O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 8 de agosto de 2015

Sociedade e Palmeiras sofrem, mas se classificam pelo troféu Edgard Montenegro

Os dois jogos realizados hoje na tarde de hoje no Estádio Edgarzão pelo Campeonato Assuense de Futebol Amador 2015- Troféu Edgard Montenegro terminaram empatados e as definições das vagas só vieram depois das cobranças dos tiros livres da marca do pênalti. No primeiro jogo Fluminense e Sociedade de Nova esperança fizeram um confronto muito movimentado e equilibrado, o placar não poderia ser outro, empate em 3 a 3. Michel Platini, Matheus Kelvin e Alexandre Carneiro fizeram os gols do time tricolor da Bernardo Viera enquanto que Fco. Aldefran, Evanio Henrique e Fco Tadeu(contra) marcaram para o Sociedade de Nova esperança. A disputa da vaga foi para os tiros livres da marca do pênalti e aí o Sociedade levou a melhor e venceu por 3 a 2.
Na segunda partida deste sábado um novo empate no tempo normal em 0 a 0 entre o atual Campeão Assuense, que é o Palmeiras do Alto São Francisco e o atual Vice, a Portuguesa da Lagoa do Ferreiro de Fora. E novamente a vaga foi decidida nos pênaltis. O Palmeiras conseguiu ficar com a  vaga e avançar para a próxima fase ao vencer por 5 a 4. Com os resultados, Sociedade e Palmeiras se enfrentam pela quartas de final da competição.
Texto e Imagens: L. Filho

ABC perde pênalti nos acréscimos e Mogi Mirim garante empate em casa


Mogi Mirim x ABC Erivélton Paulão (Foto: Reprodução)Pisão do zagueiro Paulão em Erivélton tirou o meia do ABC da partida (Foto: Reprodução)

O duelo entre Mogi Mirim e ABC, no Estádio Romildo Ferreira, foi um toma lá da cá do começo ao fim e só terminou aos 50 minutos do segundo tempo, com um empate em 2 a 2. O resultado mantém as duas equipes na zona de rebaixamento - o Mogi na 19ª colocação, com 15 pontos e o Mais Querido na 17ª posição, com 17 pontos. Os gols do time paulista foram marcados por Paulão e Rivaldinho, enquanto Rafael Miranda e Bismark balançaram as redes a favor do Alvinegro. A partida foi marcada por jogadas muito violentas, principalmente a eque tirou de campo o meia Erivélton, que saiu de campo aos prantos e com suspeita de fratura no tornozelo direito. No final do jogo, Bismark ainda perdeu um pênalti e desperdiçou a chance do time abecedista conquistar os três pontos. A próxima rodada acontece na terça-feira. O Mogi Mirim viaja a Recife para enfrentar o Santa Cruz, no Arruda. O jogo acontece às 19h. O ABC faz a segunda partida fora de casa, desta vez vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo. A partida está marcada para o Estádio Engenhão, às 21h30.
O jogo
A baixa qualidade técnica ficou evidente no primeiro tempo entre Mogi Mirim e ABC. Foram cinco cartões amarelos, todos em jogadas com muita violência. A exceção foi o goleiro Saulo, que retardou uma jogada e foi punido. Em um lance imprudente, o zagueiro Paulão exagerou na marcação e deu um pisão no tornozelo direito de Erivélton, que deixou o campo aos prantos. As jogadas com maior destaque surgiram a partir dos 26 minutos. Rivaldo cobrou uma falta perigosa e a bola passou bem próxima da trave de Saulo. A resposta do ABC foi aos 30 minutos. Edno mandou a bola na área e Rafael Miranda desviou de cabeça para abrir o placar. O Mogi não deu tempo para o Alvinegro comemorar e Paulão, aos 33 minutos, também de cabeça, empatou a partida. Na segunda etapa, o Mogi Mirim até que começou mais forte, com Rivaldo tentando de cabeça surpreender o goleiro Saulo. Após escanteio pela direita, o camisa 10 mandou a bola na trave. Do outro lado, o Alvinegro chegou ao segundo gol no jogo com Bismark. O meia avançou em velocidade pela esquerda, cortou para a entrada da área e acertou um belo chute, sem chances para o goleiro Daniel.O Mogi ainda tentou com Paulão, mas o zagueiro chutou a bola em cima de Saulo, que mesmo caído, conseguiu a defesa. Em outra jogada, em um chute de longe de Edson Ratinho, o camisa 1 se esticou todo e mandou a bola para fora. A insistência do Mogi acabou premiada aos 42 minutos. Após escanteio pela direita, Rivaldinho aproveita um desvio na bola e empata o jogo. Nos acréscimos, após a arbitragem prolongar a partida por mais cinco minutos, O ABC ainda teve um pênalti ao seu favor. Na cobrança, Bismark bateu mal e o goleiro Daniel fez a defesa.
Por Mogi Mirim, SP

