

terça-feira, 19 de maio de 2015

ABC é derrotado pelo Paysandu e está eliminado da Copa do Brasil

O ABC recebeu o Paysandu-PA no estádio Frasqueirão, na noite desta terça-feira (19), com a missão de vencer por dois ou mais gols de diferença para avançar à terceira fase da Copa do Brasil, mas acabou perdendo o jogo de virada por 2 a 1. Bruno Luiz abriu o placar para os Alvinegros, enquanto Pikachu e Carlos Alberto viraram o placar. Todos os gols foram marcados no segundo tempo.
ABC é derrotado pelo Paysandu e está eliminado da Copa do Brasil (Foto: Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo)
ABC é derrotado pelo Paysandu e está eliminado da Copa
do Brasil(Foto: Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Com a eliminação, a equipe abecedista volta as atenções para a Série B do Campeonato Brasileiro. No sábado (23), enfrenta o Luverdense-MT, no Frasqueirão, às 21h, pela terceira rodada da competição. O ABC é o quinto colocado com três pontos conquistados. Já o time paraense espera o classificado do confronto entre Bahia-BA e Luverdense. Na Segundona, encara o Ceará, na próxima rodada.
Jogo animado
O jogo começou bem disputado no Frasqueirão. Logo nos primeiros minutos as equipes criaram boas oportunidades de marcar. O Paysandu chegou primeiro. Aos 2, Aylon recebeu na área e bateu cruzado, a bola passou rente à trave. A resposta abecedista veio aos 5 minutos. Reginaldo avançou pela direita e cruzou, mas Kayke não alcançou. Apesar do lance dos potiguares, foi bicolor que assustou novamente. Aos 14, Carlos Alberto invadiu a área, se livrou da marcação e chutou forte, a bola explodiu na trave. Mesmo com a vantagem adquirida no jogo da ida e fora de casa, a equipe paraense continuou mais perto de abrir o placar. Aos 23 minutos, Aylan recebeu lançamento e cabeceou, mas mandou por cima da trave. Aos 30, nova tentativa, desta vez com Pikachu, que pegou a sobra do escanteio e chutou forte da entrada da área, Saulo espalmou. Na reta final do 1° tempo, o ABC melhorou e quase abriu o placar com Kayke, aos 37 minutos. O atacante recebeu e arriscou da entrada da área, Emerson se esticou e salvou. Aos 41, foi a vez de Ronaldo Mendes bater, mas pegou mal e mandou longe. Na sequência, aos 43 minutos, o Paysandu quase marcou. Após escanteio, a bola sobrou para Pikachu, que bateu forte para defesa de Saulo. Antes do fim da etapa inicial, Kayke recebeu lançamento do campo de defesa, dominou cara a cara com o goleiro, tentou tocar por cobertura, mas errou e desperdiçou a melhor chance abecedista.
Vantagem alvinegra
Na volta do intervalo, o técnico Josué Teixeira sacou Reginaldo e Rafael Miranda e colocou em campo Fabinho Alves e Bruno Luiz. Logo no primeiro minuto, a dupla mostrou serviço. Fabinho Alves ajeitou e Bruno Luiz mandou para o gol: ABC 1×0 Paysandu.
Lateral Yago Pikachu, de pênalti, marcou o primeiro dos paraenses (Foto: Miguel Medeiros)
Lateral Yago Pikachu, de pênalti, marcou o primeiro dos paraenses (Foto: Miguel Medeiros)
Precisando do resultado, o Alvinegro seguiu pressionando e quase ampliou com Ronaldo Mendes em duas oportunidades. Aos 8, o jogador arriscou de fora da área e mandou perto da trave. Aos 14, ele tentou mais uma vez e novamente a bola saiu pela linha de fundo. Após o lance, Ronaldo deu lugar a Maurício.
Virada bicolor
Aos 20 minutos, Aylon invadiu a área e foi derrubado por Sueliton, o árbitro marcou a penalidade e expulsou o zagueiro abecedista. Pikachu cobrou e marcou, mas Guilherme Ceretta mandou voltar. Na segunda cobrança, ele novamente fez e igualou o placar. Em desvantagem no placar e precisando marcar mais dois gols, o time potiguar saiu para o ataque e viu o adversário ampliar o marcador e piorar a situação do Alvinegro. Aos 28 minutos, Carlos Alberto tabelou com Aylon e tocou na saída de Saulo: 2 a 1. Com um a menos em campo e necessitando de mais três tentos, o ABC tentou buscar a reação, mas não conseguiu furar a defesa bicolor. Os paraenses ainda tiveram chance de ampliar com Souza, mas sem sucesso e o placar ficou no 2 a 1 para os visitantes, que conseguiram a classificação.
Ficha Técnica
Local: Estádio Frasqueirão, Natal (RN)
Árbitro: Guilherme Ceretta (SP)
Cartões amarelos: Suéliton, Marcílio (ABC); Thiago Martins, Ricardo Capanema (Paysandu)
Cartão vermelho: Suéliton (ABC)
ABC: Saulo, Reginaldo (Fabinho Alves), Sueliton, Leandro Amaro e Marcílio; Rafael Miranda (Bruno Luiz), Fábio Bahia, Erivelton, Wellington Bruno e Ronaldo Mendes (Maurício); Kayke. Técnico: Josué Teixeira.
Paysandu: Emerson, Pikachu, Thiago, Gualberto e João Lucas; Ricardo Capanema (Augusto Recife), Fahel, Jhonnatan e Carlos Alberto (Carlinhos); Leandro Cearense (Souza) e Aylon. Técnico: Dado Cavalcanti.
Por Heilysmar Lima/Portal no Ar

