O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 16 de julho de 2016

MELHORES MOMENTOS - América-RN 1x1 Remo - Série C (16/07/16)

"Injustiça no placar", lamenta Diá após empate do América-RN em casa

O semblante de Francisco Diá após o jogo na Arena das Dunas mostrou que o técnico ainda não está satisfeito com o desempenho do elenco americano. Diá enfatizou a pressão exercida pelos jogadores rubros e a atuação de alguns deles, como os atacantes Raul, Reis, Thiago Potiguar e Luiz Eduardo, mas criticou a atuação do atacante Júnior Mandacaru, que substituiu Raul no intervalo da partida e, segundo o treinador, "sentiu a entrada no jogo". A partida terminou em 1 a 1 . Eu acho que houve uma injustiça no placar pelo volume de jogo que o América-RN apresentou no primeiro tempo. Os 15 primeiros minutos do segundo tempo não foram bons. O (Júnior) Mandacaru sentiu a entrada no jogo. É um jogador que chegou recentemente e entrou para substituir Raul, que sentiu a coxa. A gente perdeu esse jogada muito forte com a saída dele - criticou Diá.
América-RN x Remo Arena das Dunas - Francisco Diá (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)Francisco Diá criticou o desempenho de Júnior Mandacaru (dir.)
contra o Remo (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)
LEIA MAIS
Apesar de ter causado uma pressão no início do primeiro tempo e marcado o gol com apenas seis minutos, em boa jogada de Thiago Potiguar que tocou para Luiz Eduardo completar, o Mecão não soube aproveitar as diversas oportunidades na partida e acabou cedendo o empate ao Remo. O gol do Leão marcado pelo atacante Edno ainda teve uma falha do goleiro Camilo, que não chegou na bola. Com a terceira pior campanha como mandante no Grupo A da Série C, com um retrospecto de uma vitória no clássico contra o ABC; dois empates, com Botafogo-PB e Remo; e duas derrotas, para Fortaleza e ASA, o América-RN permanece longe do G-4. Mesmo assim, Francisco Diá acredita na evolução do grupo e confia que o volante Diego Silva, o lateral-esquerdo Arthur Henrique e o atacante Alex Henrique, recém-chegados ao clube, possam atingir um melhor condicionamento físico para os próximos jogos. O treinador espera que o returno da competição possa ser mais favorável ao Alvirrubro e consiga a classificação à segunda fase do campeonato. Sofremos aqueles 15 minutos de pressão do Remo, com os volantes pressionando mais com a saída do lateral pelo lado direito. Naquele momento, não precisávamos mais de lateral e fizemos a entrada do Alex Henrique e coloquei o (Felipe) Macena na direita e eles (Remo) se perderam um pouco e chegamos a criar várias chances de marcar. A equipe fez até um jogo melhor do que foi contra o Confiança (quando venceu por 2 a 0 em Aracaju, pela oitava rodada) e não saiu com o resultado positivo. É claro que foi um resultado péssimo, porque perder dois pontos em casa e com uma vitória talvez nós tivéssemos no G-4, mas nesses nove jogos que faltam, vamos em busca da classificação. Eu tenho certeza que esse time vai encorpar e vamos buscar os pontos fora de casa e brigar pela vaga - concluiu.
Por Natal'