Independente vence e avança na Copa dos Campeões

O Independeste de olho Dágua Piató(Foto) é mais uma equipe que consegue carimbar o seu passaporte para a próxima fase da Copa dos Campeões em Assu, edição 2015; Jogando na tarde deste sábado no Estádio Edgarzão, o time venceu o Vilence/Cruzeiro de Morada Nova pelo placar de 2 a a 0, os gols do Independente foram marcados por Janderson e Gilgleydson. Já Pelo Campeonato da cidade o time do Independente tem outra decisão no próximo sábado(14/08) quando enfrenta o Real Juventude também em jogo de mata a mata.
Texto e Imagem: L. Filho

Análises do amistoso entre ASSU e Upanema

Amistoso entre ASSU e Upanema termina empatado e com oito gols

Um jogo movimentado com oito gols. Assim foi o amistoso entre ASSU e Upanema disputado na noite desta sexta- feira, no Estádio Edgarzão. Um bom teste para o Camaleão do Vale prestes a estrear na Segunda Divisão do Campeonato Potiguar. Uma oportunidade para o técnico Reginaldo Souza corrigir as falhas no ataque e no sistema defensivo. No primeiro tempo o time de Upanema fez 2 a 0 e obrigou o ASSU a correr atrás do prejuízo. Na segunda etapa o alviverde mostrou mais disposição e domínio das jogadas principalmente explorando a velocidade de Duduzinho e Índio Oliveira pelo lado esquerdo de ataque de onde saíram as melhores jogadas incluindo os quatro gols marcados pelo time assuense. No final as duas equipes saíram de campo com um empate em 4 a 4.
Ficha Técnica
ASSU 4 X 4 Upanema
ASSU: Reinaldo, Pará, Jonathan(Arthur Potiguar), Romeu e Mythiael(Roldão Neto; Lano(Marcelo Assu), Jair(Pablo), Indio Oliveira(Tulio) e Cleton(Breno); Val Paraíba(Jefinho e Duduzinho(Adílio). Téc. Reginaldo Sousa
Upanema: Wendel, Paulinho(Souza), Veber, Genário e Yuri; Rodrigo(Juninho Silva), Pedrinho(Ledson), Temberg e Diêgo; Rodrigues e Cledinaldo. Téc. Vivi
Fonte: TV Camaleão

Max vai a julgamento no STJD e pode desfalcar América-RN por até 12 jogos

O América-RN pode ter um importante desfalque para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro. O atacante Max, terceiro maior goleador do ano com 20 gols, foi citado em processo pela Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por conta da expulsão no jogo contra o Botafogo-PB, no dia 26 de julho, pela nona rodada da Terceirona, e pode pegar um gancho de até 12 partidas. O lance aconteceu aos 25 minutos do primeiro tempo, quando em uma disputa de bola no meio-campo, o atacante deu uma cotovelada no zagueiro do Belo, André Lima, e recebeu o cartão vermelho direto, aplicado pelo árbitro cearense Léo Simão Holanda. O jogo acabou com a vitória da equipe paraibana, por 1 a 0. O atacante, de 32 anos, foi indiciado no art. 254-A, que cita em texto "praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente". O processo ainda cita o inciso I, que fala em "desferir dolosamente soco, cotovelada, cabeçada ou golpes similares em outrem, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido". A pena para este caso pode ser de quatro a 12 partidas.
Max atacante do América-RN expulsão Botafogo-PB (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi) 
Árbitro Léo Simão Holanda expulsou o atacante Max
ainda no primeiro tempo (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Alheio aos problemas extracampo, o atacante está confirmado no América-RN para a partida deste domingo contra o Icasa, às 16h, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte. O duelo é válido pela 11ª rodada do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.

Após incidentes no Frasqueirão, ABC vai a julgamento no STJD na terça

Os incidentes ocorridos no jogo entre ABC e Bahia, válido pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio Frasqueirão, quando um isqueiro foi atirado ao campo pela torcida e um rojão explodiu ao lado do assistente de arbitragem, foram relatados na súmula da partida e vão parar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O clube será julgado em três artigos e poderá ser punido com multa de até de R$ 100 mil e a perda de mando de campo entre um e 10 jogos na competição. O julgamento será realizado na próxima terça-feira, pela Segunda Comissão Disciplinar do STJD.
ABC x Bahia bomba (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com) 
Rojão é atirado para dentro do Frasqueirão e explode
ao lado do assistente (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)