Filho de Carnaubais e Campeão pelo ASSU será primeiro técnico brasileiro no Cazaquistão


Cacau - técnico do Kairat Almaty - futsal (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)Ídolo no Cazaquistão, Cacau indicou Barata e Luizinho (Foto: Augusto Gomes/GE.com)

O ex-jogador Barata, filho de natural de Carnaubais e Campeão do RN pelo ASSU em 2009, será o primeiro brasileiro a comandar uma equipe de futebol do Cazaquistão. Ídolo na Europa, devido aos títulos e aos gols que marcou com camisas do Mérida e Tenerife, da Espanha, e Sporting Braga, de Portugal, o ex-atacante acertou contrato de dois anos e meio com o FC Zhetysu Taldykorgan, clube da primeira divisão cazaque. O time ocupa, atualmente, a penúltima colocação da competição e terá uma nova fase com a presença do potiguar. Além de Barata, também embarca o ex-auxiliar técnico do América-RN, Luizinho Lopes. Os dois deixam a comissão técnica do América-RN nesta semana. No lugar deles, a direção rubra contratou o antigo treinador do clube, Leandro Sena. A última conquista da dupla foi no início deste mês, quando o Mecão alcançou o bicampeonato potiguar.
Barata - Luizinho Lopes - América-RN (Foto: Canindé Pereira/Divulgação) 
Barata (dir.) e Luizinho Lopes vão comandar
o Zhetysu, do Cazaquistão(Foto: Canindé Pereira)
Antes de assumir o novo compromisso, o treinador ainda acerta alguns detalhes do visto trabalhista e da documentação, mas garante que estará tudo em ordem para o embarque na próxima sexta-feira. Barata revela que a negociação foi iniciada no ano passado, por influência de outro potiguar, o técnico de futsal Cacau, que é ídolo no país pelas conquistas com o Kairat Almaty, clube bicampeão da Copa Uefa de Futsal e campeão intercontinental em 2014. Viajamos na sexta-feira. Vou a Brasília para resolver a situação do visto trabalhista. No início da temporada deles (no meio de julho), o clube havia entrado em contato, mas preferiu contratar outro profissional. O técnico que foi contratado não teve um bom desempenho, e eu vinha negociando com o Cacau há bastante tempo, para que entrássemos num projeto no Cazaquistão - contou. Consagrado no futsal, Cacau destaca que a ideia é impulsionar o futebol do Cazaquistão e agradeceu a confiança que teve para indicar os conterrâneos ao Zhetysu. Foi uma indicação minha, mas através do presidente do meu clube, o Kairat Almaty. É uma parceria que a gente está abrindo para ajudar o futebol do Cazaquistão. Como eu tive a felicidade de ganhar duas Copas da Europa, tudo isso repercutiu. Todo mundo dizia que o 'Cacau tem boas indicações', até por causa do Douglas, que eu levei e poucos conheciam, e logo foi destaque no Mundial e na Copa da Uefa. Quando me pediram dois nomes, pensei imediatamente em Barata e Luizinho pela história e carreira deles. Barata por sua história como jogador, e Luizinho pelo grande trabalho que vem fazendo como auxiliar de Roberto Fernandes. Tenho certeza que eles vão dar muito certo nesta nova empreitada. Se fizerem um grande trabalho, vão abrir o mercado no Cazaquistão, principalmente para os jogadores do Rio Grande do Norte, que vão estar sempre na mira - destacou Cacau. João Maria Menezes Bezerra, 42 anos, tem seu nome marcado no futebol norte-rio-grandense. Aposentado desde 2010, quando encerrou a carreira no Ceilândia, do Distrito Federal, Barata teve grandes conquistas dentro de campo. Ídolo do ABC, levantou