ASA consegue virada sobre ABC e dorme na vice-liderança do Grupo A

O ASA conseguiu um resultado importante na noite deste sábado e venceu, de virada, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, o ABC por 2 a 1. O clube potiguar não perdia há cinco jogos nesta Série C. O resultado deixou o Fantasma, momentaneamente, na vice-liderança do Grupo A, com 15 pontos. Neste domingo, duas outras partidas entre Fortaleza e Botafogo-PB, na Arena Castelão; e Salgueiro e Confiança, no Estádio Cornélio de Barros, podem mudar a classificação do Grupo A. Com a derrota, o Mais Querido cai para a quarta posição e fica com os mesmos 14 pontos. Na próxima rodada, o ASA joga fora de casa no domingo, dia 24, contra o Confiança no Estádio Batistão, às 16h. No sábado, dia 23, o ABC joga em casa, no Estádio Frasqueirão, e faz o clássico potiguar com o América-RN, às 19h.
ASA x ABC, pela Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Jânio Barbosa / Arquivo Pessoal) 
ASA e ABC jogaram no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca
(Foto: Jânio Barbosa / Arquivo Pessoal)
O jogo
A disputa entre ASA e ABC valia ao Fantasma a entrada no G-4, enquanto o Mais Querido poderia assumir a liderança, mesmo que provisória, do Grupo A da Série C. Em um duelo muito complicado por conta da contestada atuação do árbitro carioca Bruno Arleu de Araújo, que não reprimiu as jogadas violentas e não expulsou o goleiro Thiago Braga, do ASA, que colocou a mão na bola fora da área no segundo tempo e recebeu apenas o cartão amarelo. No primeiro tempo, o time alagoano assustou em dois lances com o meia João Paulo e o atacante Dinélson, mas o goleiro Vaná esteve bem e fez as defesas. O clube abecedista teve o atacante Nando, um dos artilheiros o país com 17 gols na temporada, como titular. Porém, quem deu trabalho foi o atacante Jones Carioca, que obrigou o goleiro Thiago Braga a se esforçar muito durante a partida. Mas, o jogo teve poucas jogadas e ganhou emoção apenas nos acréscimos da etapa inicial, quando o experiente Lúcio Flávio cobrou uma falta pelo lado esquerdo e a bola passou por todo mundo e entrou, deixando o ABC na frente do placar.Na etapa final, o ASA conseguiu melhorar em campo e obteve a virada com dois gols em 16 minutos. O primeiro gol surgiu com o atacante Jean Carlos, que tentou um cruzamento pela lado direito e contou com o azar do estreante zagueiro Tiago Sala, que desviou a bola e tirou o goleiro Vaná do lance. O segundo gol aconteceu aos 33 minutos com Reinaldo Alagoano, que pegou um chute de primeira e estufou a rede do ABC.
Por Arapiraca, AL

América-RN e Remo empatam em 1 a 1 na Arena das Dunas


Gol Luiz Eduardo América-RN x Remo Arena das Dunas (Foto: Fabiano de Oliveira)Luiz Eduardo comemora gol com apenas 6 min. de jogos, (Foto: Fabiano de Oliveira)

