O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

sábado, 28 de janeiro de 2017

Incidentes com organizadas no Potiba geram reação da PM

Os incidentes envolvendo torcidas organizadas de Baraúnas e Potiguar, ocorridos durante o clássico Potiba na noite da quinta-feira (26), não devem passar em branco. Pelo menos é o que deixa transparecer uma manifestação registrada pelo Major Maximiliano Luiz Bezerra Fernandes, Comandante do 2º Batalhão de Polícia de Mossoró, no fim da manhã de sexta-feira. Utilizando as redes sociais, o oficial emitiu comunicado afirmando que serão gerados relatórios sobre as condições de segurança no estádio, inclusive notificando algumas entidades, entre elas a Liga Desportiva Mossoroense (LDM). O documento provoca também o Ministério Público esperando as devidas providências sejam tomadas para resolver a problemática.
“Bom dia a todos. Informando que estamos formulando documento a quem de direito com todas as situações acontecidas ontem no NOGUEIRÃO para as devidas providências. O documento formulado pela Polícia Militar está embasado inclusive em relatórios de segurança de anos anteriores aonde informamos aspectos dessa natureza e até agora não foram regularizados. MP, JUDICIÁRIO, PC, LDM serão informados da situação”, comunicou o Major.
A partir do comunicado, a expectativa é que ações mais efetivas sejam tomadas pelas autoridades competentes para conter a atuação dos vândalos em dia de jogos no Nogueirão.
Fábio Oliveira/F9.net.br 

ABC fecha empréstimo com o zagueiro Oswaldo

O ABC acertou a contratação, por empréstimo, do zagueiro Oswaldo para a temporada 2017. Com vínculo no Sport, o defensor de 24 anos foi revelado pelo técnico Geninho, durante a passagem do treinador pelo Leão e fez parte do elenco titular do Rubro Negro em 2013, na campanha que levou o time à Série A do Campeonato Brasileiro. Em 2016, o jogador foi emprestado ao XV de Piracicaba para a disputa do Campeonato Paulista. Ao GloboEsporte.com, o vice-presidente de futebol alvinegro, Leonardo Arruda, contou que o jogador deve ser apresentado no Mais Querido na próxima segunda-feira. O vínculo com o clube potiguar terá validade até o fim da Série B deste ano. Conversamos com o investidor dele e com o Sport. É um jogador que temos boas informações, que subiu com o técnico Geninho e foi indicado por ele. Nós tínhamos conhecimento dele e tentamos trazê-lo mesmo antes de Geninho chegar, mas não conseguimos porque ele já estava indo por empréstimo para outro time. Agora, ele chega por empréstimo e eu acredito que na segunda-feira ele será apresentado - disse o dirigente alvinegro.
Oswaldo Sport (Foto: Williams Aguiar/Sport)Oswaldo chega ao ABC por empréstimo e é aguardado nesta segunda-feira em Natal
(Foto: Williams Aguiar/Sport)
>> Confira as novidades do ABC
Oswaldo Alfredo de Lima Gonçalves é natural de Olinda e iniciou a carreira em 2011, no Sport. Com o desfalque de Léo Fortunato, fora por uma lesão muscular, Geninho utilizou Tiago Sala e Cleiton Potiguar na derrota por 3 a 0 contra o CSA. A dupla não teve um bom desempenho no jogo e prejudicou os planos no técnico. No banco, a única opção era a improvisação do volante Márcio Passos na defesa - como ocorreu contra o América-RN, quando Tiago Sala estava suspenso. Para resolver o impasse, o nome de Oswaldo foi indicado pelo treinador. O Oswaldo é um jogador que eu conheço bem, que eu gosto. Nós estamos com poucas opções lá trás. Para você ver, nesse último jogo eu tive a melhor partida do Tiago Sala, a pior do Cleiton e eu não tinha um zagueiro de ofício no banco. Poderíamos improvisar o Márcio Passos, mas é preciso um outro homem na posição - completou Geninho.
Por Natal

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

América-RN faz o simples na estreia e vence o Bota-PB na Arena das Dunas


América-RN x Botafogo-PB, na Arena das Dunas - Copa do Nordeste (Foto: Canindé Pereira/América FC/Divulgação)Tony marca o segundo do América-RN e corre para comemorar (Foto: Canindé Pereira/América FC)