o troféu do Campeonato Potiguar em 1994, 1995 e 2005, em um jogo no antigo Estádio Machadão. A final contra o América-RN foi 3 a 0 para o Alvinegro, com dois gols de Barata. Nessa época, o ex-atacante formava um ataque poderoso, ao lado dos ex-jogadores Sérgio Alves e Ivan. Um ano depois, foi contratado pelo América-RN e participou da campanha do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Em 2009, as duas últimas conquistas: o título estadual pelo Assu e a presença na equipe do Alecrim, no acesso à Série C do Brasileirão. Na fase fora das quatro linhas, passou a trabalhar como observador técnico para empresários espanhóis. Em seguida, a chance de voltar ao futebol foi o pontapé para a profissionalização, e em paralelo, a qualificação. Formado em Educação Física por uma universidade privada de Natal, assumiu o cargo de auxiliar técnico no ABC, em 2012, acompanhando o experiente Givanildo Oliveira.
Barata Campeão pelo ASSU em 2009
Depois, esteve ao lado do amigo e técnico Leandro Sena no Treze e no Icasa, ambos em 2014. Este ano, foi convidado pelo técnico Roberto Fernandes para integrar a comissão técnica do América-RN. A experiência de trabalhar como auxiliar deu a Barata a chance de adquirir novas experiências. Amigo de Roberto Fernandes, Barata postou em uma rede social que a experiência que teve com o treinador do Mecão fez amadurecer a ideia de assumir uma equipe profissional. É uma oportunidade única. Agradeço muito a Cacau pelos conselhos, pela amizade e pela chance de abrir o mercado para mim e Luizinho. Agradeço aos amigos Roberto (Fernandes) e (Leandro) Sena pela confiança no meu trabalho. Eu serei o treinador e Luizinho (Lopes) o auxiliar. A conversa que tivemos com o presidente do novo clube foi muito boa e, quando chegarmos lá, vamos assistir a alguns jogos e depois vamos entrar com tudo no clube. Pela conversa inicial, temos a chance de levar quatro estrangeiros, mas nos interessa, claro, os brasileiros - revelou. Mesmo antes de viajar cerca de 14 mil quilômetros até o Cazaquistão, Barata iniciou o trabalho no novo clube. Com o auxílio de um tradutor, o treinador já tem material em vídeo e texto do perfil dos jogadores, da situação do clube e do desempenho do time na Liga nacional. Nos tempos de jogador, Barata se destacou pela habilidade e pela velocidade em campo. Para que os jogadores do Zhetysu possam se espelhar no novo treinador, o próximo passo de Barata será aprimorar o esquema tático e aplicar a melhor formação, de preferência, ofensiva contra os adversários. Já temos um tradutor e estamos conversando com ele diariamente. Os diretores do clube já estão enviando vídeos dos últimos jogos do Zhetysu. Estamos estudando o esquema tático que poderá ser melhor aplicado em campo. A minha motivação é procurar colocar em prática tudo que aprendi nos últimos anos como profissional técnico, e, acima de tudo, com a experiência que tive como jogador. Eu fui atacante e sei como fazer para marcar um gol. Espero repetir isso com o novo time. Quero saber como são os jogadores, as qualidades deles e como vou poder estruturar o time. Se tivermos bons atacantes, poderemos usar um 4-3-3 ou se a defesa for mais forte, podemos reforçar o setor e deixar o time mais solto na frente. Isso tudo vai depender do plantel e do sistema que vamos implantar para o time - declarou.
Ídolo na Europa