O ABC foi indiciado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. No primeiro, o artigo 206, o texto fala sobre o atraso do jogo, seja no início ou na volta após o intervalo, e diz que "dar causa ao atraso do início da realização de partida, prova ou equivalente, ou deixar de apresentar a sua equipe em campo até a hora marcada para o início ou reinício da partida, prova ou equivalente". A pena para esse caso é com multa de R$ 100 a R$ 1 mil. A segunda citação é quanto ao inciso III do artigo 213, que fala na ocorrência de "lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo", e prevê uma pena de multa de R$ 100 a R$ 100 mil. Além de um isqueiro, que atirado pela torcida do ABC após o segundo gol do Bahia, um rojão foi lançado do lado de fora do estádio e caiu próximo ao assistente Renan Aguiar da Costa, e o árbitro Roger Goulart pediu para que o incidente fosse registrado na súmula. O caso também foi anexado ao processo, com a justificativa de que "quando a desordem, invasão ou lançamento de objeto for de elevada gravidade ou causar prejuízo ao andamento do  evento desportivo, a entidade de prática poderá ser punida com a perda do mando de campo de uma a dez partidas, provas ou equivalentes, quando participante da competição oficial". A pena pode ser ainda mais agravada, se for contabilizado o artigo 184, que prevê que "quando o agente mediante mais de uma ação ou omissão, pratica duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas". 
Por Natal

Globo FC está definido contra o Colo Colo-BA

O clima de otimismo predominou durante a semana no Globo FC. Empolgados após a vitória na última rodada sobre o Serra Talhada, por 2 a 1, a equipe de Ceará-Mirim pulou para a vice-liderança do grupo 3, com quatro pontos, e sonha com a vitória sobre o Colo Colo-Ba, adversário deste domingo, para se aproximar do líder Campinense, que tem oito pontos, e folga nesta rodada.
Treino Globo FC (Foto: Divulgação) 
Higor César relacionou 19 jogadores do Globo FC
para enfrentar o Colo Colo-BA (Foto: Divulgação)

Ainda sem contar com o zagueiro Marcelo, que se recupera de dores musculares, o técnico Higor César deve manter o time do jogo passado. A única novidade na formação titular deve ser a estreia do lateral-direito Glaubinho, que voltou ao clube para a disputa da Série D. A delegação viaja na manhã deste sábado para Ilhéus. O time deve jogar com Rafael; Glaubinho, Emerson, Robson e Renatinho Carioca; Ramon, Joscicley, Miller e Marcel; Fabinho Cambalhota e Romarinho.
Confira a lista dos relacionados:
Goleiros: Rafael e Danilo;
Laterais: Glaubinho, Itto Cruz e Renatinho Carioca;
Zagueiros: Jamerson, Alex, Robson e Emerson;
Volantes: Leomir, Ramon e Josicley;
Meias: Renatinho Potiguar, Marcel e Miller;
Atacantes: Alexandre Acelora, Romarinho, Rodolfo Bastos e Fabinho Cambalhota.
Por Natal

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Técnico do América-RN se queixa de longas viagens de ônibus: "Terrível"


Roberto Fernandes - técnico do América-RN (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)Roberto Fernandes diz que América "se lasca" com as viagens longas (Foto: Carlos Cruz)

Além das dificuldades encontradas dentro de campo, o América-RN tem encontrado mais um fator complicador nesta edição da Série C do Campeonato Brasileiro: as longas viagens. Na manhã desta sexta-feira, o time seguiu viagem para Juazeiro do Norte, interior do Ceará. O trajeto superior a 600 km deve durar cerca de 10 horas de ônibus e o desgaste é grande, de acordo com o técnico Roberto Fernandes. É terrível! Aqueles jogadores que têm estatura mais elevada sofrem que não é brincadeira. Eu tenho 1,87m e ficar sentado durante oito ou nove horas, na hora que você levanta, parece que estava dentro de uma lata de sardinha. Infelizmente, há essa falta de investimento da CBF em relação à Série C. Na Série A e na Série B, a partir de 500 quilômetros é avião e na Série C a partir de 700 quilômetros. Geograficamente, o América-RN, com a licença da palavra, se lasca com Salgueiro, com Arapiraca e com Juazeiro do Norte. A gente fica numa distância de quase 700 km, então tem que ir de ônibus. Então, geograficamente, essa nossa é uma chave que nos prejudica um pouco nesse quesito de desgaste - destaca o treinador.  A equipe rubra viajou de forma antecipada justamente para ter o sábado inteiro para se recuperar. Está previsto um treino regenerativo pela manhã, em Juazeiro do Norte. Com um jogo complicado diante do Icasa, Fernandes não esquece também dos duelos envolvendo os adversários diretos do grupo. No mesmo momento em que o Mecão encara o Verdão do Cariri, o Salgueiro joga contra o Águia no interior do Pará. - O Salgueiro vai ter um jogo difícil. Joga praticamente na mesma condição nossa. Enfrenta o Águia em Marabá e o Águia também na zona de rebaixamento, no desespero. Eu acho que, entre América-RN e Salgueiro, aquela equipe que conseguir uma vitória fora de casa, em cima de um adversário desesperado, aí sim dá um salto importante - lembra. O jogo entre Icasa e América-RN é válido pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro e acontece no domingo, às 16h, no Estádio Romeirão. O Alvirrubro é quarto colocado do Grupo A, com 17 pontos. O clube cearense é lanterna do grupo, com apenas três pontos.
Por Natal