O América de Natal começou bem na Copa do Nordeste. Jogando em casa, na Arena das Dunas, o Mecão venceu o Botafogo-PB por 3 a 1 na noite desta quinta-feira e agora lidera o Grupo E ao lado do Vitória, que venceu o Sergipe pelo mesmo placar. Já o time paraibano, com isso, segue com o tabu de não vencer em estreias de Nordestão desde 1998. Os gols dos donos da casa foram marcados por Michel Benhami, Tony e Marcos Júnior. Raphael Luz descontou para os botaguenses, que chegaram a ter momentos de domínio na partida, mas viu o Alvirrubro ser mais decisivo, sabendo aproveitar melhor as chances que criou. América-RN e Botafogo-PB voltam a campo pela Copa do Nordeste apenas daqui a uma semana e meia. O Mecão vai até Aracajú, onde enfrenta o Sergipe no Batistão no dia 4 de fevereiro (um sábado). No dia seguinte, o Belo recebe o Vitória no Almeidão, em João Pessoa. Antes disso, os dois times voltam suas atenções para os estaduais, já no próximo domingo. Pelo Potiguar, o Alvirrubro joga contra o Globo FC e, pelo Paraibano, o Alvinegro encara o Serrano-PB. O primeiro tempo na Arena das Dunas pode ser dividido em três partes. A primeira delas teve o América-RN sendo superior até os 5 minutos, quando Michel Benhami abriu o placar. Osmar cruzou da direita, o goleiro Michel Alves desviou apenas parcialmente, e a bola ficou com o camisa 8 do Mecão. Ele dominou com certa dificuldade, mas se equilibrou e soltou a perna para estufar a rede: 1 a 0 para os donos da casa. Aí começou a segunda parte, que durou até os 26 minutos, quando o Botafogo-PB empatou. Nesse segundo momento do primeiro tempo, o Belo foi melhorando devagar e, aos poucos, assumiu o controle da partida. Insistindo nas cobranças de falta na área, o time paraibano foi ganhando terreno e quase empatou quando Rafael Oliveira saiu na cara do goleiro Vinicius.
O atacante tentou duas vezes, mas, sem ângulo, não conseguiu empatar. O empate só saiu mesmo aos 26, quando, em cobrança de falta, a bola foi levantada na área do América-RN e Gustavo Henrique tocou de cabeça para Raphael Luz. Antes de a bola encontrar o meia alvinegro, Paulão furou feio e aí o camisa 17 do Belo ficou livre para completar e igualar o placar. Daí até o final do primeiro tempo, só deu América-RN. Pareceu até que o domínio do Botafogo-PB durante 21 minutos se deu apenas porque os donos da casa decidiram recuar. Fato é que o Mecão voltou ao ataque. E desempatou o jogo apenas cinco minutos mais tarde, aos 31. Dija Baiano passou para Tony na entrada da área e, mesmo cercado pelos defensores alvinegros, o atacante girou e chutou rasteiro, vencendo o goleiro Michel Alves, fazendo 2 a 1 para o América-RN, que controlou o jogo até o fim da primeira etapa. Os dois times voltaram para os 45 minutos finais com mais disposição e acabaram fazendo um jogo mais movimentado, com mais oportunidades de gol. O Botafogo-PB precisava ir para cima, em busca do empate, e chegou perto aos 14 minutos, quando Rafael Oliveira chutou prensado com a defesa e a bola beijou a trave direita do goleiro Vinicius. No rebote, Diogo Campo ainda teve a chance, mas mandou para fora. E, no minuto seguinte, novamente Rafael Oliveira chegou perto. Ele recebeu de Marcinho, ajeitou no peito e bateu forte, forçando Vinicius a fazer uma excelente defesa. O Belo insistia, e Vinicius precisou intervir de novo quando Plínio cabeceou bem após cruzamento de Luiz Paulo. Mas o América-RN também levou perigo. Jean Patrick aproveitou cruzamento de Michel Cury e, de cabeça, mandou para o gol. A bola passou raspando a trave de Michel Alves, que ficou estático no lance. Mas era o time paraibano que chegava com mais perigo. Queria o empate. Ia para cima. Pressionava. Só que o Mecão foi letal aos 39 minutos. De muito longe, Marcos Júnior soltou a bomba de perna direita. A bola ainda quicou sutilmente à frente de Michel Alves, antes de se aconchegar no fundo da rede. Era o terceiro dos donos da casa. Uma esfriada nos botafoguenses, que não conseguiram mais se recuperar em campo até o fim do jogo, que acabou mesmo em 3 a 1 para os donos da casa.
Por Natal