Após brilhar no ABC, Barata seguiu para o Itaperuna, de onde fez ponte para o Fluminense. Jogou ainda no Guarani antes de ser contratado pelo Mérida. Logo chamou a atenção do Deportivo La Coruña, que o repassou ao Tenerife. Foi lá onde ele mostrou todo o seu repertório de gols, garantindo a idolatria dos torcedores espanhóis. Em 1998, fui para o Mérida e lá, em 19 jogos no campeonato de inverno, acabei marcando 18 gols. Depois, acertei um contrato junto ao La Coruña de seis anos, mas em seguida fui emprestado para o Tenerife. Nesse clube, fiz 25 gols em 40 jogos na primeira temporada. Joguei todos os jogos da Liga Espanhola. O contrato tinha preferência pela compra e fiquei mais alguns anos no Tenerife - disse.
Barata - Tenerife - Espanha (Foto: Arquivo Pessoal) 
Barata marcou 25 gols em 40 jogos na primeira temporada
pelo Tenerife (Foto: Arquivo Pessoal)
Dois anos após o sucesso no Tenerife, Barata foi emprestado ao Sporting Braga, de Portugal, e entrou para a história do clube lusitano. Em um ano de clube, conseguiu marcar dois recordes no futebol português. O primeiro foi de um jogador marcar 25 gols na competição; e o segundo foi marcar cinco gols em apenas uma partida, na vitória por 5 a 3 sobre o Alverca. Outra lembrança é a vitória sobre o Porto, então campeão da Liga dos Campeões da Europa, por 1 a 0, no antigo Estádio da Antas. Um ano depois, fui emprestado ao Sporting Braga e, até hoje em dia tenho um recorde. Em apenas um ano, fiz 25 gols. Fui artilheiro da Copa de Portugal. Outra coisa bem marcante foi uma partida em que marquei cinco gols, que foi na vitória de 5 a 3 sobre o Alverca. Teve outro jogo com muitas lembranças boas que foi quando eliminamos o Porto pela Copa de Portugal, no campo deles (o antigo Estádio das Antas), por 1 a 0. O time é repleto de campeões, entre eles Deco e Carlos Alberto - lembrou. Na volta à Espanha, Barata recorda o duelo contra o Atlético de Madri, na final da segunda divisão espanhola. O placar de 2 a 1, sobre um time que tinha o então promissor atacante Fernando Torres, com apenas 16 anos, garantiu o Tenerife na primeira divisão. Barata recorda que recebia muito incentivo do técnico da equipe espanhola, Rafa Benítez, atualmente treinador do Napoli. O jogo mais importante foi contra o Atlético de Madrid, que tinha no elenco o atacante Fernando Torres, mas ainda muito novo. O jogo foi na final da segunda divisão e vencemos por 2 a 1, e subimos para a primeira divisão. Nosso treinador era o Rafa Benítez, um cara que tenho muito carinho por ter me dado muitas chances no time - recordou. As conquistas na Espanha e Portugal e o currículo positivo tiveram grande peso na escolha dos dirigentes cazaques por Barata. O potiguar ressalta que, além da ajuda do amigo e técnico de futsal Cacau, a direção do FC Zhetysu Taldykorgan foi consultar o histórico do ex-atacante dentro de campo. Não me arrependo de nada na minha carreira. Fiz grandes amizades, conheci muitos países e pude fazer o que mais gosto, que é jogar futebol. A minha passagem pela Europa, especialmente na Espanha e Portugal, valorizou muito a minha ida para o Cazaquistão. Quando Cacau lançou meu nome aos dirigentes do Zhetysu, eles foram em busca do meu currículo, da minha história, e viram o que fiz pelos clubes que defendi. Isso foi o diferencial para que apostassem em mim, e em Luizinho Lopes, que vai trabalhar comigo nessa nova jornada - finalizou.
Por Natal