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Técnico do ABC define elenco contra Mogi Mirim-SP e promete ‘atitude mais forte’


Toninho promete mudanças no estilo de jogo da equipe alvinegra (Foto: Wellington Rocha/PortalNoAr)
Toninho promete mudanças no estilo de jogo da equipe alvinegra
(Foto: Wellington Rocha/PortalNoAr)

O técnico do ABC, Toninho Cecílio, convocou 19 jogadores para a partida decisiva contra o Mogi Mirim-SP, que acontece no próximo sábado (8). O treinador prometeu mudanças em relação à maneira que a equipe vem atuando. “Temos que ter uma atitude mais forte. A gente vai tentar um modelo de jogo diferente. Vamos controlar mais a partida através da marcação e da posse de bola”, afirmou Toninho que ainda não venceu em três jogos a frente do Alvinegro na Série B. Toninho Cecílio ainda não contará com o lateral Ednei e o volante Márcio Passos. Recém-chegados os jogadores estão em processo de regularização. O meia Ronaldo Mendes, que continua se recuperando da cirurgia no joelho, também não aparece na relação.  A novidade entre os relacionados é o retorno do zagueiro Leandro Amaro, que passou por um período de intensos treinos físicos e volta a ficar à disposição do treinador. Na 17ª posição da Série B, o ABC espera se valer do bom retrospecto que tem na competição jogando fora de casa para derrotar o Mogi Mirim. Longe de Natal, o Alvinegro conquistou 75% dos 16 pontos que obteve até aqui na no campeonato nacional.
Confira a relação completa do treinador Toninho Cecílio:
Goleiros: Saulo e Gilvan;
Laterais: Reginaldo e Marcílio;
Zagueiros: Luizão, Leonardo Luiz e Leandro Amaro;
Volantes: Rafael Miranda, Dedé, Fábio Bahia, Michel e Neto;
Meias: Wellington Bruno e Erivélton;
Atacantes: Edno, Fabinho Alves, Rafael Oliveira, Rafinha e Bismark.

Por Ayrton Freire/Portal no Ar

Romeu e Lano, "Temos a obrigação de voltar o Camaleão para a primeira divisão."

Foto: Fábio Oliveira
O zagueiro Assuense Romeu, revelado pelo próprio ASSU e com boas passagens por outros clubes do RN, além de ter tido a experiência de uma Copa São Paulo de Futebol Juniores, e o volante Itajaense Lano três vezes campeão do RN sendo uma, em 2009 pelo próprio Camaleão, estiveram juntos defendendo o Baraúnas de Mossoró na última temporada, agora estão juntos mais uma vez com uma missão extremamente  mais difícil que é o de recolocar o ASSU de volta a primeira divisão do futebol do RN. Para isso acontecer a dupla sabe que assim como eles, ninguém pode errar, pois além de ser uma competição de tiro curto, os adversários são muito difíceis, além do que apenas um, o campeão terá a vaga assegurada para a elite de 2016. Tanto Romeu quanto Lano afirmaram que este grupo que está aí, sob o comando do técnico Reginaldo Souza tem a obrigação de conseguir este feito, a torcida Assuense agradece.

Texto: L. Filho  

Toninho Cecílio comanda coletivo tático com o grupo

O elenco abecedista realizou na tarde desta quarta-feira (5/08), no CT Alberi Ferreira de Matos, mais um treinamento em preparação para a partida contra o Mogi Mirim/SP, marcada para o sábado (8/08), às 21h, no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim (SP).
O jogo será válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O treinador alvinegro, Toninho Cecílio, conversou com o grupo, dividiu os times e depois comandou um coletivo tático em campo reduzido. O técnico paralisou as jogadas algumas vezes para corrigir detalhes, orientar alguns atletas em especial e aproveitou para fazer teste na formação principal. No final, alguns jogadores complementaram a atividade com um treino de finalização através de cruzamentos e chutes a gol. O lateral Ednei e o volante Márcio Passos, recém-chegados, e o meia Ronaldo Mendes, que se recupera de cirurgia no joelho, realizaram um treino físico em separado. O grupo foi liberado depois da movimentação e retornará aos treinos na manhã desta quinta-feira (6/08), a partir das 8h30, no estádio Frasqueirão. Será o último treinamento do elenco antes da viagem.
Fonte: ABC F. C.