ASSU; histórico de todos os jogos

Hoje, apresentamos aqui neste espaço um material sobre o ASSU. Os números de todos os jogos oficiais do ASSU desde 2002. O Camaleão do Vale disputou os campeonatos estaduais da Primeira e Segunda Divisões, Copa RN e Copa do Brasil. O clube de Assú conquistou o Estadual da Primeira Divisão de 2009 e o da Segunda em 2015. No levantamento feito pelo pesquisador do Futebol Potiguar, Marcos Trindade, os números do resumo são os seguintes:
Estatísticas
Pontos ganhos – 343
Jogos disputados – 246
Vitórias – 100
Empates – 49
Derrotas – 97
Aproveitamento – 46,48%
Gols marcados – 340
Gols sofridos – 345
Saldo negativo – 05
Maiores artilheiros da história
57 gols – Marcelo Assuense
15 gols – Luciano Paraíba
13 gols – Baiano
13 gols – Leandro Mineiro
12 gols – Gilmar
Nota: Caso você queira saber todos os resultados dos jogos do ASSU com os autores dos gols, árbitros, rendas, públicos e os locais onde foram disputados, pode enviar um e-mail para blogdotrindade2008@gmail.com que o pesquisador Marcos Trindade vai lhe atender.
Fonte: Blog do Marcos Trindade

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Baraúnas bate o Potiguar de virada na reabertura do Nogueirão

Foto: Fábio Oliveira/F9.net.br
Potiguar e Baraúnas realizaram na noite desta quinta-feira (26), um jogo equilibrado, no primeiro clássico do ano, confronto válido pela terceira rodada do Campeonato Estadual. Apesar do equilíbrio, a partida terminou com a vitória do Baraúnas por 2×1, marcando a reabertura do estádio Nogueirão, após três meses de interdição. O primeiro gol foi marcado pelo Potiguar aos 18 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti sofrido por Giovanni que o atacante Cleiton Júnior cobrou no canto direito de Érico. O empate do Baraúnas veio aos 31 minutos em cobrança de falta de Gabriel Maia. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. Quando tudo caminhava para o empate, aos 41 minutos do segundo tempo, o atacante Caio Dittmar, que entrou no segundo tempo, chutou do bico da entrada da área e acertou o ângulo direito da trave de Rafael Dida. Um golaço para fechar o clássico de número 105 na história dos dois clubes. O resultado foi excelente para o Baraúnas, que voltou à liderança do Estadual, superando o ABC, ambos com sete pontos. Já o Potiguar permaneceu na sexta posição, com apenas três pontos. Na próximo domingo (29), o Potiguar vai a Natal, enfrentar o Alecrim, na Arena das Dunas. Já o Baraúnas recebe, no Nogueirão, o time do ASSU.
Ficha Técnica
Potiguar 1×2 Baraúnas
Local: Nogueirão (Mossoró)
Renda: R$ 46.930,00 - Público pagante: 2.082
Público não pagante: 230
Arbitragem
Leandro Saraiva Dantas de Oliveira
Leandro Lincoln Santos Neves
George Ítalo Antas Nogueira
Cartões amarelos: Baraúnas: Érico, Balinha, Ìtalo. Potiguar: Viccari
Gols: Cleiton Júnior (pênalti – 18/1º), Gabriel Maia (falta – 31/1º) e Caio Dittmar (41/2º)
Potiguar: Rafael Dida; Glaubinho, Luiz Alberto, Cláudio Baiano e Ciel; Sidney, Batata, Jozicley e Lucy Júnior (Viccari); Cleiton Júnior e Giovanni (Diego). Técnico: Dário Lourenço.
Baraúnas: Érico; Balinha, Ferreira, Nildo e Alexsandro; Yago, Felipinho (Jhonson), Ítalo e Beleu; Capacete (Caio Dittmar) e Gabriel Maia (Luiz Maia). Técnico: Barata.
Fábio Oliveira/F9.net.br