Regularizado, lateral do América-RN segue com delegação para Goiânia



Recém-contratado pelo América-RN após a saída de Julinho, o lateral-esquerdo Rafael Estevam teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nesta segunda-feira. O jogador, que foi anunciado pela diretoria americana na última sexta-feira, seguirá para Goiânia nesta terça-feira para integrar ao elenco, por conta do jogo de volta contra o Atlético-GO, pela segunda fase da Copa do Brasil. O gerente de futebol do Mecão, Carlos Moura Dourado, disse que o lateral é esperado nesta terça-feira em Goiânia. O América-RN poderá até perder por um gol de diferença, que mesmo assim, avançará para a próxima fase - o adversário será Vasco ou Cuiabá. O Atlético-GO se classificará com vitória por 2 a 0, 3 a 1 ou por três gols de diferença em duelo no Serra Dourada. Caso o time goiano vença por 4 a 2, a decisão irá para os pênaltis.
Por Natal/Foto: Edmo Anderson)

Técnico do ABC pede agressividade para vencer duelo contra o Paysandu


Josué Teixeira - técnico do ABC (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)Josué Teixeira explicou mudanças na equipe do ABC (Foto: Carlos Cruz/GEsporte.com)

Depois de uma sequência de três resultados negativos, o ABC voltou a vencer na última sexta-feira e chega para o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, diante do Paysandu, com moral em alta. O Mais Querido chega para o duelo em desvantagem. O Papão venceu o confronto de ida pelo placar de 1 a 0, em Belém, e fica com a vaga se segurar um empate em Natal. Para o técnico Josué Teixeira, a referência de atuação do Alvinegro passa a ser a segunda etapa da partida realizada no Heriberto Hülse, quando o ABC marcou os dois gols e matou a partida contra o Tigre. O treinador classificou como "fantástico" o segundo tempo do time. A imagem que fica quando você não ganha é que o time não está rendendo bem. Agora, a gente está com uma equipe ajustada. O segundo tempo contra o Criciúma foi fantástico. Se o time estiver com o mesmo aspecto psicológico de agressividade, de força, de marcação, a gente tem condições de fazer um grande jogo. A gente precisa ter uma atitude agressiva para fazer o resultado - frisou o treinador. Josué Teixeira fez questão de tornar público o motivo das alterações realizadas nos dois duelos anteriores ao desta terça-feira. De acordo com o comandante abecedista, algumas peças consideradas fundamentais no Alvinegro estavam cansadas e agora ele pode trabalhar com uma equipe mais equilibrada. Também destacou a entrada de Marcílio na lateral esquerda e do meia Erivélton. Como nós viajamos para fazer dois jogos fora, com uma viagem cansativa para Belém e outra viagem cansativa para Criciúma, eu tinha que ter equilíbrio nas duas equipes. Se eu coloco o mesmo time nos dois jogos, a gente perde feio os dois jogos. A gente já vinha com desgaste do jogo do Oeste. Então, eu tinha que equilibrar o time. Marcílio vem treinando muito bem, vem sendo muito mais agressivo que o Lima e eu precisava dessa resposta. E o guri deu. Fez uma baita jogo e está mantido. A troca do Fabinho é a mesma coisa. A ideia era preservar o Fabinho para o jogo de terça-feira, só que o Erivélton foi muito bem no jogo. E o jogador quando tem rendimento para mim, ele é mais importante que qualquer nome - explicou. ABC e Paysandu entram em campo a partir das 19h30, no Estádio Frasqueirão, em Natal. O duelo é válido pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Se empatar, o Papão fica com a vaga na próxima fase. O time paraense pode até perder por um gol, contanto que faça pelo menos um gol (2 a 1, 3 a 2, etc). Para ficar com a vaga, o Alvinegro precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Se vencer por 1 a 0, leva a decisão para os pênaltis.
Paysandu x ABC - Carlos Alberto (Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu) 
Papão venceu o jogo de ida contra o ABC por 1 a 0, 
no Estádio da Curuzu (Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)
Confira os relacionados:
Goleiros: Saulo e Gilvan;
Laterais: Reginaldo, Lima e Marcílio;
Zagueiros: Suéliton, Leandro Amaro, Maurício e Mael;
Volantes: Fábio Bahia, Rafael Miranda e Michel;
Meias: Erivélton, Ronaldo Mendes, Wellington Bruno e Chiclete;
Atacantes: Kayke, Fabinho Alves, Júlio César e Bruno Luiz.
Por Natal