O América-RN começou com tudo, marcou o primeiro gol com poucos minutos e parecia que iria ter uma tarde tranquila na Arena das Dunas. Porém, o clube potiguar não conseguiu manter o ímpeto inicial, viu o Remo crescer e equilibrar a partida, que terminou empatada em 1 a 1. Em noite inspirada, Fernando Henrique e Camilo (que se redimiu após a falha no gol azulino) foram os destaques da partida, justificando o resultado. Os gols foram marcados por Luiz Eduardo para o Mecão, aos 6, e Edno empatou ainda no primeiro tempo, aos 33. Com o resultado o Remo se mantém momentaneamente na 4ª colocação do Grupo A, com 13 pontos, mas pode ser ultrapassado no complemento da rodada por ASA e Salgueiro. Já o América-RN perde a chance de entrar na zona de classificação e fica estacionado na 7ª posição, com 12 pontos. Na próxima rodada o clube paraense volta para casa para enfrentar o Cuiabá, no Mangueirão, dia 25, uma segunda-feira. Antes disso, no próximo sábado, o Alvirrubro faz o clássico contra o ABC, no Frasqueirão.
América-RN x Remo Arena das Dunas (Foto: Fabiano de Oliveira)América-RN e Remo empataram em 1 a 1 na Arena das Dunas
(Foto: Fabiano de Oliveira)
Mecão começa arrasador
Jogando em casa, o América-RN iniciou a partida mostrando quem manda na Arena das Dunas. Com apenas um minuto de bola rolando Thiago Potiguar acertou um chutaço de fora da área, mas Fernando Henrique conseguiu fazer a defesa. O Mecão continuou pressionando até que Thiago Potiguar encontrou, aos 6, Luiz Eduardo bem posicionado na entrada da área do Remo, que bateu forte no canto direito e abriu o placar: 1 a 0 para o Alvirrubro. O Leão Azul paraense tentou equilibrar a partida em seguida, mas a equipe mandante, por conta da velocidade da sua dupla de armadores, era muito perigosa. Por isso, mesmo depois da pressão inicial, o América-RN ainda dominava a partida, girava a bola no campo de ataque e colocava os remistas na roda. A primeira boa jogada de ataque do Remo só aconteceu aos 30, mas Ciro exagerou no chute e mandou para fora. O Mecão arrefeceu e o Leão foi ganhando espaço e confiança. Tanto que apenas três minutos depois, aos 33, Ciro chegou bem na frente e rolou para Edno, que acertou um petardo de fora da área e o goleiro Camilo aceitou: 1 a 1. A reta final do primeiro tempo foi cheia de emoção, com o América-RN levando mais perigo ao adversário do que sendo agredido.
Remo equilibra e quase vira
Ainda no intervalo, Diá e Lemos decidiram mexer em suas equipes. No caso do Mecão, a troca foi forçada por conta de um desconforto muscular em Raul, substituído por Júnior Mandacarú. Já no Remo, o técnico decidiu repetir a alteração que havia feito contra o Fortaleza, na rodada passada: tirou Héricles, que já tinha cartão amarelo, para colocar Marcinho. Novamente o Leão melhorou e ganhou mais presença ofensiva. Passados os primeiros dez minutos o jogo ficou mais aberto. Mandantes e visitantes apostaram em jogadas pelas beiradas do campo e proporcionaram muitos lances de perigo. Edno quase virou para o Remo aos 15, e Fernando Henrique fez milagre aos 17, evitando o segundo gol do Mecão. Daí para frente foi o famoso “lá e cá”, com Remo e América-RN alternando momentos de maior e menor chegada ao ataque. Com atuações destacadas, Fernando Henrique e Camilo (apesar da falha no gol do Remo) acabaram sendo os destaques da partida, principais responsáveis pelo empate em 1 a 1.
Por Natal, RN

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Sacramento testa alternativas para ausências contra o Itabaiana

Foto: Allan Phablo
No último treino realizado na tarde desta quinta-feira (14), antes da viagem até Aracajú-SE, onde o Potiguar fica concentrado para o jogo do domingo (17), em Itabaiana, o técnico Emanoel Sacramento começou a montar o time que pretende disputar este jogo decisivo. Na dúvida em poder contar com Nininho, em tratamento de uma lesão na coxa esquerda, o técnico Alvirrubro acenou com a utilização o zagueiro Cláudio Baiano no setor. Em contato com a imprensa, o técnico não confirmou que já tenha tomado a decisão, mas ponderou a possibilidade. “É uma alternativa, mas nós ainda teremos mais dois treinos lá (Aracajú) para definirmos. Até lá, esperamos que o Nininho esteja recuperado”, comentou Sacramento. Com a utilização de Baiano na esquerda, o zagueiro Alemão ganha sua oportunidade para atuar ao lado de Victor e Anselmo, este último poupado devido um cansaço na panturrilha da perna esquerda, mas que deve atuar no domingo. Se Nininho é dúvida, o volante Sidney e o atacante Tiago Sousa são carta fora do baralho. Ambos pagam suspensão automática pela acúmulo do cartão amarelo. Para o lugar de ambos, o técnico príncipe não faz mistério e já cravou Rafael Potiguar e Ciel para preencher as lacunas. Ciel, inclusive, tem sido bastante elogiado devido suas boas atuações nos últimos jogos da equipe, se constituindo como uma forte opção para algumas posições, devido suas características. O provável time do Potiguar para enfrentar o Itabaiana tem Santos; Rossales, Alemão, Victor, Anselmo e Cláudio Baiano; Rafael Potiguar, Odair, Jozicley e Tiago Barreiros; e Ciel.
Fábio Oliveira/F9.net.br