CSA realiza um baile azulino e goleia ABC por 3 a 0

A última vez que o CSA esteve com sua torcida no Estádio Rei Pelé, em Maceió, foi no dia 25 de setembro do ano passado, na primeira partida da decisão da Série D do Campeonato Brasileiro. O reencontro foi com muita festa e uma vitória convincente sobre o ABC, na estreia da Copa do Nordeste 2017. Com gols de Luís Soares e Everton Heleno, aos 36 e 37 minutos do primeiro tempo, e Cleyton, aos 42 minutos do segundo tempo, o Marujo dominou o confronto e goleou o Mais Querido por 3 a 0 na abertura do grupo D do Nordestão. Na próxima rodada, o CSA faz o clássico alagoano contra o CRB, novamente no Estádio Rei Pelé. O ABC joga em casa, no Estádio Frasqueirão, contra o Itabaiana. 
O jogo
Com novidades em campo para os dois lados, CSA e ABC fizeram um início de jogo bem equilibrado, explorando as jogadas pelas laterais e com uma marcação mais forte no meio-campo. Do lado alagoano, o atacante Luís Soares e o meia-atacante Didira, que teve uma passagem polêmica pelo ABC e abandonou o clube dias após ser anunciado para a Série C, deram trabalho aos defensores do clube alvinegro. Do lado potiguar, as estreias dos meias Echeverría e Gegê deram mais qualidade ao Mais Querido, mas não conseguiram ultrapassar a marcação de Everton Heleno e Panda. Aos 36 minutos, Luís Soares iniciou a festa no Rei Pelé. O atacante fez um ótima jogada na área, passou pela marcação da defesa e abriu o placar na saída do goleiro Edson. A torcida azulina ainda comemorava o primeiro gol, quando o volante Everton Heleno mostrou habilidade e ainda contou com o vacilo da zaga abecedista para marcar o segundo gol Azulão.
CSA x ABC, Nordestão, Estádio Rei Pelé Luís Soares gol (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas) 
Soares abriu o placar para o Azulão (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
Após o "apagão" no primeiro tempo, Geninho tentou sacudir os ânimos dos jogadores do ABC. A defesa entrou mais ligada em campo e os contra-ataques surgiram com maior facilidade. Para aproveitar as jogadas aéreas, Caio Mancha entrou no lugar de Dalberto, mas o Mais Querido ficou mais aberto em campo. Do outro lado, o técnico Oliveira Canindé fez algumas substituições, tirando os dois atacantes e deixando o Marujo com mais posse no meio-campo. Com a bola no pé, o CSA encerrou a festa com uma boa troca de passes. Geovani iniciou a jogada e encontrou Didira na ponta, que fez o cruzamento e o meia Cleyton aproveitou para fechar a goleada. Nos acréscimos, o volante Arez perdeu a cabeça e agrediu o meia Didira. Na confusão, o lateral Rafinha, do CSA, também foi expulso.
Por Maceió, AL

Alecrim e ASSU empatam em 1 a 1 na Arena das Dunas

Alecrim e ASSU mostraram pouca qualidade na Arena das Dunas (Foto: Luiz Henrique/GloboEsporte.com)
A rodada dupla da Arena das Dunas, que teve durante a tarde o empate entre Santa Cruz de Natal e Globo FC, foi encerrada na noite desta quarta-feira com mais um empate de 1 a 1, desta vez entre Alecrim e ASSU. O Camaleão do Vale abriu o placar com Romeu, aos cinco minutos do segundo tempo. Léo Bahia, aos 24 minutos do segundo tempo, deixou o placar igual. Nas arquibancadas, imperou o vazio: apenas 493 pessoas estiveram no estádio, que tem capacidade para cerca de 32 mil lugares. Do total, 177 pagaram para acompanhar os dois jogos e 316 pessoas foram convidadas ou não entraram na lista de pagantes. A renda da rodada dupla foi de R$ 3.780. Com o resultado, o ASSU chegou a quatro pontos e pulou para a terceira posição ao lado do Globo FC. O Alecrim permanece na lanterna do estadual, agora com um ponto. No domingo, os dois times encaram a quarta rodada e o Periquito joga novamente na Arena das Dunas Desta vez, o adversário será o Potiguar de Mossoró, às 16h. O Camaleão do Vale vai a Mossoró para enfrentar o Baraúnas, no Estádio Nogueirão. O jogo está marcado para as 17h.
O jogo
A partida começou acanhada, com poucas chances de ambos os lados. O ASSU procurava criar jogadas, mas errava muitos passes. Na segunda etapa, os times voltaram mais ofensivos e, aos cinco minutos, Romeu recebeu bom cruzamento na área e cabeceou sozinho para abrir o placar. O Camaleão do Vale seguiu no ataque para ampliar o resultado, mas o goleiro Messi, do Alecrim, frustrou os planos da equipe. Ao 25 minutos, o Alecrim chegou pela esquerda com Romário. O meia-atacante chutou, o goleiro Bruno Dias defendeu e no rebote o Léo Bahia empatou para o Alecrim. Depois do gol, o jogo ficou nervoso e com muitas faltas. Calebe, do Alecrim, cometeu falta violenta em cima de Kalil e foi expulso, aos 42 minutos. No último lance da partida, o Periquito teve a chance de virar com Romarinho, quando o meia-atacante roubou a bola, partiu em velocidade pela lateral, mas chutou para fora.
Por Natal