Presidente da Ceaf-RN envia protesto contra árbitro de Águia e América-RN


Coronel Ricardo Albuquerque, presidente da Comissão de Arbitragem da FNF (Foto: Jocaff Souza)Coronel Ricardo Albuquerque, presidente da Ceaf-RN (Foto: Jocaff Souza/GEsporte.com)

A atuação do árbitro maranhense Ranilton Oliveira de Sousa no jogo entre Águia de Marabá e América-RN, na estreia das duas equipes na Série C do Campeonato Brasileiro, será alvo de protesto da Comissão Estadual de Arbitragem do Futebol (Ceaf) do Rio Grande do Norte. Durante a partida, o árbitro expulsou dois jogadores - o volante Maguinho e o atacante Adriano Pardal, além do técnico Roberto Fernandes. Conforme o presidente da entidade, coronel Ricardo Albuquerque, a Ceaf-RN e o América-RN enviaram materiais de vídeo à Comissão Nacional de Arbitragem (Conaf) para a análise dos dirigentes. O representante da comissão nacional, Sérgio Corrêa da Silva, já foi informado pela entidade norte-rio-grandense sobre o fato, que espera pelo restante dos vídeos para abrir um processo administrativo. Ricardo Albuquerque lembrou que a Ceaf-RN realizou o mesmo procedimento a favor do ABC, por conta do gol invalidado contra o Paysandu, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, em Belém. O mesmo procedimento que tomamos diante do ABC no jogo contra o Paysandu será adotado para o América-RN. A Ceaf tem que ficar atenta aos nossos clubes filiados. Nós queremos que se aplique a regra e que não haja prejuízo aos nossos clubes. Enviei alguns vídeos para o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Sérgio Corrêa da Silva. Estamos aguardando o envio do material completo pelos dirigentes do América-RN para que seja enviado à comissão nacional - disse coronel Ricardo Albuquerque. Para o gerente de futebol do América-RN, Carlos Moura Dourado, o clube já solicitou as imagens à emissoras de televisão que acompanharam o jogo entre Águia de Marabá e América-RN. Estamos solicitando as imagens a uma emissora de televisão para entregar ao representante da comissão de arbitragem do RN. O nosso departamento jurídico está em contato com o coronel Ricardo (Albuquerque) e acredito que o protesto causará resultado - finalizou.
Por Natal