Volante do América-RN enumera dificuldades para duelo com Icasa


Judson - volante do América-RN (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)Judson é destaque do América-RN na Série C (Foto: Carlos Cruz/GloboEsporte.com)

O América-RN se prepara para enfrentar o lanterna Icasa neste domingo, em Juazeiro do Norte. Sem demonstrar qualquer discurso de favorito, a preocupação dos jogadores americanos é com a possibilidade de ser surpreendido pela equipe cearense. Na última colocação, o Verdão do Cariri marcou apenas três pontos em 10 rodadas. O Mecão, por outro lado, é o quarto colocado com 17 pontos. De olho na vitória, o Alvirrubro pode chegar à vice-liderança com uma combinação de resultados O volante Judson prega respeito ao adversário, mas quer contabilizar mais três pontos para se manter no G-4 do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Vamos para Juazeiro em busca da vitória. Sabemos que precisamos vencer, mas que na competição não tem jogo fácil, ainda por ser na casa deles (Icasa). A gente sabe que, se vencer, pode abrir cinco pontos do quinto colocado. Mas se a gente não conseguir pontuar ou fizer apenas um pontinho, a gente pode ficar de fora. Está muito embolado. Vamos buscar vencer, e vencer bem, para que possamos, contra o ASA, que é um confronto direto, passá-los na tabela- analisou. Judson destaca que as mudanças ocorridas no Icasa podem trazer novo ânimo ao time cearense. Ele também enumera alguns pontos que podem dificultar o toque de bola do Mecão. Eles (Icasa) mandaram nove jogadores embora, contrataram mais e querem mostrar trabalho. A oportunidade que eles têm é essa. Eles não vão querer ser rebaixados, apesar de estar na parte de baixo. Até hoje, eu não posso dizer qual foi o jogo da gente fácil. O campo pode nos prejudicar, além do horário da tarde, que naquela região é bem complicado. O América-RN é um clube grande, de camisa, e eles (Icasa) vão para o tudo ou nada. Mas nós também vamos para uma decisão, porque precisamos nos manter no G-4 e porque sabemos que vamos pegar jogos duros dentro de casa - finalizou. O América-RN mantém a preparação técnica e realiza nesta quinta-feira a última atividade com bola em Natal, na Arena das Dunas, a partir das 15h30. Na sexta pela manhã, o grupo segue viagem para Juazeiro do Norte.
Por Natal

ASSU fará mistoso contra Upanema nesta sexta-feira

Depois do jogo treino contra o Cruzeiro(time amador da cidade) onde venceu por 3 a 2, e em busca de dá mais ritmo a sua equipe até o dia da estreia na segunda divisão no próximo dia 22 de agosto contra o MEC em Mossoró, o técnico do Camaleão do Vale, Reginaldo Sousa pediu e a diretoria acertou um amistosos nesta sexta-feira(07/08) às oito da noite no Estádio Edgarzão contra a boa equipe de Upanema que também vinha se preparando para disputar a segundona este ano, mas que em virtude das dificuldades e da reforma do estádio Municipal, esta participação foi adiada. Upanema inclusive já disputou uma segundona e acabou perdendo em uma melhor de dois jogos para o Real Independente de Jardim de Piranhas. O ingresso custará apenas cinco reais ou dois quilos de alimentos não perecíveis; O alimento que for arrecadado servirá para abastecer a cozinha da casa do atleta.
Por L. Filho

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Kayke, ex-ABC assina contrato nesta quinta com o Flamengo


Kayke, atacante do ABC - craque do Campeonato Potiguar (Foto: Klênyo Galvão/GloboEsporte.com)Kayke foi o melhor atacante, craque e artilheiro do Potiguar (Foto: Klênyo Galvão)

O atacante Kayke, que estava no ABC, é o novo reforço do Flamengo para o setor ofensivo. O Rubro-Negro chegou a um acordo com os potiguares sobre o pagamento da multa de liberação do atleta, que assinará contrato nesta quinta-feira para retornar ao clube que o revelou. A informação foi confirmada pelo empresário de Kayke, Reinaldo Pitta, ao GloboEsporte.com. - Está tudo certo, tudo resolvido. Amanhã (quinta) assinaremos contrato - disse o agente, por telefone, no fim da noite de quarta, sem entrar em detalhes sobre os valores. Vice-artilheiro da Série B com oito gols, Kayke a princípio chega para compor elenco e ser o reserva de Paolo Guerrero, uma vez que é centroavante e os demais atacantes do grupo rubro-negro atuam mais pelas pontas. Kayke, de 27 anos, atuou por 12 anos nas categorias de base do Flamengo, onde, segundo suas próprias contas, marcou mais de 200 gols. Como profissional na Gávea fez apenas quatro jogos, todos disputados no Campeonato Brasileiro de 2007, à época aos 19 anos, e não balançou a rede. Entre a saída do Fla e a chegada ao ABC, o jogador passou pelo futebol da Suécia, da Noruega, da Dinamarca e de Portugal, além de clubes brasileiros como Paraná e Atlético-GO.
Por Rio de Janeiro