Santa Cruz sai na frente, mas Globo FC consegue empate na Arena: 1 a 1

No primeiro jogo da rodada dupla desta quarta-feira, na Arena das Dunas, Santa Cruz de Natal e Globo FC empataram em 1 a 1, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Potiguar. Os gols da partida foram marcados pelo atacante Daniel Caiçara para o Tricolor, aos 32 minutos do primeiro tempo, e pelo meia Bismarck para a Águia de Ceará-Mirim, aos 31 minutos do segundo tempo. Com o empate, o Santa chega ao segundo ponto e permanece na sétima posição na competição, enquanto o Globo marca o quarto ponto e sobe para a terceira colocação, ultrapassando o América-RN nos critérios técnicos da competição.
Santa Cruz de Natal x Globo FC, na Arena das Dunas (Foto: Diego Simonetti/Santa Cruz de Natal) 
Índio Oliveira deixou o jogo no primeiro tempo com uma lesão no joelho direito
 (Foto: Diego Simonetti/Santa Cruz de Natal)
Na próxima rodada, marcada para o domingo, o Santa Cruz de Natal enfrenta o líder ABC no Estádio Frasqueirão, às 16h. O Globo FC recebe em casa, no Estádio Barretão, a equipe do América-RN, às 17h. 
O jogo
Aos 18 minutos do primeiro tempo, o atacante Índio Oliveira um passe na entrada da área pelo lado esquerdo de campo e bateu forte na saída do goleiro Rafael. Todos os jogadores do Globo FC reclamaram de impedimento e, após consulta com a assistente Edilene Freire da Silva, o árbitro Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro anulou o gol do Santa Cruz de Natal. Com mais presença no ataque, o Santa insistiu e chegou ao primeiro gol com o atacante Daniel Caiçara, aos 32 minutos do primeiro tempo. O jogador aproveitou a falha do goleiro Rafael, que se enrolou com a bola dentro da área, e abriu o placar para o Santa Cruz de Natal. Na comemoração, Caiçara chorou bastante e agradeceu aos companheiros. No fim do primeiro tempo, o atacante Índio Oliveira sentiu um lesão no joelho direito e foi retirado de campo com auxílio da maca. Na etapa final, o Santa Cruz quase ampliou o placar com o atacante Felipe Piraju. Aos 17 minutos, o jogador cabeceou forte e a bola foi no travessão. Na volta, Rafael fez a defesa. A resposta da Águia de Ceará-Mirim foi aos 31 minutos, depois que Renatinho Carioca, pela ponta esquerda de campo, conseguiu um cruzamento no meio da área e encontrou o meia Bismarck para empatar o jogo.
Por Natal

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Notificada pela Justiça, FNF marca Potiba para quinta-feira em Mossoró

Ciente da determinação da Justiça pela liberado do Nogueirão e ordem de marcação dos jogos dos clubes mossoroenses para aquele espaço, a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), alterou data e horário do clássico Potiba, pela terceira rodada da Taça Cidade de Natal, que deveria ter sido disputado no domingo passado (22/01). Anteriormente marcado para quarta-feira (25/01), no Edgarzão, em Assú, devido a interdição do Nogueirão, o jogo passou para esta quinta-feira (26/01), em Mossoró, permanecendo o início para 20 horas. Na mesma resolução, a FNF também informou alteração do local do jogo entre Baraúnas x ASSU, que seria disputado no Edgarzão, bem como o horário de Alecrim x Potiguar, ambos no domingo (29/01).
Fonte: Portal F9 via FNF