América-RN treina na Arena das Dunas e Arthur Henrique é testado

O América-RN enfrenta o Remo neste sábado com a missão de vencer para voltar o G-4. O duelo é válido pela última rodada do primeiro turno do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. O retrospecto do Mecão em casa não é tão favorável. Das quatro partidas na Arena das Dunas, venceu apenas uma, no clássico com o ABC. Os outros três resultados foram um empate com o Botafogo-PB e as derrotas para Fortaleza e ASA. Com apenas quatro pontos obtidos em Natal e um aproveitamento de 33,3%, o técnico Francisco Diá espera reverter essa situação e realizou um trabalho muito forte no palco do jogo. Da equipe que venceu o Confiança, a única certeza é a entrada de Camilo no gol, que substitui o suspenso Daniel. Outras modificações ainda são incertas, como os casos do lateral-esquerdo Arthur Henrique e do meia-atacante Alex Henrique, que estão regularizados e participaram de uma parte da atividade entre os titulares. O time titular treinou com Camilo; Everton, Cleber, Maracás e Richardson; Memo, Felipe Macena, Reis e Thiago Potiguar; Raul e Luiz Eduardo. Arthur Henrique foi testado no lugar de Reis, enquanto Alex Henrique substituiu Luiz Eduardo. Diá elogiou a qualidade da dupla, mas espera uma confirmação dos preparadores físicos para relacionar os atletas. Vou manter uns 90%. Uma equipe que está ganhando precisar ter um conjunto maior e a nossa pretensão é dar uma continuidade à equipe que enfrentou o Confiança. Agora, é claro que Arthur Henrique e Alex Henrique treinaram bem, não estão no melhor da forma, mas eu vou conversar com o preparador físico para saber se nós levamos para o jogo ou se damos um tempo maior para treinar e ficar para o jogo seguinte. Eu gostei muito da movimentação quando os dois entraram ao lado do Thiago Potiguar, porque são três jogadores rápidos, de habilidade e o lado esquerdo com o Arthur, em jogada de linha de fundo, que é a maior dificuldade do América-RN em alguns jogos que a gente tem feito e que vi ao longo do campeonato - analisou o treinador.
LEIA MAIS
América-RN reintegra Lúcio Curió, mas técnico diz que não vai utilizá-lo
Na sétima posição, com 11 pontos, o América-RN tem um confronto direito na busca pelo G-4. O Remo, que venceu o Fortaleza na última rodada, ocupa o quarto lugar, com 12 pontos. Uma vitória sobre os paraenses pode garantir o Mecão entre os líderes. Para que isso aconteça, Francisco Diá define a partida como uma decisão e convoca os torcedores americanos para incentivarem os jogadores rubros.
Treino do América-Rn Francisco Diá Arena das Dunas (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com) 
Diá esteve durante o treino motivando o grupo americano
e quer uma vaga no G-4 (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)
Nós encaramos cada jogo como uma decisão. Se nós quisermos algo na competição, e o nosso objetivo é pensar na classificação, e esse não vai ser diferente. Precisamos manter os pés no chão e ter a mesma cautela dos dois últimos jogos para não sermos surpreendidos, porque vamos enfrentar uma equipe que vem motivada, que venceu o Fortaleza, e vai ser um jogo muito difícil. Esperamos que a torcida venha ao jogo, nos incentive a buscarmos mais uma vitória e, quem sabe, entrando nesse G-4 - finalizou.
Por Natal

Geninho define ASA como "perigoso" e projeta virada do turno no G-4


Geninho técnico do ABC (Foto: Frankie Marcone/ABC)Geninho lembra que jogar em Arapiraca é sempre difícil (Foto: Frankie Marcone/ABC)

O Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, hoje, tem sete equipes na briga pelo G-4. O ABC conseguiu sua "vaguinha" na última rodada, passando a ocupar a terceira posição. O ASA, adversário deste sábado, caiu para a sexta posição após duas derrotas seguidas. Geninho lembra que o time alagoano já foi líder e que é muito forte quando joga no Estádio Coaracy Fonseca, na cidade de Arapiraca. Vamos jogar contra um adversário perigoso, na casa dele, e que quer muito voltar ao G-4. Até duas rodadas atrás era o líder do grupo. Jogar em Arapiraca é muito difícil você fazer resultado e eles querem muito voltar ao grupo de classificação. Esperamos muita dificuldade e vamos tentar manter o nosso desempenho, a nossa caminhada que vem sendo positiva, para que possamos trazer ponto de lá - falou o técnico do ABC. Geninho ainda não faz conta pela classificação. Ele sabe que o time precisa ter um aproveitamento acima de 60% - hoje tem 58,3% - e destacou a importância da permanência no pelotão de cima. Seria muito bom e importante virar a primeira parte do campeonato nos quatro da frente. Isso nos faria entrar na fase decisiva da competição no grupo principal, sem ter que correr atrás. Lutaríamos mais por uma manutenção do que ter que alcançar os outros. Seria muito bom se conseguirmos fazer um bom resultado em Arapiraca e garantir a nossa manutenção no grupo da frente - afirmou.
Por Natal

"Minha altura não atrapalha em nada", diz anão que joga futevôlei em Natal

Cristian Lima mostra talento e diz que altura não atrapalha no futevôlei (Foto: Reprodução)
O nanismo nunca foi problema para Cristian Lima. A felicidade para ele é ter a bola nos pés e jogar futevôlei. Aos 17 anos e com 1,30m de altura, ele pratica o esporte há um ano e já coleciona troféus em Natal. Chama atenção também pela habilidade, com direito a bicicleta e toques de cabeça e peito. - Sou super feliz de ter o futevôlei em minha vida. Minha altura não atrapalha em nada, graças a Deus. Faço tudo. Tamanho não é documento - declarou o tímido jogador. Os vídeos de Cristian têm milhares de visualizações nas redes sociais e ele tem o sonho de, no futuro, transformar a diversão em profissão. O curioso é que ele joga com a rede oficial, que tem 2,20m, e contra atletas mais altos, sem nanismo. Viajo muito para trabalhar em eventos pelo Brasil e nunca vi um atleta do tamanho dele e que joga como ele. Apesar da dificuldade que ele tem, mostra que sabe jogar, sabe brincar - declarou o treinador Roberto Feijão.
Por Natal

Governo do RN depositará pagamento da OAS em conta judicial

Arena das Dunas foi construída para receber a Copa do Mundo de 2014 (Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com)
Uma decisão judicial suspendeu o pagamento da contraprestação do Governo do Rio Grande do Norte a empresa OAS, responsável pela construção do estádio Arena das Dunas, em Natal. A determinação do juiz Luiz Alberto Dantas, da 5ª Vara da Fazenda Pública, estabelece que o valor mensal de R$ 12 milhões seja depositado em uma conta judicial. A determinação do juiz é resultado de um pedido da Procuradoria Geral do Estado, que alegou enfrentar dificuldades financeiras para pagar a empresa. Além disso, também foi utilizada como justificativa para a suspensão do pagamento direto a OAS a auditoria do Tribunal de Contas do Estado, que apontou indícios de sobrepreço no valor pago pelo Estado. Com a decisão, o valor da parcela mensal deverá ser depositado em uma conta judicial enquanto todas as denúncias de irregularidades são investigadas. Enquanto o pagamento não é feito diretamente, a empresa fica impedida de cobrar a liquidação de bens dados como garantia pelo Estado em caso de não pagamento.
Relatório
Segundo a auditoria realizada pela equipe técnica da Comissão de Acompanhamento e Fiscalização da Copa 2014 (CAFCOPA) do Tribunal de Contas do Estado, o sobrepreço  no contrato de concessão da Arena das Dunas poderá implicar em um dano ao erário no valor de R$ 451 milhões no período de 15 anos. O sobrepreço foi aferido ao se comparar os custos da Arena das Dunas com a Arena do Grêmio, também construída pela construtora OAS. O custo por assento na Arena das Dunas foi de R$ 12.749, enquanto que na Arena do Grêmio foi de apenas R$ 8.875, indicando um sobrepreço de 43,65%. Apesar de a concessão ter sido orçada em R$ 400 milhões, o custo a ser pago pelo Estado apenas com a construção será de R$ 1,4 bilhão em um período de 15 anos, em valores corrigidos. Com base no sobrepreço de 43,65%, chegou-se a um dano ao erário estimado em R$ 451 milhões durante o período de pagamento dos custos da construção do estádio.
Por Natal