“Baraúnas está inviabilizado”, diz presidente interino. Clube deve ter eleições em um mês

Presidente nomeado pela Justiça, Zé Carlos de Brito diz que o Baraúnas está inviabilizado. (Foto: Marcos Santos/Jornal De Fato)
Presidente nomeado pela Justiça, Zé Carlos de Brito diz que
o Baraúnas está inviabilizado. (Foto: Marcos Santos/Jornal De Fato)
Com dívidas que chegam à casa dos R$ 400 mil, e após a revelação, mês passado, de que o clube não tinha um diretoria legalmente constituída desde 2005, o Baraúnas mergulha cada vez mais fundo em um poço de incertezas. Na noite desta quarta-feira (5), em entrevista no programa Panorama Esportivo, da Rádio Difusora de Mossoró (1.170kHz), o advogado do clube, José Carlos de Brito, nomeado presidente interino pela Justiça, em despacho do Juiz Herval Sampaio, da 2ª Vara Cível de Mossor, fez revelações e confirmou posições que traduzem a realidade do Tricolor. Indagado sobre a situação do clube com reclamações na Justiça do Trabalho, Zé Carlos não fantasiou: “Tem umas 20 ações trabalhistas. Hoje, quem aciona o clube na Justiça já sabe o caminho: pede logo o bloqueio do patrocínio da Prefeitura, como fez Samuel Cândido (técnico)”. Como presidente nomeado, Zé Carlos, que não pretende demorar no cargo, disse que vai convocar eleições para setembro, dando prazo para o novo presidente arrumar a casa antes da temporada 2016. Ultimamente, as eleições estavam sendo realizadas em novembro. Antes, elas ocorriam em janeiro, mês de aniversário do clube. “Para isso vamos ter de alterar o estatuto”, admitiu. Sobre o fato de o Baraúnas vir trabalhando de forma irregular, devido a falta de diretorias legalmente constituídas, ele revelou que foram pelo menos oito atas que ficaram sem registro pelos dirigentes que assumiram o clube nos últimos dez anos. “A última ata registrada foi em 2005, depois daquele jogo do Vasco aqui, pela Copa do Brasil”, revelou. Para piorar, não há mais como oficializa-las, pois o livro contendo esses registros, foi extraviado. Sobre a possibilidade de não aparecer pretendente no próximo pleito, Zé Carlos brincou: “Não acho que o Baraúnas fica sem presidente. Se não aparecer ninguém, Josirene Ribeiro assume”, previu, referindo-se à vice-presidente da gestão passada. Depois, mais sério, admitiu tomar uma posição drástica e que defende há alguns anos, diante do caos instalado no clube. “Se não tiver candidato, marco uma nova eleição. Não ocorrendo novamente, por falta de candidato, vou sugerir o fechamento do clube”, enfatizou.
Fábio Oliveira/F9.net.br