Clube revela atraso na folha

Se dentro de campo o América briga em duas frentes: série C e na Copa do Brasil, fora dele a diretoria do clube trava uma batalha incômoda: levantar recursos para quitar a folha de pagamento do departamento do futebol que está completando 14 dias de atraso hoje. Segundo o executivo de marketing do alvirrubro, Alex Padang, o clube hoje voltou a depender exclusivamente de seus torcedores e eles pretendem realizar esse pagamento, com a injeção de novos recursos oriundos da campanha de sócio-torcedor. “Precisamos fazer 300 novas inscrições no programa de sócio para colocar as coisas em dia”, afirmou Padang.
Júnior SantosAlex Padang busca adesão de novos sócios para o pagamento da folha 
Alex Padang busca adesão de novos sócios para o pagamento da folha
“A série C é uma guerra, a Copa do Brasil também está se tornando cada vez mais difícil passar de fase. Mas precisamos continuar vivo dentro dessa competição para fazer que novos recursos entrem no caixa do clube e nos permita brigar pelo acesso a série B. A grande diferença do América em relação aos seus adversário diretos nessa luta para subir, é que nós temos um time pronto. Agora temos de tentar arranjar recursos para manter o elenco”, destacou o dirigente. Já projetando a partida contra o Icasa, onde espera ver um bom público na Arena das Dunas, Padang disse que foram tomadas novas resoluções em reunião com os representantes da consórcio que administra o estádio. “A partir de agora criança até dez anos não paga mais para ver jogos do América. O sócio em dia terá direito a adquirir, exclusivamente na sede do clube, um ingresso em valor promocional no valor cheio de R$ 30 e R$ 15 se for levar um estudante ou idoso”, informou. Para os não sócios, os ingressos estarão a venda a partir de amanhã ao preço de R$ 40 (inteira) com esse valor sendo cobrado até o sábado. O torcedor que deixar para comprar no domingo já vai pagar R$ 50, mas comprando pelo site da Arena das  Dunas, mesmo no domingo, o ele terá 10% de abatimento no valor final. “Tomamos essa medida por que nós estamos querendo evitar a formação de longas filas nas bilheterias. Queremos facilitar, ao máximo, a chegada dos torcedores”, salienta Alex Padang.
Representação
A Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (Ceaf) vai fazer representação na Cobraf contra o árbitro maranhense Ranilton Oliveira de Sousa, que expulsou Maguinho e Adriano Pardal, além do treinador Roberto Fernandes na partida diante do Águia, em Maraba-PA. O processo será idêntico ao realizado contra o juiz da partida entre Paysandu x ABC, pela Copa do Brasil, na semana passada: o amazonense Antônio Carlos Pequeno Frutuoso, que foi suspenso pelos erros cometidos no jogo, anulando gol lícito dos potiguares. O presidente a Ceaf-RN, coronel Ricardo Albuquerque, disse que com a medida a FNF não pretende proteger seus filiados. “Nós vamos representar contra o árbitro por que entendemos que ele errou e foi muito confuso na partida, causando sério prejuízo ao América que acabou o jogo com nove atletas em campo. Ninguém está querendo proteção para os clubes potiguares, ao contrário, nós estamos exigindo que as regras sejam aplicadas de forma correta apenas”, argumentou Albuquerque.
Fonte: Tribuna do Norte

Em Natal, ABC tenta reverter vantagem do Paysandu para avançar


Paysandu x ABC - Carlos Alberto (Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)Paysandu venceu o ABC no jogo de ida (Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)

ABC e Paysandu duelam nesta terça-feira por uma vaga para a terceira fase da Copa do Brasil. O Alvinegro joga em casa, no Estádio Frasqueirão, e precisa vencer por dois gols de diferença para assegurar a classificação. Por ter vencido por 1 a 0 em Belém, o Papão só precisa de um empate em Natal. Se os donos da casa devolverem o placar do jogo de ida, a decisão será nos pênaltis. A partida começa às 19h30. Apesar de a missão ser complicada, o ABC está confiante, principalmente após a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. O triunfo fora de casa sobre o Criciúma chamou atenção dos torcedores pela escalação de Josué Teixeira, que montou o time no 4-5-1, com Kayke isolado na frente. Como a fórmula deu certo, o comandante alvinegro vai repeti-la e espera contar com o apoio da torcida para conquistar a classificação. A única baixa é o volante Dedé. No Paysandu, são duas derrotas em dois jogos pela Série B. Os resultados, no entanto, não correspondem ao desempenho da equipe, que acabou sendo prejudicada pela arbitragem nos dois confrontos. Na Copa do Brasil, o Papão mantém o sonho de chegar à terceira fase pelo terceiro ano consecutivo. Mesmo com a vantagem adquirida em casa, o discurso do técnico Dado Cavalcanti é buscar o resultado positivo em Natal.
Por Natal