Giovanni é operado e recuperação deve durar 60 dias

O meia-atacante Giovanni(Foto), do Potiguar de Mossoró, foi submetido a uma cirurgia para a correção do antebraço direito, fraturado no jogo contra o Serra Talhada, ainda no primeiro turno da Série D, na cidade de Serra Talhada-PE, quando o Potiguar venceu por 3×0. A cirurgia do jogador foi conduzida pelo médico do clube, Pablo Escóssia, no Hospital Dix-Sept Rosado. Todo o procedimento teve aproximadamente 1h40 de duração e, de acordo com o profissional, foi um sucesso. A previsão de recuperação do atleta, de acordo com a equipe médica que o assistiu em todo o processo, é de 60 dias. O Jogador já recebeu alta do Hospital e agora fica na torcida para o time macho possa seguir adiante na competição nacional no jogo decisivo do próximo domingo contra o Itabaiana.
Fonte: Portal F9

Gols - Confiança 0x2 América RN - Brasileirão Série C 2016 10.07.2016

Gols - Potiguar de Mossoró 2x2 Uniclinic - Brasileirão Série D 2016 10.0...

Gols - ABC 2x1 Cuiabá - Brasileirão Série C 2016 10.07.2016

segunda-feira, 11 de julho de 2016

LAD - Informativo Competição Juvenil 2016

INFORMATIVO 030/2016
I – No último sábado, dia 09/07/2016, foi realizada a fase semifinal do 12º Campeonato Assuense de Futebol Juvenil 2016 (ano base 1998), organizado pela Liga Açuense de Desportos (LAD), com apoio da Federação Norte-Riograndense de Futebol (FNF) e Patrocinado pela Prefeitura Municipal do Assú.
II – No primeiro jogo a equipe do Corinthians venceu a equipe do Santa Cruz pelo escore de (5x1). Antonio Alex e Jeferson Gabriel(4) marcaram para o Corinthians enquanto Emerson Miranda descontou para o Santa Cruz.
III – Na segunda partida a equipe do ABC da Mutamba empatou com a equipe do Cruzeiro de Morada Nova em (2x2).Luiz Fernando e Luciano Pereira marcaram para o ABC e Wadson Kacillo e Clemerson Cabral para o Cruzeiro. Na disputa de pênaltis, a equipe de Morada Nova saiu vencedora pelo escore de (3x1).
IV – Foram marcados 61 gols em 14 partidas, perfazendo uma média de 4,35 gols por partida, sendo os principais artilheiros:
Clas
Alteta
Equipe
Gols
1
Moises Fernando
Corinthians
8
2
Jerfeson Gabriel
Corinthians
8
3
Marcelo Lopes
ABC Mutamba
7
V – Após as semifinais a classificação geral encontra-se da seguinte forma:
Clas
Equipe
Pontuação
Corinthians
9 pts
Morada Nova
6 pts
3
ABC da Mutamba
10 pts
4
Santa Cruz
6 pts
5
Fluminense
4 pts
6
Grêmio
3 pts
7
Dinamarca
1 pt
8
Escolinha Tupã
0 pt
VI – Demonstrativo Financeiro da competição:
Data
RECEITAS
DESPESAS
09/07
Portaria
45,00
Arbitragem
Pessoal apoio
270,00
70,00
Total 6ª Rodada
45,00