domingo, 22 de janeiro de 2017

Clássico Rei termina com vitória do ABC



Natal, RN, 22 (AFI) - O Clássico Rei deste domingo ficou ameaçado de não acontecer porque a Polícia Militar pediu, na última sexta-feira, o adiamento do jogo devido o motim de presos na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal. No entanto, a partida acabou acontecendo e quem compareceu na Arena das Dunas viu a vitória do ABC sobre o América-RN de forma emocionante, pela contagem mínima. No primeiro tempo, o Mais Querido foi superior e mereceu ir para o vestiário vencendo por 1 a 0. Aos 25 minutos, Romano acertou uma linda cobrança de falta no ângulo do goleiro adversário, que chegou a tocar na bola, mas não o bastante para evitar o gol. Já na etapa final, o Mecão pressionou em busca do empate, acertou uma bola na trave depois de uma linda bicicleta de Dija Baiano. No rebote, Jean Patrick mandou pela linha de fundo. Aos 49 minutos, Dija Baiano foi derrubado por Romano dentro da área, mas Jussimar cobrou nas mãos de Edson e desperdiçou a oportunidade de empatar.
AINDA INVICTO
Ainda invicto na Copa Cidade de Natal, o ABC está na liderança isolada, com sete pontos - duas vitórias e um empate. O América estacionou nos quatro e viu o rival disparar, ficando em terceiro lugar, atrás também do Baraúnas, que tem a mesma pontuação e leva vantagem no saldo de gols (2 contra 0). Neste domingo, apenas 4.333 - 3.571 pagantes e 762 não pagantes - compareceram na Arena das Dunas, talvez por conta da violência que está tomando conta do Rio Grande do Norte, devido ao motim na penitenciária. A partida só aconteceu porque o governador Robinson Faria garantiu segurança ao presidente da Federação Norte Rio-Grandense de Futebol (FNF), José Vanildo da Silva.
Fonte: Futebol Interior.com.br

Felipe Surian estuda rival e planeja segunda vitória no América-RN

O América-RN chega para o Clássico Rei deste domingo com a confiança elevada após a vitória sobre o Potiguar de Mossoró, a primeira do técnico Felipe Surian no Alvirrubro. No terceiro jogo à frente da equipe, o treinador encara o rival ABC, o que deixa o ambiente da partida ainda mais importante. Para conter a pressão do clássico e vencer o adversário, Surian revelou que observou Alvinegro nas duas primeiras partidas, na vitória sobre o Globo FC e no empate sem gols com o Baraúnas. Assisti aos dois jogos do ABC, contra o Globo FC e Baraúnas. Nesse último, infelizmente não dá para ter muito parâmetro da qualidade do ABC, por causa do gramado (do Estádio Edgarzão, na cidade de Assú), mas deu para observar a disposição tática da equipe - contou o treinador.
América-RN - Felipe Surian, técnico (Foto: Canindé Pereira/América FC/Divulgação) 
Surian busca informações do ABC para conter adversário no domingo
(Foto: Canindé Pereira/América FC/Divulgação)
LEIA MAIS
>> Daniel Morais passa por artroscopia e Raul é vetado pelo DM do América-RN
Para o clássico na Arena das Dunas, o Mecão conta com a volta do meia Marcos Júnior, que cumpriu suspensão na última partida. Por outro lado, o time sofre o desfalque do atacante Raul, que sofreu uma lesão na coxa direita e foi vetado pelo departamento médico. Outro jogador que vai ficar no DM por um período maior é o atacante Daniel Morais, que ainda não estreou pelo Mecão por conta de uma artroscopia no joelho esquerdo. Na última partida, Michel Cury atuou no lugar de Marcos Júnior e apresentou um bom futebol, o que pode complicar as escolhas de Surian de forma positiva. Para manter o mistério, a comissão técnica decidiu não divulgar a lista dos jogadores relacionados para o confronto na Arena das Dunas. Ganhamos a volta do Marcos Júnior, que cumpriu suspensão e está a apto a entrar na partida, mas ele tem concorrentes na posição e só amanhã (sábado) vou definir esse meio-campista. O Raul sofreu uma pequena lesão no músculo posterior da coxa e está de fora. A gente perde essa atleta, mas ganha outro e o futebol é assim. Cada jogo é uma surpresa e eu espero que apareçam surpresas positivas das próximas vezes - completou.
Por Natal