TV Mecão - Águia 1x1 América | Série C 2015

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Artilheiro do Ano: Max volta ao topo; Fred e Ricardo Oliveira entram na lista


Max - América-RN x ABC (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)Max chegou a 17 gols no Prêmio Artilheiro do Ano (Foto: Jocaff Souza/GEsporte.com)

Depois de quatro semanas afastado da ponta, Max reassumiu a liderança no Prêmio Artilheiro do Ano. O atacante fez o dele no jogo de ida da Copa do Brasil, na vitória por 4 a 2 em cima do Atlético-GO e está empatado, com Rafael Oliveira. Rafael, que ficou duas semanas sem atuar por conta de uma torção no tornozelo, parece estar ainda recuperando o ritmo de jogo e precisa abrir o olho se quiser manter a posição conquistada até aqui. Representante da Série A, Rafhael Lucas, do Coritiba, continua na briga e chegando cada vez mais perto das primeiras colocações. O jogador foi decisivo no jogo contra o Fortaleza pela Copa do Brasil no meio da semana, fez o segundo do Coxa, que conquistou a vaga para a próxima fase da competição nos pênaltis. Leandro Damião também segue vivo na briga pela artilharia, fez o décimo terceiro dele e brilhou na classificação do Cruzeiro na Libertadores. Quem voltou a aparecer na lista do Prêmio Friedenreich foram Fred e Ricardo Oliveira. O atacante do Peixe garantiu a vitória, no jogo de volta da Copa do Brasil, contra o Maringá. Já o atacante tricolor, mesmo marcando não conseguiu evitar a derrota por 4 a 1, para o Atlético-MG no Mané Garrincha, pelo Brasileiro. Fred fez o dele de pênalti, já nos últimos minutos de jogo.
Prêmio Friedenreich (Foto: futdados)

Vale ressaltar que somente competições oficiais envolvendo clubes brasileiros fazem parte da disputa do Prêmio Artilheiro do Ano: a primeira divisão de todos os estaduais do país, as Séries de A a D do Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil, a Copa do Nordeste, a Copa Verde, a Taça Libertadores da América, a Copa Sul-Americana, a Recopa Sul-Americana e o Mundial de Clubes.
O PRÊMIO

O troféu do Prêmio Friedenreich é uma iniciativa do programa "Globo Esporte", da TV Globo, em parceria com o GLOBOESPORTE.COM. E a disputa pelo troféu é bastante democrática - e, com isso, acirradíssima. Todos os que disputam as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro estão na briga. Além dos gols marcados nas quatro divisões da competição, serão contabilizados os feitos nos Estaduais (apenas da primeira divisão), Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Taça Libertadores, Copa Sul-Americana, Recopa Sul-Americana e Mundial de Clubes da Fifa.
O HOMENAGEADO
Se Charles Miller trouxe a bola para o país e deu, com isso, o pontapé inicial para aquela que se tornou a grande paixão nacional, Artur Friedenreich foi um dos pioneiros do talento "made in Brazil". Ainda que existam controvérsias sobre o número de gols marcados pelo atacante - uma estatística aponta 1.329, apesar de outras assegurarem pouco mais de 500 -, a história, seja pelos recortes de jornais ou pelos testemunhos dos já saudosos bisavós, confirma que Fried foi um jogador extraordinário. Conquistou sete títulos paulistas (seis pelo Paulistano e um pelo São Paulo da Floresta, que deu origem ao atual São Paulo Futebol Clube), uma Copa Rocca (1914) e dois Sul-Americanos (1919 e 1922) pela seleção brasileira. Ainda no Campeonato Paulista se consagrou como artilheiro em oito edições.
Por Rio de Janeiro