Presidente Dilma Rousseff sanciona MP do Futebol, que passa a ser lei

A presidente Dilma Rousseff sancionou, nesta quarta-feira, a MP 671, a MP do Futebol. O documento, que agora passa a ser lei, trata do refinanciamento das dívidas dos clubes de futebol com a União -  estimadas em cerca de R$ 4 bilhões - em troca de novas regras de gestão, incluindo o chamado "fair play" financeiro, que prevê o rebaixamento de inadimplentes. Os clubes interessados em parcelar seus débitos com maior prazo devem aderir ao Programa de Modernização do Futebol Brasileiro (Profut). Dilma vetou alguns itens e artigos inteiros do texto. Dentre os trechos vetados, está a isenção de impostos na Lotex, loteria que será criada, todo o capítulo V, que dispunha sobre o regime especial de tributação das sociedades empresárias desportivas profissionais, e o artigo que acabava com a multa de 100% do contrato caso um jogador fosse dispensado de um clube. A MP foi enviada para análise no Congresso Nacional no último dia 19 de março, após a assinatura da presidente. No entanto, o texto original sofreu mudanças na Câmara dos Deputados, no início de julho. Dentre as alterações, estão aumento do limite de gastos dos clubes com o futebol, que subiu de 70% para 80% da receita bruta obtida com a modalidade, além de alterações nas regras de redução de déficit financeiro aplicadas. Outra mudança foi a retirada do artigo que transformaria a seleção brasileira em patrimônio cultural - o que colocaria a CBF na mira do Ministério Público.
Dilma Rousseff assina MP do Futebol (Foto: Agência Brasil) 
Dilma Rousseff, em março, quando assinou a MP do Futebol;
projeto passa a ser lei (Foto: Agência Brasil)
O projeto aprovado na Câmara seguiu para o Senado, foi aprovado no último dia 13 de julho e nesta quarta foi sancionado pela presidente Dilma Rousseff. Os clubes que aderirem ao Profut poderão parcelar suas dívidas em até 240 vezes, de no mínimo R$ 3 mil, contando com redução de 70% das multas, de 40% dos juros e de 100% dos encargos legais. As primeiras 60 parcelas poderão ser reduzidas em até 50%, mas esse desconto deverá ser coberto posteriormente. Os clubes se comprometem a reduzir o déficit para 10% da receita anual a partir de 2017, e 5% a partir de 2019.  
Clubes que aderirem ao Profut poderão parcelar suas dívidas em até 240 vezes.
Débito com a União chega a R$ 4 bilhões
Para permanecer no programa, os clubes devem cumprir com uma série de contrapartidas: não poderão mais antecipar receitas, como os direitos de televisão, previstas para depois do término da gestão vigente (exceto um limite de 30% para reduzir a dívida), e só poderão usar 80% de suas receitas brutas obtidas com o futebol para o pagamento da folha salarial e direitos de imagem de atletas da modalidade. Os dirigentes agora poderão responder individualmente por práticas de gestão temerária durante seus mandatos. As punições pelo não cumprimento a tais exigências vão de inelegibilidade dos cartolas por até dez anos, afastamento do cargo, e a possibilidade de responder solidariamente por atos irregulares praticados em gestões anteriores. Buscar a transparência é justamente a essência do Profut. Queremos responsabilidade na gestão dos clubes, que haja um bom senso na renovação dos mandatos dos dirigentes de futebol, que tenha um limite, na verdade. Os clubes precisam se conscientizar da importância de ter um fair-play financeiro, pois em um futuro breve, colherão os frutos - comentou, ao portal do Ministério do Esporte, o Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Rogério Hamam.
o que diz a lei
DEVERES DOS CLUBES
- Publicar demonstrações contábeis padronizadas e auditadas
- Pagar em dia as obrigações tributárias, trabalhistas e direito de imagem
- Investir no máximo 80% da receita bruta com futebol
- Manter investimento mínimo e permanente nas categorias de base e no futebol feminino
- Respeitar as regras de transparência da Lei Pelé
- Não antecipar receitas previstas para mandatos futuros a não ser em caso de situações específicas
RENEGOCIAÇÃO
- Clubes que adotarem gestão transparente poderão parcelar dívidas em até 240 vezes, com redução de 70% das multas, de 40% dos juros e de 100% dos encargos legais
- Clubes devem reduzir déficit gradualmente até 2021
- Texto aprovado garante a manutenção da taxa Selic para corrigir o parcelamento das dívidas dos clubes
- Dirigentes esportivos poderão ser punidos por atos de gestão temerária
LOTERIAS
- Serão criadas duas loterias para angariar recursos para os clubes, além da já existente Timemania
- Do total da arrecadação da nova loteria, 65% serão para premiação; 10% para projetos de iniciação desportiva escolar do Ministério do Esporte; 2,7% para os clubes de futebol; 18,3% para despesas de custeio e manutenção; 3% para o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen); e 1% para a Seguridade Social
Por Brasília

Mesmo sem ritmo de jogo, lateral do ABC vive ansiedade por estreia


Ednei - lateral-direito do ABC (Foto: Divulgação/ABC)Ednei falou pela primeira vez como jogador do ABC (Foto: Divulgação/ABC)

Em meio às mudanças na equipe do ABC, com a saída de sete jogadores do time, incluindo o artilheiro Kayke, os jogadores buscam o melhor entrosamento para voltar a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Recém-chegado ao Alvinegro, o lateral-direito Ednei reforça que o momento é delicado para o clube na competição - o ABC está no Z-4 e ocupa a 17ª colocação, com 16 pontos -, mas garante que a situação vai melhorar nas próximas rodadas. O lateral realiza atividades para recuperar a forma física e ainda aguarda a publicação do seu nome no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol. Ansioso, já espera a oportunidade de estrear pelo Alvinegro. Tenho certeza que nesse segundo turno a gente vai encontrar as vitórias e brigar lá em cima. Creio que em mais alguns dias estarei pronto para jogar. Estou esperando por isso. É mais a parte da falta de ritmo de jogo, que você só adquire jogando. Creio que mais dois ou três dias eu vou estar à disposição dele (Toninho Cecílio) para ajudar o grupo - disse Ednei.
Por Natal