340,00
Total acumulado
189,50

2.432,00
VI – No próximo sábado, dia 16/07/2016 às 15h30m, acontecerá a partida final da competição, envolvendo as equipes CRUZEIRO DE MORADA NOVA e CORINTHIANS FUTEBOL CLUBE.
Assú, 11 de julho de 2016.
Kleudson Barros Julião Cavalcante
Diretor Secretário

domingo, 10 de julho de 2016

América-RN se reabilita após cinco jogos

O América-RN, enfim, reencontrou a vitória na Série C do Campeonato Brasileiro. O time rubro não vencia desde o dia 29 de maio, quando bateu o River-PI em Teresina. A reabilitação do Mecão após jejum de cinco jogos veio contra o Confiança, neste domingo, em Aracaju. O placar de 2 a 0 foi construído no segundo tempo, com Thiago Potiguar e Raul. A expulsão do volante Hygor Guimarães, em lance que acabou em pênalti desperdiçado por Thiago Potiguar, pesou para a derrota da equipe sergipana, que segue na zona de rebaixamento. Com o resultado, o América-RN chegou a 11 pontos e continua na sétima posição, mais distante do chamado Z-2 do Grupo A. O Confiança, com seis pontos, é o penúltimo colocado. Na última rodada do primeiro turno, o Mecão encara o Remo, no sábado, às 16h, em Natal. O Dragão do Bairro Industrial joga no domingo, contra o Salgueiro, fora de casa.
Confiança x América-RN (Foto: Gustavo Costa)Confiança decepciona no Batistão e América-RN se reabilita na Série C
(Foto: Gustavo Costa)
O primeiro tempo foi fraco tecnicamente. Por mais que se esforçassem, as equipes erraram muito. É tanto que a melhor chance saiu antes dos dois minutos, com Matheus Paraná. As emoções ficaram reservadas para a segunda etapa. Cascata teve duas chances de marcar contra o ex-clube, mas parou nas mãos de Daniel. O jogo começou a mudar aos 17 minutos, quando o árbitro Edivaldo Elias da Silva viu pênalti em lance que Hygor Guimarães puxou Thiago Potiguar na entrada da área e ainda expulsou o volante do Confiança. O próprio Thiago Potiguar bateu muito mal a penalidade e Júnior Beliato fez a defesa. Um minuto depois, Thiago se redimiu e aproveitou rebote de Beliato para abrir o placar. O segundo do Mecão veio rapidinho, aos 22. O time potiguar aproveitou a vantagem numérica para encaixar contra-ataque e Raul marcar, após passe preciso de Thiago Potiguar. Com o Confiança entregue, o América soube administrar a vantagem, evitando o que aconteceu contra o Cuiabá, na última rodada, quando abriu 2 a 0 e cedeu o empate.
Por Aracaju

Potiguar empata com Uniclinic e decide classificação em Sergipe



Foi sofrido no primeiro tempo. Foi empolgante nos minutos finais da etapa complementar. Na tarde deste domingo, 10, o Potiguar saiu perdendo no primeiro por 2 a 0 e no segundo tempo reuniu forças para empatar o jogo e ainda segurar a liderança do grupo A8 do Campeonato Brasileiro da Série D. A etapa inicial foi difícil para o alvirrubro mossoroense que viu o time cearense fazer dois gols e jogar um balde de água fria no torcedor do Time Macho que veio ao estádio confiante na classificação antecipada para a segunda fase. O primeiro gol da Águia de Precabura veio aos 35 minutos através do meia/atacante Dico. A bola sobrou para ele na pequena área e apenas empurrou para o fundo gol. O segundo gol veio com o volante Guidio numa falha do goleiro Santos. O atleta do Uniclinic cobrou falta da intermediária e o arqueiro alvirrubro falhou erguendo os braços e vendo a bola passar entre eles. Precisando de gols, o técnico Emanoel Sacramento colocou a equipe para cima e sufocou o time cearense no início da segunda etapa. Mas o primeiro gol alvirrubro veio somente aos 21 minutos. Ciel foi derrubado e o árbitro marcou pênalti. O camisa 19 da equipe mossoroense bateu forte no canto esquerdo e diminuiu o placar. O gol jogou o Potiguar para cima do Uniclinic atrás do empate que ocorreu aos 44 minutos. Jozicley fez bela jogada e cruzou para a área. Ciel dominou e passou para Tiago Barreiros, que da entrada da área, chutou para empatar o jogo. O resultado ainda deixa o alvirrubro na liderança do grupo, mas terá de vencer o Itabaiana no próximo domingo, 17, para garantir o primeiro lugar e classificar diretamente para a segunda fase. Em caso de empate torcerá que o Uniclinic não vença por três ou mais gols de diferença o já eliminado Serra Talhada também no domingo. Já perdendo será ultrapassado pelo time sergipano e aí torceria por um tropeço da Águia de Precabura contra a equipe pernambucana.
Grupo A8
Potiguar-M-RN 10 5 3 1 1 8 3 5 66.7
Uniclinic-CE 9 5 2 3 0 7 5 2 60.0
Itabaiana-SE 8 5 2 2 1 7 5 2 53.3
Serra Talhada-PE 0 5 0 0 5 1 10 -9 0.0

FICHA TÉCNICA
Potiguar 2  x  2 Uniclinic
Local: Nogueirão - Horário: 17h
Árbitro: José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho (AL)
Auxiliares: Rondinelli dos Santos Tavares e Lennon McCartney Farias (ambos de AL)
Gols: Dico 35’ (1º), Guidio 47’ (1º) (falta), Tiago Barreiros
Cartões Amarelos: Sidney (POT),André (UNI), Guidio (UNI), Jardel (UNI), Tiago Souza (POT), Tiago Barreiros (POT), Victor (POT)
Potiguar: Santos; Victor, Anselmo (Diego) e Cláudio Baiano; Rossales, Sidney, Odair (Yerien), Jozicley e Nininho (Ciel); Tiago Barreiros e Tiago Sousa. Técnico: Emanoel Sacramento
Uniclinic: Alex; Douglas, André Lima, Marcelo Amaral e Guto; Guidio, Leanderson (Leilon), Adenilson e Dico (Rael); Jardel (Jeferson) e Preto. Técnico: Maurílio Silva
Fonte: Ednaldo Moreno/Portal F9

Jones Carioca marca dois, ABC vence Cuiabá e entra no G-4 do grupo A


ABC x Cuiabá comemoração Jones Carioca (Foto: Fabiano de Oliveira)ABC x Cuiabá comemoração Jones Carioca (Foto: Fabiano de Oliveira)

O ABC-RN contou com a estrela de seu artilheiro para vencer o Cuiabá por 2 a 1 e entrar de vez no G-4 do grupo A da Série C do Brasileiro. Com dois gols de Jones Carioca, o Mais Querido chegou aos 14 pontos na tabela e ficou a apenas um do líder Botafogo-PB. Rubinho marcou para o time de Mato Grosso. A partida foi disputada neste domingo, no estádio Frasqueirão, em Natal, pela 8ª rodada. Na próxima rodada, o ABC-RN enfrenta o ASA-AL, domingo, em Arapiraca, às 19h. O Cuiabá enfrenta o River-PI, domingo, às 16h, na Arena Pantanal. O Dourado segue em situação delicada - é apenas o 8º colocado, com 6 pontos.
VEJA A TABELA DA SÉRIE C
O ABC-RN foi melhor durante toda a primeira etapa e foi criando as melhores chances, apesar de um bom início do Cuiabá. Jones Carioca era o atleta mais acionado no ataque do time da casa e e foi dele o primeiro gol do jogo, aos 31. Erivélton cruzou da direita e o atacante cabeceou para abrir o placar. No segundo tempo, o time da casa continuou superior e sob o apoio da torcida que compareceu em bom número. Aos 9, veio o segundo do artilheiro da tarde. Filipi Sousa chutou em cima de Jones Carioca, que aproveitou a bola que sobrou nos seus pés e marcou o segundo do ABC. Foi o quinto dele na competição. O Dourado ainda conseguiu descontar o placar, em chute de Rubinho, aos 40.
Por Natal, RN