Cascata pede concentração ao América-RN: "Não podemos relaxar"


Cascata, meia do América-RN (Foto: Carlos Arthur da Cruz/GloboEsporte.com)Cascata quer recuperar pontos perdidos contra o Salgueiro(Foto:Carlos Cruz/GE)

Enfrentar um adversário que não vence há três rodadas e que está na zona de rebaixamento do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro não é sinônimo de jogo fácil. É com esse pensamento que o América-RN se prepara para enfrentar o Icasa no próximo domingo, em Juazeiro do Norte. Destaque da campanha rubra, Cascata lembra que é hora de recuperar os pontos que a equipe perdeu em duelo contra o Salgueiro na Arena Das Dunas, em Natal. Quando você enfrenta um adversário que não tem muita responsabilidade, seja pela vitória ou pela derrota, e que é franco atirador, é preciso ter muito cuidado. Eu encaro esse jogo diante do Icasa da mesma forma como eu encarei diante do Vila Nova. A gente tinha empatado um jogo diante do Salgueiro e precisava vencer um jogo fora, para que desse aquela equilibrada com os pontos que nós perdemos. Com certeza, esses pontos que perdemos dentro de casa diante do Salgueiro, hoje estão nos fazendo falta. Nós estaríamos com 19 pontos e o Salgueiro com 14 pontos e teríamos uma condição melhor - frisou o meia Cascata. No G-4 há três rodadas, o objetivo do Mecão é se consolidar no grupo que se classifica para a fase de mata-mata. Para isso, Cascata conta que, em um momento como esse, é necessário manter o foco e não pode haver relaxamento. O grupo sabe que precisa melhorar nossa pontuação, mas acredito que nem o próprio Fortaleza está confortável dentro da competição. Por mais que seja o líder, tenha seis pontos na nossa frente, mas a Série C é longa, e Roberto (Fernandes) sempre fala, pela quantidade de tempo que você fica sem jogar. Mas são poucos jogos. Se você se descuida, você acaba ficando para trás. Então, nós estamos a três pontos do segundo colocado, a dois do terceiro, e dois à frente do quinto. Nós não podemos, de maneira nenhuma, relaxar. Nosso objetivo era terminar o primeiro turno dentro do G-4 e, depois, procurar estar sempre nele no segundo turno. A partir do momento que conseguimos isso, vamos trabalhar com a possibilidade de passar aqueles que estão na nossa frente - disse. A receita para o bom momento vivido pelo clube e visto por quem pode acompanhar os treinamentos no CT de Parnamirim, segundo o camisa 110, é a dedicação diária do grupo para conquistar o acesso. O segredo da gente é muito trabalho, muita dedicação. Nós sabemos do que precisamos fazer e estamos procurando fazer. Algumas vezes, não conseguimos, mas isso não quer dizer que seja falta de dedicação, de empenho e nem de trabalho. Nosso time tem a consciência da grandeza do América-RN e estamos trabalhando para colocá-lo de volta à Série B. Temos consciência do que precisamos fazer e estamos trabalhando para que os nossos objetivos sejam alcançados - concluiu Cascata.
Por Natal

LAD - Escala de árbitros

PORTARIA Nº 025/2015
O Secretário da Liga Açuense de Desportos, no uso de suas atribuições determina a seguinte escala de árbitros para as partidas da 2ª fase do 22º Campeonato Assuense de Futebol Amador Adulto 2015 e da 1ª fase da Copa dos Campeões Assuenses de Futebol Amador 2015.
COPA DOS CAMPEÕES ASSUENSES DE FUTEBOL AMADOR
Data
Dia
Horário
Jogo
G
Confronto
08/08
Sab
14h45m
03
C
Independente x Vilence
Árbitro
Manasses Câmara de Souza
Assistente 1
Nalyson Jardel Soares Rodrigues
Assistente 2
José Genildo da Fonseca
Delegado
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Representante
Francisco Gelson de Macedo
CAMPEONATO ASSUENSE DE FUTEBOL AMADOR ADULTO
Data
Dia
Horário
Jogo
G
Confronto
08/08
Sab
16h40m
35
F
Fluminense x Nova Esperança
Árbitro
Michelon Luis Araujo de Souza
Assistente 1
Frankistein Marinho Bezerra
Assistente 2
Nalyson Jardel Soares Rodrigues
Delegado
Francisco Gelson de Macedo
Representante
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Data
Dia
Horário
Jogo
G
Confronto
08/08
Sab
18h20m
36
C
Palmeiras x Portuguesa
Árbitro
Jucimário Fernandes
Assistente 1
José Genildo da Fonseca
Assistente 2
Frankistein Marinho Bezerra
Delegado
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Representante
Francisco Gelson de Macedo
Assú - RN, 05 de agosto de 2015.
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Diretor Secretário